Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Lançamentos
Tela cheia Sugerir um artigo

Google libera Noto, sua familia tipográfica mais universal

6 de Novembro de 2016, 0:05 , por Lançamentos – Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 15 vezes

googlenoto-600x408

Provavelmente você já deve ter se deparado com quadrados vazios no lugar de caracteres em textos disponíveis em sites.

Para resolver este problema, principalmente, em um momento no qual o acesso à informação é mais global que nunca, Google esteve desenvolvendo uma família tipográfica em colaboração com Monotype, Adobe e voluntários especialistas em diversos campos no qual foi denominado como Proyecto Noto, cujo nome vem de “No more tofu”, já que tofu é precisamente como se chamam os mencionados quadrados vazios.

Com o Projeto Noto, Google tratou de criar uma família tipográfica que junta todos os caracteres possíveis incluídos no estándar Unicode, abrangendo mais de 800 idiomas através dos 110.000 caracteres.

Agora, cinco anos depois da associação e de um duro trabalho, Google põe a disposição pública a família tipográfica Noto sob licença Open Font (OFL), quer dizer, agora a família tipográfica Noto está disponível não só para seu uso como também para suas modificações e melhorias futuras por parte dos voluntários que desejam fazer suas contribuições.

Assim, Google aponta que a medida que o estándar Unicode for incorporando novos caracteres, os mesmos também irão sendo introduzidos em Noto. Além disso, de acordo com Google, o design dos caracteres de Noto são elegantes.

Assim, com Noto se busca uma família tipográfica que pretende ser bastante funcional e completamente neutra em um mundo cada vez mais globalizado.

Fonte: Wwwhtat’s New


Fonte: http://www.revista.espiritolivre.org/google-libera-noto-sua-familia-tipografica-mais-universal/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.