Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Comunidade d...
Tela cheia Sugerir um artigo

Veduca recebe novo aporte de grupo de investidores

31 de Outubro de 2013, 12:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 44 vezes

veduca-logo

Veduca (www.veduca.com.br) – empresa de tecnologia e educação que lançou os primeiros cursos on-line massivos abertos (MOOCs) com certificação da América Latina e o primeiro MBA aberto on-line do mundo – recebeu novo aporte de capital, de R$1,1 milhão. Os investidores são a Bolt Ventures (antiga Mountain do Brasil), fundo de investimento baseado em Luxemburgo, com escritório em São Paulo e Zurique; Macmillan Digital Education, parte da Macmillan Publishers, um dos maiores e mais tradicionais grupos editoriais do mundo, e 500 Startups, fundo de capital que investe em startups, com sede no Vale do Silício, nos Estados Unidos. A nova capitalização acontece um ano após o Veduca ter levantado R$ 1,5 milhão com o mesmo grupo de investidores, reafirmando sua confiança na empresa e no mercado brasileiro.

Estamos plenamente confiantes na capacidade do Veduca em continuar inovando em educação on-line“, afirma Nicolas Gautier, sócio-fundador da Bolt Ventures. Para Mathias Ick, diretor da Macmillan Digital Education, investir no Veduca significa potencializar em time excelente e capaz de alcançar resultados ainda maiores. ” A empresa é pioneira em um dos setores mais aquecidos e importantes no Brasil”, diz Ick.

Fundada por Carlos Souza, Marcelo Mejlachowicz, André Tachian e Eduardo Zancul, a empresa tem o objetivo de democratizar o acesso à educação superior de qualidade no Brasil e países emergentes. O portal do Veduca foi ao ar em março de 2012 e atualmente reúne mais de 5.700 videoaulas de 17 das melhores instituições de ensino do mundo. A empresa iniciou sua trajetória contribuindo para popularizar o movimento de cursos abertos livres no Brasil, ao legendar em português aulas de algumas das melhores universidades estrangeiras.

Após sete meses do lançamento, com o primeiro aporte, o Veduca investiu em sua equipe para desenvolver uma nova plataforma on-line. Lançada em junho deste ano, a nova plataforma inclui ferramentas inovadoras para melhorar a experiência de aprendizado na internet. Na mesma ocasião, o Veduca lançou os primeiros cursos on-line massivos abertos (MOOCs) com a certificação da América Latina, em parceria com professores da Universidade de São Paulo (USP) e de Universidade de Brasília (UnB).

Neste mês, lançou o primeiro  MBA aberto on-line do mundo. Trata-se do MBA em Engenharia e Inovação. O conteúdo é livre e gratuito para qualquer estudante com acesso à internet e interesse no tema. Há um programa de certificação pago para quem desejar obter um certificado válido pelo Ministério da Educação. O programa de certificação inclui uma série de serviços e benefícios exclusivos que dão suporte ao estudante no processo de aprendizagem e no atendimento aos requisitos para a certificação.

O primeiro MBA on-line aberto não só marca a primeira iniciativa inédita do Veduca em uma escala global, mas também representa um modelo de negócio inovador“, diz Carlos Souza, CEO do Veduca. Ele ainda acrescenta: ” Nossa prioridade agora é aumentar o ritmo de produção de cursos, por isso, estamos fazendo novas parcerias instituições de ensino superior no Brasil”.

Duas novas parcerias para cursos de extensão já estão confirmadas: Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e HSM Educação devem lançar cursos com programas de certificação a partir do primeiro semestre de 2014.

Com informações de Veduca.


Fonte: http://www.revista.espiritolivre.org/veduca-recebe-novo-aporte-de-grupo-de-investidores

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.