Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Comunidade d...
Tela cheia Sugerir um artigo

Certificações GNU/LINUX gratuitas para participantes do FISL15

29 de Abril de 2014, 10:50 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 14 vezes

latinux_logo_org

Mais uma novidade imperdível para o aniversário de 15 anos de FISL: nesta edição, todos os participantes terão direito a uma certificação CLO, (Operador de Linux Certified), gratuita, em uma parceria com a Latinux. É isso mesmo, você não leu errado: se você ainda não tem uma certificação que comprove seus conhecimentos livres, tem agora uma oportunidade única de obtê-la sem custo.

As provas serão realizadas após o evento, em uma iniciativa do Cluster Latinux que vai ajudá-lo a conseguir credibilidade como profissional na área de TI e tecnologias abertas.

A certificação Junior Linux Operator (JLO) credita ao profissional as seguintes habilidades:

* Gerenciar usuários em um servidor GNU/Linux.

* Iniciar e concluir serviços a partir de um console de um servidor GNU/Linux.

* Instalar estações de trabalhos com GNU/Linux.

* Editar arquivos de configuração.

* Instalar, atualizar e eliminar aplicações em uma estação de trabalho.

* Seguir instruções para manutenções mais complexas de um servidor com GNU/Linux dadas por um CLA (Certified Linux Administrator), CLNA (Certified Linux Network Administrator) ou CLSA (Certified Linux Security Administrator).

Durante o FISL, haverá uma apresentação sobre a Latinux e as suas certificações (data e hora a confirmar). Os exames serão realizados somente após o FISL, até trinta dias depois do evento.

O Cluster Latinux nasceu durante o Linuxweek’99 (Caracas, Venezuela), por iniciativa do engenheiro Ricardo Strusberg Velasco, com o objetivo de criar uma rede de empresas, instituições educativas e consultores especializados em soluções baseadas em software livre.

Durante o VII FISL, em 2006, empresas do Brasil, Estados Unidos, Porto Rico e Venezuela firmaram, o acordo de cooperação que criou formalmente o Cluster Latinux como um consórcio internacional. O acordo foi resultado das negociações iniciadas no Linux World Expo 2006, em Boston, Estados Unidos, e no Lacfree 2005, em Recife, Brasil, tomando como base a abordagem de aliança que ocorreu na Linuxweek’99, mas, como em diversos momentos marcantes para a história do Software Livre, escolhendo o FISL como palco de sua oficialização.

Saiba mais sobre a Latinux.

Fonte: Assessoria de Imprensa FISL15.


Fonte: http://www.revista.espiritolivre.org/certificacoes-gnulinux-gratuitas-para-participantes-do-fisl15

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.