Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Comunidade d...
Tela cheia Sugerir um artigo

Para Bill Gates, o mundo não está preparado para mais automação

31 de Dezembro de 2014, 16:54 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 16 vezes

hi_tech

Bill Gates declarou, em um evento no American Enterprise Institute, que acredita que o mundo não está preparado para enfrentar as mudanças que estão para ocorrer no futuro próximo. De acordo com ele, muitos dos trabalhos serão automatizados e os humanos darão lugar às máquinas.

Segundo Gates, essa substituição deverá acontecer em apenas 20 anos, afetando os trabalhos em níveis mais baixos, consequentemente, gerando desemprego e um problema sério para a sociedade. O avanço tecnológico tem ocorrido de maneira tão rápida que as tarefas humanas serão substituídas por máquinas eficientes que possam executar suas tarefas em menor tempo e com menor custo. Assim sendo, este maior nível de automação pode gerar complicações para diversas áreas e, por conta disso, está longe de ser uma vantagem para todos.

“A substituição por sofwtares, seja para motoristas, garçons ou enfermeiros está progredindo. A tecnologia ao longo do tempo irá reduzir a demanda por postos de trabalho, em especial nos setores mais simples”, declarou o fundador da Microsoft.

Bill Gates ainda falou sobre as soluções para que os robôs não tomem o lugar dos humanos. As empresas e os governos devem tomar medidas para evitar que ocorra situações irreversíveis neste sentido. Para ele, é preciso tomar medidas radicais, como haver uma redução nos impostos e em um maior recrutamento e retenção de pessoas, além da concessão de auxílios ou subsídios para que isso ocorra.

“Quando as pessoas dizem que devemos aumentar o salário mínimo, eu me preocupo com o que isso impactará na criação de emprego”, concluiu.

Com informações do Canaltech.

Fonte: http://www.revista.espiritolivre.org/para-bill-gates-o-mundo-nao-esta-preparado-para-mais-automacao

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.