Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade da Revista Espírito Livre

20 de Junho de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

A Revista Espírito Livre é uma iniciativa que reune colaboradores, técnicos, profissionais liberais, entusiastas, estudantes, empresário e funcionários públicos, e tem como objetivos estreitar os laços do software livre e outras iniciativas e vertentes sócio-culturais de cunho similar para com a sociedade de um modo geral, está com um novo projeto neste ano de 2009.

A Revista Espírito Livre visa ser uma publicação em formato digital, a ser distribuída em PDF, gratuita e com foco em tecnologia, mas sempre tendo como plano de fundo o software livre. A publicação já se encontra na terceira edição. A periodicidade da Revista Espírito Livre é mensal.


Caixa faz pregão de licenças Microsoft com preço estimado em R$ 144,7 milhões

31 de Agosto de 2015, 15:56, por Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda

caixa_logo

A Caixa Econômica Federal vai abrir um pregão eletrônico nacional para a compra de licenças Microsoft e sistemas operacionais Microsoft. O banco estatal prevê um preço mínimo de R$ 144,7 milhões.

A Caixa estima como o máximo que pretende pagar R$ 28 milhões em suporte técnico e atualização tecnológica, R$ 14,8 milhões em aquisição de novas licenças e R$ 101,9 milhões em upgrade de perfis.

Total previsto: R$ 144,7 milhões.

O edital completo pode ser conferido aqui: http://www5.caixa.gov.br/fornecedores/compra_internet/sistema/upload/arquivos/DOC379032.pdf

Com informações de Caixa e Meu Espaço na Web.



Conheça o V11 Whonix, um sistema operacional anônimo

30 de Agosto de 2015, 14:02, por Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda

whonix

Whonix é um sistema operacional voltado para o anonimato, para a privacidade e a segurança. Ele é fortemente baseado na rede de anonimato Tor, no Debian GNU/Linux e na segurança através de sistema de isolamento. Portanto, a partir de sua utilização, vazamentos de DNS são praticamente impossíveis de acontecer e nem mesmo o malware com privilégios de root pode descobrir o IP real do usuário. Além disso, o utilitário Whonix consiste em duas partes: Uma delas unicamente executa Tor e atua como um gateway, que chamamos Whonix-Gateway. O outro, que é chamado de Whonix-Workstation, está em uma rede completamente isolada. Sendo assim, somente conexões que passam pela Tor são possíveis.

Esta versão conta com:

– Correção personalizada na “workstation build”
– Build script: use errtrace rather than many traps – https://phabricator.whonix.org/T48
– Build Script: refactoring, use de “exit trap” para evitar duplicação de código https://phabricator.whonix.org/T269
– Whonixcheck: avisar se pacotes whonix-gateway/whonix-workstation não estiverem instalados – https://phabricator.whonix.org/T264
– Whonixcheck: alertar se houver “low enthropy” https://phabricator.whonix.org/T202

Com informações Kitploit e Under-Linux.



Lançado Docker 1.8

30 de Agosto de 2015, 13:58, por Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda

Docker-logo-011

Não para de ter novidade no Docker! Mais um lançamento e muitas novidades.

Docker Content Trust

Agora é possível assinar as imagens com sua chave privada antes de enviar para nuvem, com isso é possível validar as imagens e evitar que aconteçam fraudes no meio. Isso torna a solução como um todo bem mais segura.

Quer ler um pouco mais sobre o assunto? Veja esse link.

Docker Toolbox

Novo pacote de instalação para Mac OS X e Windows. Que conta com Docker client, Machine, Compose(Esse só para Max OS X) e virtualbox. Tudo que você precisa.

Mais informações sobre o ToolBox? Leia aqui.

Docker Engine 1.8

Essa nova versão da engine do Docker trás as novidades mais impactantes desse lançamento! Lembra que no lançamento que divulguei aqui, foi informado que o Docker tinha suporte a logs? Então, agora esse suporte aumentou, é suportado GELF e Fluentd.

Agora está estável a possibilidade de volumes de empresas terceiras! Tal como Blockbridge, Ceph, ClusterHQ, EMC e Portworx.

O binário docker agora tem suporte a enviar arquivos para o container:

docker cp foo.txt mycontainer:/foo.txt

O parâmetro “ps” agora tem suporte a modificação de formato “–format”.

E por fim, agora as configurações de cliente docker são armazenadas em ~/.docker. No caso de precisar executar múltiplas configurações em uma só máquina, você pode usar o parâmetro –config ou a variável de ambiente DOCKER_CONFIG.

Com informações de Techfree.



Lançado ExTiX Linux 15.3

30 de Agosto de 2015, 13:51, por Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda

extix

Arne Exton, liderando os desenvolvedores do ExTiX Linux, anunciou o lançamento de uma nova versão do sistema, que trata-se de uma distribuição para desktop baseada no Ubuntu. A nova versão, ExTiX 15,3 LXQt, vem com o ambiente de desktop LXQt leve e traz também versão 4.1 do kernel Linux. Além disso, ExTiX 15.3 LXQt DVD de 64 bits é baseado no Debian 8.1 “Jessie”/Ubuntu 15.04. O sistema original ainda inclui o ambiente desktop Unity (Ubuntu). Depois de retirar Unity, os desenvolvedores instalaram o LXQt 0.9.0. LXQt é o port Qt e a próxima versão do LXDE, o Lightweight Desktop Environment.

Esse é o produto da fusão entre o LXDE-Qt e os projetos Razor-qt: Assim, os uusários contam com um leve, modular, super rápido ambiente de desktop e com uma interface bastante amigável. O idioma do sistema é o Inglês. ExTiX é uma distribuição Linux voltada para ambientes desktop e Live DVD com base no popular Ubuntu, que apresenta uma área de trabalho LXQt personalizada.

Com informações de ExTiX e Under-Linux.



Qt 5.5 adiciona novos módulos e amplia o suporte multiplataforma

30 de Agosto de 2015, 13:47, por Revista Espírito Livre - 0sem comentários ainda
15-03-2013_qt-logo

Apenas seis meses depois do release do Qt 5.4, o novo release do Qt 5.5 corrigiu quase 1500 bugs reportados, como também adicionou diversas funcionalidades. Além disso, o suporte multiplataforma está compativel com o Windows 10, com maior compatibilidade ao sistemas Linux e com diversas funcionalidades que não existiam para a versão OS X.

Entre as novas funcionalidades presentes na versão do Qt 5.5, destaca-se:

  • A API do Bluetooth LE já está estável e com suporte no Android, OS X e iOS;
  • O Qt Canvas 3D habilita o uso de código WebGL através do Qt Quick e do framework Qt application. Podendo ser utilizado em conjunto com bibliotecas JavaScript, como o three.js;
  • O Qt 3D 2.0 melhorou o suporte do Qt para OpenGL, embora ainda é considerado como preview. Sendo que no Windows, o Qt 3D não irá utilizar o driver de OpenGL e começará a utilizar a camada de emulação ANGLE, o que proporciona código OpenGL executado através de chamadas diretas do DirectX;
  • O Qt Location terá suporte a mapas, geolocalização, roteamento, etc. Para que seja possível criar aplicações que tenham funcionalidades referentes a localização do usuário;
  • O Qt Multimedia adicionou a biblioteca gstreamer 1.0 no Linux. Aprimorando o suporte a camêras e a integração com frameworks externos como OPenCL ou CUDA;
  • O Qt WebEngine está atualizado com o Chromium 40 e fornece novas APIs para gerenciar download, cache, cookies e gerenciamento de configurações;
  • Aprimorado o suporte ao Mac OS X, incluindo a substituição do OpenSSL atráves do Apple’s Secure Transport layer, suporte para Bluetooth e Bluetooth LE, e diversas outras correções.

O Qt 5.5 também removeu alguns módulos que estão sendo substituídos por novos. Esses são o Qt WebKit, substituido pelo QtWebEngine, o Qt Quick 1, substituido pelo Qt Quick e o Qt Script, substituido pelo Qt QML.

Junto com as novas funcionalidades, o Qt 5.5 também traz um novo modelo de distribuição em três formas:

Mais informações, como a lista completa de mudanças, podem ser encontradas no wiki do QT.

Com informações do InfoQ e QT.



Tags deste artigo: publicação código aberto software livre revista espírito livre revista opensource