Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade da Revista Espírito Livre

20 de Junho de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

A Revista Espírito Livre é uma iniciativa que reune colaboradores, técnicos, profissionais liberais, entusiastas, estudantes, empresário e funcionários públicos, e tem como objetivos estreitar os laços do software livre e outras iniciativas e vertentes sócio-culturais de cunho similar para com a sociedade de um modo geral, está com um novo projeto neste ano de 2009.

A Revista Espírito Livre visa ser uma publicação em formato digital, a ser distribuída em PDF, gratuita e com foco em tecnologia, mas sempre tendo como plano de fundo o software livre. A publicação já se encontra na terceira edição. A periodicidade da Revista Espírito Livre é mensal.


Lançado Porteus 2.1

29 de Setembro de 2013, 16:12, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

porteus

A edição de desktop padrão do Porteus 2.1, uma mini-distribuição baseada no Slackware com a escolha de várias áreas de trabalho foi lançada juntamente com a edição de “Kiosk”, que é o codinome da nova versão da distribuição. As principais adições desde a versão 2.0 incluem reestruturação do layout para ter ISOs autônomos para cinco ambientes desktop (KDE 4, Razor-qt, MATE, Xfce e LXDE), e adiciona módulos pré-embalados opcionais para o Google Chrome, Opera, LibreOffice, AbiWord, o suporte de impressão / digitalização e desenvolvimento de software, tudo disponível através de uma nova interface.

Porteus é um sistema que opera em modo Live CD / USB, caracterizado por ser rápido, portátil e modular, além de ser baseado no Slackware Linux. A distribuição começou como um remix do Slax, outro Live CD baseado no Slackware, com o KDE 3 como o desktop padrão para a edição de i486 e um KDE 4 como ambiente desktop para o sabor x86_64.

Com informações de Porteus e Under-Linux.



Lançado Opsview Community 3.9.0

29 de Setembro de 2013, 13:31, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

opsview

Opsera, renomada fabricante de software de código aberto, anunciou no dia 28 de setembro, o lançamento do seu Opsview Community 3.9.0 que inclui uma série de novas funcionalidades, muitas melhorias e cerca de 40 correções de falhas. Opsview é uma potente ferramanta open source responsável para o gerenciamento de falhas e desempenho, que serve para facilitar bastante a vida dos administradores de rede. Ela é responsável pelo monitoramento de produtos sendo relativamente fácil de implementar, com um único console de gerenciamento de sistemas distribuídos.

A Opsera recentemente vendeu a sua divisão Enterprise Services para Ixxus, a fim de concentrar os seus recursos exclusivamente em Opsview. Opsview está disponível tanto como Communuity Edition ou a versão Enterprise, com vários níveis de apoio. Novos recursos na versão 3.9.0 incluem uma nova API de configuração que fornece uma interface REST, um novo viewport com gráficos sparkline, as atualizações dinâmicas para o estilo do visor, uma opção de exportação para gráficos CSV e Amazon Elastic Cloud e monitoramento Server Slicehost.

Os mais de trinta aprimoramentos incluem um arquivo de tradução atualizado em italiano, atualizações para o plug-in do Nagios, atualizações para a ferramenta import_excel, adição de uma opção de configuração da porta UDP para plug-ins SNMP entre outras funcionalidades extras. Binários do Opsview Community 3.9.0 e instruções de instalação para RHEL5 e CentOS5 (AMD64 e i386), Debian e Ubuntu (AMD64 e i386) e Solaris 10 (AMD64, i386 e Sparc 64) estão disponíveis para download a partir de vários repositórios do Opsera. Opsview Community 3.9.0 é liberado sob os termos da GPLv2.

O anúncio oficial pode ser lido aqui. O download pode ser feito aqui.

Com informações de Opsera e Under-Linux.



WikiLeaks vaza roteiro de “O Quinto Poder”

28 de Setembro de 2013, 16:24, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

wikileakes-2009-1_652x408

O polêmico site do Wikileaks publicou recentemente o roteiro do filme “O Quinto Poder”, que trata-se justamente de uma tentativa hollywoodiana de contar a história por trás de Julian Assange e do Wikileaks. A publicação se deu por vários motivos, entre eles pelo fato de como a história é contada. Deste modo, o site, especializado em vazamento de informações confidenciais vazou… o roteiro do filme.

Pelo Twitter, o perfil do Wikileaks publicou: “Como o WikiLeaks nunca foi consultado sobre o filme de Hollywood sobre nós, nós damos nosso conselho de graça: é ruim”. No post do tweet, um link direciona os leitores para um documento que enumera os diversos motivos que tornam o O Quinto Poder um filme ruim. Logo de cara eles já dão o link para o roteiro do longa, em uma ação do tipo “veja você mesmo”.

O principal motivo pelo qual a organização discorda do filme é porque a obra foi feita baseada em dois livros de pessoas que têm disputas com o site, de modo que o resultado final teria ficado tendencioso.

Uma citação interessante, o WikiLeaks adverte: Julian Assange não pinta seu cabelo de branco, como o filme diz. Tá?

O documento sobre o vazamento do script poder ser lido aqui.

Com informações de Wikileaks.



“Atraso” é o novo episódio dos quadrinhos animados do HQNUUX disponível na TV Espírito Livre

28 de Setembro de 2013, 15:55, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

LogoTV_espirito-livre_horizontal

Tem episódio novo dos quadrinhos animados do HQNUUX na TV Espírito Livre.

Você também encontra todos os episódios dos programas lançados pela TV Espírito Livre no Internet Archive.

Os quadrinhos animados HQNUUX são de autoria de João Felipe (Alemão) e sempre retratam situações inusitadas e do cotidiano relacionado com tecnologia, software livre e tecnologias abertas. As tirinhas do HQNuux podem ser encontradas no site e nas edições da Revista Espírito Livre.

Abaixo você confere o novo episódio:




Lançado Raspbian 2013-09-25

28 de Setembro de 2013, 14:54, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

raspbian

O líder de desenvolvimento Eben Upton Christopher, anunciou o lançamento do Raspbian 2013-09-25, uma distribuição baseada no Debian que arojetado para o mini-computador Raspberry Pi. Ele pode ser baixado como um produto independente ou como parte de NOOBS 1.3, uma compilação begginer-friendly de vários sistemas operacionais mais populares do “Pi”. Desde o anúncio de lançamento, a produção de uma nova versão do Raspbian, integra uma série de melhorias recentes junto com o kernel e atualizações de firmware; melhorias significativas de desempenho, uma compilação do PyPy 2.1 para permitir que você experimente o alto desempenho do compilador JIT, dentre outras implementações que podem ser consultadas a partir de seu Changelog.

Raspbian é um sistema operacional livre baseado no Debian GNU/Linux, e otimizado para o hardware Raspberry Pi (a arquitetura do processador armhf). Raspbian vem com mais de 35 mil pacotes, ou softwares pré-compilados empacotados em um formato agradável, para fácil instalação em um Raspberry Pi. A construção inicial foi concluída em junho de 2012, mas a distribuição continua a ser ativamente desenvolvida, com ênfase na melhoria da estabilidade e no desempenho dos pacotes do Debian.

Com informações de Raspbian e Under-Linux.



Tags deste artigo: publicação código aberto software livre revista espírito livre revista opensource