Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade da Revista Espírito Livre

20 de Junho de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

A Revista Espírito Livre é uma iniciativa que reune colaboradores, técnicos, profissionais liberais, entusiastas, estudantes, empresário e funcionários públicos, e tem como objetivos estreitar os laços do software livre e outras iniciativas e vertentes sócio-culturais de cunho similar para com a sociedade de um modo geral, está com um novo projeto neste ano de 2009.

A Revista Espírito Livre visa ser uma publicação em formato digital, a ser distribuída em PDF, gratuita e com foco em tecnologia, mas sempre tendo como plano de fundo o software livre. A publicação já se encontra na terceira edição. A periodicidade da Revista Espírito Livre é mensal.


Comunidade ERP5 BR e Projeto OSOE realizam cursos gratuitos do ERP5 BR no Brasil

16 de Dezembro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Rio de Janeiro (Brasil), Paris (França), Cáceres (Brasil), Caxias do Sul (Brasil), Curitiba (Brasil) 12 de Dezembro de 2011 – 12:00 UTC – O Projeto OSOE - “One Student One ERP” – em conjunto com a comunidade ERP5 BR do Portal do Software Público Brasileiro, realizou nos meses de Novembro e Dezembro deste ano, cursos gratuitos do ERP5 BR em Instituto Federal e Universidades Brasileiros. Os cursos começaram na FAPAN/UNEMAT (Cácares/MT) nos dias 12 e 13 de Novembro e, em seguida, na  UFPR (Curitiba/PR) nos dias 24 e 25 de NovembroUCS (Caxias do Sul/RS) nos dias 28 e 29 de Novembro e IFCE (Iguatu/CE) nos dias 6 e 7 de Dezembro.

O Projeto OSOE tem despertado o interesse de diversas universidades brasileiras que estão buscando uma solução para o ensino prático de ERPs – Sistemas Integrados de Gestão – voltado para estudantes de engenharia, administração e computação. O Projeto OSOE tem como objetivo fazer com que os estudantes, pequenas empresas e professores possam colaborar para aumentar o nível de conhecimento em Sistemas de Informação para Negócio (ERP, CRM…). Os cursos proporcionam uma forma dos estudantes aprenderem o que é um ERP e como configurar um ERP para uma pequena empresa.

O professor Roberto ‘Tikao’ Tsukamoto Júnior, organizador do curso na FAPAN/UNEMAT, destaca que “através do Projeto OSOE e da cooperação entre a FAPAN e UNEMAT, foi possível trazer a Cáceres-MT (a 200 km da Capital Cuiabá), o curso do ERP5 BR. Os sistemas ERP são objeto de estudo em cursos de Administração, Computação e Sistemas de Informação ofertados pelas instituições, neste sentido um curso sobre o ERP5 BR propiciou aos técnicos, professores e alunos das instituições irem para o campo prático visando uma real implementação de um sistema ERP. Vislumbramos a implantação nas instituições e um maior aprofundamento sobre os sistemas ERP em sala de aula”.

Leonardo Rochael Almeida, VP da Nexedi Brasil complementa, “É muito interessante ver estudantes utilizando o mesmo sistema de gestão empresarial que é implantado pela Nexedi  ao redor do mundo e em diversas organizações, incluindo um grande banco intergovernamental. Tendo acesso a um tal sistema, esses estudantes poderão exercitar na prática a teoria aprendida em aulas de gestão. Sendo um  software público e desenvolvido visando as melhores praticas de gerenciamento, o conhecimento aprendido em sala de aula com ERP5 BR pode ser imediatamente aplicado nas empresas das quais estes alunos vierem a fazer parte.”

Rafael Monnerat, co-coordenador da comunidade ERP5 BR, concluí , “houve uma grande procura por parte das universidades em receber o curso. Fiquei surpreso pela quantidade de instiuições que entraram em contato e, para o ano de 2012, temos a intenção de fazer mais cursos em universidades interessadas em adotar o ERP5 BR na sua grade curricular. O Instituto Federal Fluminense através do Professor Rogério Atem, já utiliza o ERP5 BR para demostrar como algumas áreas do gerenciamento empresarial funcionam na prática, agora estamos em busca de novas Universidades interessadas”.

Link Permanente deste Release

Contato

  • Rafael Monnerat – Nexedi Brasil CEO – rafael (at) nexedi (dot) com. Phone +55 22 81123285
  • Rogério Atem de Carvalho – Instituto Federal Fluminense – ratem (at) iff (dot) edu (dot) br

Sobre o Projeto “One Student One ERP”

O projeto “One Student One ERP5″ (OSOE) visa proporcionar a cada aluno das universidades parceiras, escolas de engenharia, centros de formação e instituições de pesquisa um ambiente de ERP dedicado. O ambiente proporcionado pelo OSOE pode ser usado para apoiar aulas de graduação em administração, engenharias, computação ou similares; ou para implementar processos inovadores de gestão, baseados nas mais recentes pesquisas. Mais informações em: www.osoe-project.org

Sobre a Nexedi

Nexedi é o criadora e líder do ERP5, um ERP de código aberto. O ERP5 tem sido desenvolvido e implantado em uma grande variedade de indústrias, dentre as quais, aeroespacial, vestuário, bancos, assistência médica e órgãos governamentais. O ERP5 é usado por companhias de todos os tamanhos na África, Ásia, Europa, América do Norte e América do Sul. A licença aberta do ERP5 elimina custos de licenciamento e proporciona total liberdade para atualizar e modificar o sistema quando requisitos de negócio mudarem sem depender de um único fornecedor. Nexedi proporciona suporte 24h para empresas e Governos que desejam migrar suas aplicações de missão crítica para soluções de código aberto. Mais informações em: www.nexedi.com.br.



Conheça o youpipe, um agregador de vídeos de software livre

11 de Dezembro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

YouPipe - Fosse Videos

Talvez você conheça alguma rede social que seja feita para os bons e fiéis usuários de Linux, como o doode. Ou algum ‘facebook’ para os entusiastas do Software Livre como o softwarelivre.org.

Mas, e um agregador de vídeos?

Com esse pensamento nasceu o Youpipe. Um agregador de vídeos de software livre. Não só sobre softwares, claro.

E quem faz o site é você, usuário. Que assiste, compartilha e adiciona seus vídeos favoritos. O site suporta videos do YouTube, Google, Dailymotion, Megavideo, Metacafe, Vimeo, Veoh.

Link de acesso: http://youpipe.net



Lançada edição n.32 da Revista Espírito Livre!

9 de Dezembro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda
Revista Espírito Livre - Ed. #032 - Novembro 2011

Revista Espírito Livre - Ed. #032 - Novembro 2011

Revista Espírito Livre - Ed. n #032 - Novembro 2011
Revista Espírito Livre - Ed. n #032 - Novembro 2011

Maturidade. Esta palavra nos diz muito, ainda mais quando associada a algo que faz parte do dia a dia de muitos de nós: o software livre e considerando o tema de capa desta edição, o kernel Linux. Neste ano, o Linux completa 20 anos de existência e muitos ainda acreditam que ele não está maduro ou pronto para fazer frente aos outros sistemas operacionais que encontramos no mercado atualmente. A liberdade do software livre nos permitiu chegar até onde o kernel Linux chegou e é justamente esta liberdade que fazem muitos sonharem com muito mais. Que caminhos que este já adulto, sistema operacional, irá trilhar, ainda é desconhecido, e talvez seja até melhor assim.

O que vejo e que muitos dos usuários do sistema do pinguim se deparam a cada novo release, são melhorias, correções de bugs, novas implementações, suporte a novas tecnologias, entre outros. Tais detalhes normalmente passam desapercebidos para muitos leigos, que “só querem ver o sistema funcionando”. Engana-se porém, aqueles que acham que isto é tarefa fácil. Aliás, se fosse fácil muito provavelmente teríamos muitos outros excelentes exemplares por aí, criados do zero. E para compartilhar conosco suas experiências, conversamos com o pai da criança”: Linus Torvalds, que recentemente esteve na LinuxCon 2011 Brazil, em São Paulo. Torvalds, que no ano passado já havia sido entrevista por nós, com um ar bastante descontraído, respondeu a perguntas que normalmente não lhe são feitas, sobre seus hobbies, cotidiano e muito mais. Vale a pena conferir, já que grande parte das conversas com ele se resumem a questões técnicas e ligadas a código. Fomos em uma direção diferente.

Bill Bordallo aborda o WordPress, uma solução completa para produção de sites e blogs, inclusive utilizada por nós, no site da Revista Espírito Livre. Caio Ribeiro Pereira, com bastante didática, apresenta aos leitores, dicas para estagiários, estes importantes profissionais que estão por toda a parte, nas empresas. Gilberto Sudré, questiona em seu texto, até que ponto o sistema operacional é importante, considerando tudo que temos hoje e principalmente seu uso por nós, usuários. Vários outros colaboradores também enviaram suas contribuições, e a todos estes, o nosso muito obrigado.

Vale ressaltar ainda que no último dia 29 de novembro, tivemos em Vitória/ES, a primeira edição do Fórum da Revista Espírito Livre. Digo a primeira edição pois está em nossos planos levar o evento para outras cidades e já estão sendo estudadas alternativas para 2012. Então, se tem interesse em levar o evento para sua cidade, entre em contato! Um dos objetivos do evento é justamente este: aproximar leitores dos redatores e colaboradores da Revista Espírito Livre.

E continuamos por aqui, com a proposta de criar algo de qualidade para você, leitor.

Um forte abraço e nos vemos por aí.



Governo Gaúcho estimula a participação cidadã pela web em iniciativa inédita no Brasil

7 de Dezembro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nova ferramenta do Gabinete Digital, Governador Pergunta,

coletou propostas junto a população para melhorar a saúde pública

O governador perguntou “Como podemos melhorar o atendimento na saúde pública?”, a população respondeu enviando propostas através do site e votou em suas preferidas. Agora, os autores das 50 sugestões mais votadas terão um encontro com o governador Tarso Genro no dia 14 de dezembro, no Palácio Piratini, para discutir suas ideias, com transmissão ao vivo pela internet. Até o momento, mais de 30 mil pessoas participaram do processo que receberá votos até o dia 10 de dezembro pelo site www.gabinetedigital.rs.gov.br

O Governador Pergunta é resultado de estudos e análises de experiências internacionais feitas pela equipe do Gabinete Digital para criar uma ferramenta capaz de coletar, junto a população, informação e subsídios sobre temas de grande impacto para a sociedade. Segundo o chefe de gabinete do governador e coordenador do Gabinete Digital, Vinícius Wu, o objetivo é integrar o cidadão na formulação e aprimoramento das políticas públicas. Todo o processo da ferramenta foi dividido em quatro etapas. No primeiro momento o governador lançou o questionamento à população em evento público, com transmissão pela internet, e com a presença do secretário Estadual de Saúde, dando início à fase de recebimento de contribuições.

Durante 22 dias, de 9 à 30 de novembro, o Governador Pergunta recolheu 1,3 mil propostas e sugestões em cinco temas: Saúde da Família, Cuidado Integral, Urgência e Emergência, Acesso a Medicamentos e Saúde na sua Região. Qualquer cidadão pode enviar sua contribuição baseada em experiências e opiniões próprias. “Buscamos trazer para decisões de gestão, a opinião das pessoas que vivem diariamente as precariedades e grandezas do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou o Governador.

Na terceira etapa aconteceu a votação pelo site que culminará no encontro do governador e do secretário com os autores das 50 propostas mais votadas. Para a votação foi criado um sistema inspirado na experiência do projeto norte-americano All Our Ideas (www.allourideas.org), desenvolvido na Universidade de Princeton e já utilizado em Nova Iorque, nos EUA, e Calgary, no Canadá. O objetivo é que os participantes se sintam no papel de gestores da saúde, onde necessitam escolher entre as ações mais urgentes e prioritárias para a saúde pública no Rio Grande do Sul. A metodologia usada privilegia a decisão por prioridades a partir de propostas apresentadas por pares gerados aleatoriamente. Uma das vantagens desta metodologia é evitar desvios por ação de grupos de interesse,  capturando a média da opinião pública.

Engajamento da população
Para fomentar o interesse da população pelo projeto, inúmeras ações de mobilização foram colocadas em prática em parceria com as diversas secretarias de governo, incluindo palestras, visitas a órgãos públicos, reuniões com associações de municípios e contato com agentes comunitários de saúde. “Nosso desafio, além de divulgar a ferramenta, foi sensibilizar as pessoas para uma possibilidade real de participação nas decisões de governo”, afirmou Fabrício Solagna, coordenador executivo do Gabinete Digital. Com esse objetivo, uma equipe percorreu as principais regiões do interior do Rio Grande do Sul, visitando 12 municípios.

Acreditando que o acesso às ferramentas do Gabinete Digital passa necessariamente pela inclusão digital, foram instalados computadores em sete espaços públicos da capital e sete Telecentros no interior do Estado. Além disso, uma van equipada com computadores percorreu bairros de Porto Alegre e região metropolitana atingindo um público estimado de 30 mil pessoas.

Saúde como tema
A saúde, tema escolhido para a primeira edição do Governador Pergunta, está entre os temas prioritários do Estado e tem destaque por ser aquele de maior interesse entre os gaúchos. A saúde liderou a escolha de 26 dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) e foi um dos temas preferidos na Votação de Prioridades para o Orçamento estadual de 2012.

Gabinete Digital
A criação do Gabinete Digital se baseou em modelos de democracia no mundo digital de países como Alemanha e Estados Unidos, reunindo as melhores práticas e criando um conjunto único de mecanismos para a participação. Desde seu lançamento em maio de 2011, já recebeu dois prêmios nacionais, da Revista A Rede, na categoria Inovação na Gestão Pública, e o prêmio E-gov, de excelência em governo eletrônico, concedido pela Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa (ABEP). O Gabinete Digital é ligado diretamente ao Gabinete do Governador e as experiências de participação online colocadas em prática já despertaram o interesse de governos estaduais, prefeituras e até mesmo, do governo federal, que estuda a possibilidade de aplicação do modelo na esfera federal.

Ao todo são quatro ferramentas de participação disponíveis no site. Para saber mais acesse: http://www.gabinetedigital.rs.gov.br/



Governo Gaúcho estimula a participação cidadã pela web em iniciativa inédita no Brasil

7 de Dezembro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nova ferramenta do Gabinete Digital, Governador Pergunta,

coletou propostas junto a população para melhorar a saúde pública

O governador perguntou “Como podemos melhorar o atendimento na saúde pública?”, a população respondeu enviando propostas através do site e votou em suas preferidas. Agora, os autores das 50 sugestões mais votadas terão um encontro com o governador Tarso Genro no dia 14 de dezembro, no Palácio Piratini, para discutir suas ideias, com transmissão ao vivo pela internet. Até o momento, mais de 30 mil pessoas participaram do processo que receberá votos até o dia 10 de dezembro pelo site www.gabinetedigital.rs.gov.br

O Governador Pergunta é resultado de estudos e análises de experiências internacionais feitas pela equipe do Gabinete Digital para criar uma ferramenta capaz de coletar, junto a população, informação e subsídios sobre temas de grande impacto para a sociedade. Segundo o chefe de gabinete do governador e coordenador do Gabinete Digital, Vinícius Wu, o objetivo é integrar o cidadão na formulação e aprimoramento das políticas públicas. Todo o processo da ferramenta foi dividido em quatro etapas. No primeiro momento o governador lançou o questionamento à população em evento público, com transmissão pela internet, e com a presença do secretário Estadual de Saúde, dando início à fase de recebimento de contribuições.

Durante 22 dias, de 9 à 30 de novembro, o Governador Pergunta recolheu 1,3 mil propostas e sugestões em cinco temas: Saúde da Família, Cuidado Integral, Urgência e Emergência, Acesso a Medicamentos e Saúde na sua Região. Qualquer cidadão pode enviar sua contribuição baseada em experiências e opiniões próprias. “Buscamos trazer para decisões de gestão, a opinião das pessoas que vivem diariamente as precariedades e grandezas do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou o Governador.

Na terceira etapa aconteceu a votação pelo site que culminará no encontro do governador e do secretário com os autores das 50 propostas mais votadas. Para a votação foi criado um sistema inspirado na experiência do projeto norte-americano All Our Ideas (www.allourideas.org), desenvolvido na Universidade de Princeton e já utilizado em Nova Iorque, nos EUA, e Calgary, no Canadá. O objetivo é que os participantes se sintam no papel de gestores da saúde, onde necessitam escolher entre as ações mais urgentes e prioritárias para a saúde pública no Rio Grande do Sul. A metodologia usada privilegia a decisão por prioridades a partir de propostas apresentadas por pares gerados aleatoriamente. Uma das vantagens desta metodologia é evitar desvios por ação de grupos de interesse,  capturando a média da opinião pública.

Engajamento da população
Para fomentar o interesse da população pelo projeto, inúmeras ações de mobilização foram colocadas em prática em parceria com as diversas secretarias de governo, incluindo palestras, visitas a órgãos públicos, reuniões com associações de municípios e contato com agentes comunitários de saúde. “Nosso desafio, além de divulgar a ferramenta, foi sensibilizar as pessoas para uma possibilidade real de participação nas decisões de governo”, afirmou Fabrício Solagna, coordenador executivo do Gabinete Digital. Com esse objetivo, uma equipe percorreu as principais regiões do interior do Rio Grande do Sul, visitando 12 municípios.

Acreditando que o acesso às ferramentas do Gabinete Digital passa necessariamente pela inclusão digital, foram instalados computadores em sete espaços públicos da capital e sete Telecentros no interior do Estado. Além disso, uma van equipada com computadores percorreu bairros de Porto Alegre e região metropolitana atingindo um público estimado de 30 mil pessoas.

Saúde como tema
A saúde, tema escolhido para a primeira edição do Governador Pergunta, está entre os temas prioritários do Estado e tem destaque por ser aquele de maior interesse entre os gaúchos. A saúde liderou a escolha de 26 dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) e foi um dos temas preferidos na Votação de Prioridades para o Orçamento estadual de 2012.

Gabinete Digital
A criação do Gabinete Digital se baseou em modelos de democracia no mundo digital de países como Alemanha e Estados Unidos, reunindo as melhores práticas e criando um conjunto único de mecanismos para a participação. Desde seu lançamento em maio de 2011, já recebeu dois prêmios nacionais, da Revista A Rede, na categoria Inovação na Gestão Pública, e o prêmio E-gov, de excelência em governo eletrônico, concedido pela Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa (ABEP). O Gabinete Digital é ligado diretamente ao Gabinete do Governador e as experiências de participação online colocadas em prática já despertaram o interesse de governos estaduais, prefeituras e até mesmo, do governo federal, que estuda a possibilidade de aplicação do modelo na esfera federal.

Ao todo são quatro ferramentas de participação disponíveis no site. Para saber mais acesse: http://www.gabinetedigital.rs.gov.br/



Tags deste artigo: publicação código aberto software livre revista espírito livre revista opensource