Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Logotipo

Twitter_logo_s

Facebook-32x32Flickr-32x32Youtube-32x32

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

getaddrinfo: Name or service not known

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
Tela cheia
 Feed RSS

Paulo Marcos no Rádio, TV e Internet

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Paulo Marcos, radiojornalista formado em Rádio e TV pela UNEB. Especialista em rádio, TV e comunicação digital junto a jovens e lideranças do movimento social. Coordenador da Rádio Barreiros/ADASB. É empreendedor individual e através da produtora NaCangaia presta serviços nas áreas de vídeo, fotografias e radiojornalismo.

Se ligue na cultura!

27 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda



Big Brother Brasil, um programa imbecil

16 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 44 comentários
por  Antonio Barreto

 

BIG BROTHER BRASIL, UM PROGRAMA IMBECIL

Autor: Antonio Barreto, natural de Santa Bárbara-BA,
residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIM

Salvador, 16 de janeiro de 2010



Compositor Dinho Jacobina diz que o Carnaval de Várzea do Poço começou na década de 1940

14 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Logo_carnavalO Carnaval Várzea Folia, que começou sexta-feira (12) no município de Várzea do Poço, a 330 km de Salvador, reúne pessoas de vários municípios da região.

Segundo o compositor baiano, Dinho Jacobina, o evento tem quase 70 anos.

A reportagem é do Núcleo Digital de Comunicação Pensar Filmes do Território Bacia do Jacuípe.

Assista a reportagem:


Sobre o vídeo:
Serpentina02
RETRANCA: COMPOSITOR/CARNAVAL
DATA: 14.02.2010

créditos

IMAGENS: Leandro Mendes
REPORTAGEM: Paulo Marcos
EDIÇÃO: Leandro Mendes

legendas:

DINHO JACOBINA
Compositor

TENENTE JOSEMBERG
Policial Militar

NAIARA RIOS
Enfermeira

MICHEL
Folião

- Os vídeos estão sem legedas porque são gerados pelo Sistema de Intercâmbio da Televisão Pública, ou seja, o banco de dados da TV Brasil, onde as matérias ficam disponíveis para disversas emissoras públicas do país.

- O Pensar Filmes produz reportagens para o jornalismo da TVE Bahia que compõe a Rede da TV Brasil.



Várzea Folia começa com a mistura do tradicional com o reboleixo

14 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Em VárzLogo_carnavalea do Poço, a 330 km de Salvador, a mistura do reboleixo e as tradicionais marchinhas marcaram o primeiro dia do Várzea Folia.

A reportagem é do Núcleo Digital de Comunicação Pensar Filmes do Território Bacia do Jacuípe.

Assista reportagem:

Sobre o vídeo:

Serpentina02RETRANCA: REBOLEIXO/VÁRZEA
DATA: 13.02.2010

créditos
IMAGENS: Leandro Mendes
REPORTAGEM: Paulo Marcos
EDIÇÃO: Leandro Mendes



CARNAVAL EXCLUSIVO DE SALVADOR!

14 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Prof. Lúcio Dias

A cada ano fico mais decepcionado com o poder subjetivo das mídias audiovisuais da Bahia em segmentar, segregar e tendenciar a conduta discriminatória do carnaval de Salvador. Já é necessário dar um basta nos programas apelativos locais que ditam como a RONDESP funciona e como deve proceder na segurança do turista que financia, investe e aumenta a renda da capital baiana e, dita como a RONDESP deve tratar a população, a classe trabalhadora que são as menos favorecidas nesse comércio explorativo onde muitos são as verdadeiras cordas humanas que sustenta e protege a massa que enchem os cofres do governo e da burguesia, ou até mesmo aqueles que limpam as sujeiras orgânicas/ inorgânicas e recicláveis produzidas pelos grandes blocos/ indústrias, patrocinadores e o governo que oferecem apenas essa condição separatista de participação e trabalho exploratório ao folião baiano que pagam altos impostos.

Hoje pela manhã, ao assistir um jornal local de referência baiana, me deparei com diversas entrevistas sobre o primeiro dia do carnaval onde a repórter e seus apresentadores conduziam as perguntas de forma persuasiva e em uma delas o tema foi alimentação durante o carnaval. O entrevistado que pertence a órgão ligado ao Estado respondeu: “Não consuma alimentos de vendedores ambulantes, procure restaurantes que já atuam no comércio”, ou seja, aqueles licenciados pela prefeitura, ainda que o ambulante também esteja registrado em condição extremamente inferior pela prefeitura para comercializarem seus produtos sem nenhum suporte ou ajuda. Mas, há alguns dias vi também, reportagem onde os mesmos ambulantes estavam se cadastrando nos pontos disponíveis pela prefeitura e pagaram pra ter a “tal” licença e estarem regularizados, sem ter prejuízo de apreensão da mercadoria, na condição da prefeitura autorizar, fiscalizar e penalizar a exploração do cidadão que se compara à exploração existente na mais-valia. No entanto essa classe trabalhadora é alvo de discriminação pelos órgãos competentes e empresas contratadas para serviço temporário, dentre elas os blocos e principalmente os meios de comunicação baiano.

Analisando essa perspectiva separatista que é clara e evidente na denúncia que o carnaval baiano é formado para a elite soteropolitana que continua a oprimir os menos favorecidos, condicionando-os a atenderem a própria classe trabalhadora que se apertam em menos de 1mt entre a corda e o limite da avenida delimitando como espaço para o folião baiano da classe trabalhadora.

Ainda neste mesmo programa local de destaque baiano, em entrevista, o atual técnico do Esporte Clube Bahia responde a repórter que o carnaval está mais estruturado para os atletas do clube: “os camarotes climatizados oferecem estruturas como serviço de massagem e outros requintes que proporcionam menos desgastes ao atleta”, e ainda que: “não é aconselhável para o atleta pular o circuito Barra – Ondina por ser apertado e longo, não que o atleta esteja despreparado, mas devido à desidratação”. Esqueceu de fazer ênfase ao desgaste e aperto da classe trabalhadora que financia e sustenta o time que há tempos não proporciona alegria ao torcedor baiano e, que os mesmos encontram-se em condições extremas fazendo parte da massa formada pela classe trabalhadora.

É um verdadeiro absurdo como os meios de comunicação audiovisuais segrega de forma sútil e subjetiva a grande população baiana que sustenta essa máquina milionária que é o carnaval. Sendo explorada e, ainda é obrigada a ouvir as propagandas do governo, dos blocos e das emissoras que dizem “Nosso carnaval é o mais participativo do mundo” e, ou “O que motiva a alegria é o nosso calor humano”. Onde fazemos parte desses contextos históricos das publicidades baianas? E devemos de fato fazer parte dessa massa?

Lúcio Dias

Professor Universitário e Relações Públicas

e-mail: luciodiasrrpp@hotmail.com

71 8746-6007



Defensoria acompanha negociação de rebelião em Serrinha

13 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Após mais de 55 horas, na tarde desta quarta (10) chegou ao fim a rebelião no Conjunto Penal de Serrinha, município localizado a 190 km de Salvador. A negociação, que possibilitou o fim do motim iniciado na segunda-feira, foi acompanhada pela Defensoria Pública do Estado, além de outras instituições

e acordo com Gil Braga, defensor da comarca, na terça-feira ele visitou o Presídio de Serrinha, juntamente com o promotor e o juiz. O objetivo da visita era verificar a situação e o andamento das negociações. “Sempre que há um movimento de rebelião nos deslocamos até a unidade para verificar a forma como as negociações são conduzidas e se existe algum dos nossos assistidos envolvidos no motim”, explica o defensor.

Na rebelião deflagrada na última segunda-feira, não houve participação de assistidos da Defensoria Pública. Durante o acontecido, 25 amotinados fizeram outros quatro presos reféns, sendo que um deles foi assassinado. Eles reivindicavam a transferência de 14 presos para o complexo penitenciário de Salvador, entre outras questões relativas à estrutura carcerária.

O defensor Gil Braga também ressalta que “Nos últimos motins realizados no presídio, os internos sempre solicitam a presença da Defensoria Pública nas negociações. Além disso, a assistência jurídica prestada na comarca nunca foi alvo de queixas dos amotinados, o que demonstra o reconhecimento pelo trabalho”, avalia.

Fonte - Ascom Defensoria Pública



Várzea do Poço mantém o tradicional Carnaval do interior com o Várzea Folia

12 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O carnaval da Bahia também acontece no interior. Em Várzea do Poço, a 330 km de Salvador, o Várzea Folia será verde e amarela.Logo_carnaval

A cidade já está pronta para receber os foliões e mesmo com dificuldades mantém as tradições de meio século.

O Carnaval de Várzea do Poço começa nesta sexta-feira (12) e vai até segunda-feira (15) com diversas atrações acompanhe aqui na TVE toda a movimentação na cidade.

Confira a reportagem

Produção do Núcleo Digital de Comunicação Pensar Filmes do município de Pintadas para a TVE-BA

Legendas
Serpentina02
PAULO JOSÉ
Prefeito

CILMARA ALVES
Coordenadora de Cultura

ÉTORE PARAÍSO
Fundador do Carnaval

Créditos

IMAGENS 
Leandro Mendes

REPORTAGEM 
Paulo Marcos

EDIÇÃO
Leandro Mendes

 

Por Paulo Marcos



Carnaval Pipoca celebra a diversidade da maior festa do planeta

10 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda
Do rock, passando pela música eletrônica e Hip-Hop, programa da Secretaria de Cultura do Estado traz nomes como Cacau do Pandeiro, Luiz Caldas, Novos Baianos, Pitty, Elza Soares, Chico César e Vânia Abreu. Programação traz cerca de 270 atrações nos circuitos oficias da festa e em bairros como Liberdade, Pau da Lima e Cajazeiras.

Promover a diversidade de ritmos e estilos e realizar um Carnaval sem cordas para o folião pipoca. Esses são objetivos principais do Programa Carnaval Pipoca da Secretaria de Cultura do Estado que, pelo segundo ano, traz atrações nacionais e internacionais para os circuitos da folia. Para isso, foram licitados quatro (04) trios elétricos da mais alta qualidade técnica para desfilar com atrações de 17 projetos escolhidos por curadoria e edital. Serão 20 saídas nos Circuito Dodô, Osmar e Batatinha.

A seleção dos 10 projetos via edital público foi realizada através de uma comissão que envolve a pesquisadora e antropóloga Goli Guerreiro, o músico e produtor Luis Pereira, o antropólogo Antonio Godi junto com os representantes do Conselho do Carnaval e da Secretaria da Cultura do Estado que aplicaram critérios como originalidade, contribuição do projeto para a diversidade da festa, notoriedade e presença de novos talentos.

Os projetos aprovados incluem atrações baianas e nacionais variando os estilos como samba, reggae, hip hop, rock, música eletrônica e contemporânea.

O trio de Cacau do Pandeiro (DOM 14/02 -19h30 – Osmar) traz para o circuito Cacau do Pandeiro, Samba das Moças, Neto Bala, Ludmillah; o trio Terreiro Africantar (SAB 13/02 – 19h -saída da Rua Chile) traz Ana Paula Albuquerque, Banda Africantar e Fabiana Aleluia. O trio Elza Pede Passagem (SEX 12/02 – 22h30 – Dodô) tem a presença da diva do samba jazz brasileiro Elza Soares acompanhada de Sambatrônica e Marcela Bellas.

No trio Retrofolia (SEG 15/02 – 20h – Dodô), as atrações são a banda instrumental de surf music Retrofoguetes acompanhada pelo grupo La Pupuña (PA) e Julio Moreno. O rock and roll será representado pelo trio Carnivalha (SAB 13/02 – 20h – saída da Rua Chile) comandado pela banda Radiola e traz como convidadas as cantoras Pitty e Nancy Viegas. O ritmo reggae estará representado com o trio Trilogia do Reggae (SEG 15/02 – 16h30 – Dodô) que traz atrações como Dionorina, Gilsan, Jorge de Angélica, e o estilos hip-hop e dub estão representados no trio Sistema de Som Perambulante (TER 16/02 – 20h – Dodô) com Bnegão, Ministereopublico e MC Daganja.

O trio Encontros Percussivos (TER 16/02 – 18h – Osmar) traz Mikael Mutti & Percussivo Mundo Novo, e atrações internacionais como EarthRise SoundSystem (NY), Davi Vieira (NY), DJ Daniel (Venezuela); no trio Guetto Tech (SEG 15/02 – 19h30 – OSMAR), atrações da nova música pop como Lucas Santanna, Mariella Santiago, Márcia Castro, DJ Bandido e DJ Mangaio. No trio Quilombolasoul (TER 16/02 – 16h30 – Dodô), as atrações serão Gerson King Combo, Samba Chula de São Braz, Dão, e DJ Bandido.

“Para a banda Radiola, a experiência de participar do Carnaval Pipoca em 2009 foi fantástica. Ano passado saímos com Lobão e esse ano vamos sair com Pitty e Nancy Viegas. O bacana de participar do projeto é que é um carnaval diferente. Tem espaço para todos os públicos e ritmos. Os nossos fãs participaram efetivamente do circuito e adoraram. Além de tudo, a estrutura do trio é de primeira qualidade, com equipamento de som muito bom, além de todas as regalias que os cantores da axé music tem”, afirma o baterista Alan Abreu da banda Radiola.

Para dar mais opção ao folião pipoca, a SecultBA selecionou através de curadoria sete projetos que irão desfilar nos circuitos Dodô e Osmar. Comemorando os 60 anos do trio elétrico, tema do Carnaval deste ano, a Secult repete a programação do Carnaval Pipoca 2009 com o trio Novos Baianos (DOM 14/02 – 20h – Dodô) trazendo Paulinho Boca de Cantor, Pepeu Gomes e Baby Consuelo.

Um dos principais destaques da curadoria é Luiz Caldas (SAB 13/02 – 22h – Dodô e DOM 14/02 – 17h - Osmar), considerado o pai da “Axé Music”, que vem no comando de um trio. Ainda em comemoração os 25 anos do estilo que exportou a imagem da Bahia para o mundo, o trio Axé anos 80 (SEX 12/02 – 21h30 – Dodô e TER 16/02 – 16h30 - Osmar) traz atrações como Márcia Short, Buk Jones, Sarajane, Virgílio. O trio Axé do Axé (SEX 12/02 – 21h – Osmar – saída da Rua Chile e SAB 13/02 – 15h30 - Dodô) traz Gerônimo, a participação do ícone da música popular do recôncavo, Matheus Aleluia, Aloísio Menezes, Portela, Mônica Sangalo.

A novidade fica a cargo do Micro Trio (SEG 15/02 – 17h – Osmar) que vem com duas atrações nacionais: Vânia Abreu e Chico César.

Dois projetos prestam homenagem a nomes importantes para a música baiana: o trio Tributo a Ramiro Musotto (DOM 14/02 – 16h30 – Dodô) presta homenagem ao músico argentino radicado na Bahia e falecido em 2009, com as atrações Baiana System, Bnegão, Afro Sudaka, última banda de Ramiro. Outro trio, Tributo a Neguinho do Samba (SEX 12/02 – 20h - saída do Campo Grande) vai prestar homenagem ao pai do samba-reggae, com as atrações Tonho Matéria, Didá, Anderson Souza e Mestre Jackson.

“Esses projetos são compostos por artistas e bandas que possuem total influência na difusão do carnaval”, afirma Edivaldo Bolagi, coordenador de ações para o Carnaval da SecultBA. A curadoria para escolher os projetos foi composta por Gilberto Monte, Edivaldo Bolagi, Ivana Souto, André Simões e Beto Barreto. “Com isso, pretendemos promover a diversidade artística no Carnaval e oferecer à população um espaço de diálogo entre formatos tradicionais e inovadores dentro da festa e agora também na prévia ou na ressaca do carnaval”, afirma Bolagi.

Carnaval nos bairros de Salvador

A SecultBA também efetua o pagamento de artistas selecionados para tocar nos palcos dos bairros e trios selecionados pelo Conselho de Carnaval, com recursos da ordem de R$1,5 milhão. Confira a programação nos bairros:


PERIPERI

Dia 13/02 SÁBADO

ABAFABANCA

MANO BROTHER

MARCIA SHORT

MARCIONILIO

Dia 14/02 DOMINGO

SOTAQUE BAIANO

VEVÉ CALAZANS

TOME VIANA

Dia 15/02 SEGUNDA

JACI LIMA

AFRO DETONA

ZÈ PAULO E BANDA

DAMMA

Dia 16/02 TERÇA

BANDA OLIVEIRA

MISSINHO

MAHATMA

SAM HOP

LIBERDADE

Dia 13/02 SÁBADO

BAIANIDADE

MORENOS Elvolventes

PAULO AXÉ

Dia 14/02 DOMINGO

TRIBO BAIANA

JÔ SANTANA

CARLINHOS CALDAS

DYSTORÇÃO

Dia 15/02 SEGUNDA

ZAVAN LIV

CIDA LIMA

A MULHERADA

Dia 16/02 TERÇA

ABAFUCASO

BUCK JONES

EDY VOX

CAJAZEIRAS

Dia 13/02 SÁBADO

CLAUDIA COSTA

TRIBU DA BAIA

VIRGILIO

GALERA DO MORRO

Dia 14/02 DOMINGO

MIXTURA

SARAJANE

XEXEU LINS

ALMA POPULAR

Dia 15/02 SEGUNDA

CARLOS PITA

POVO DE SANTO

BATIFUN

Dia 16/02 TERÇA

MAURICIO PEREZ

WIL CARVALHO

IMPROVISO LATINO

TEMPERO NAGÔ

ITAPUÃ

Dia 13/02 SÁBADO

ZELITO MIRANDA

TRIBO NA GANDAIA

BANDA ARRUMBA

ELETRICA

Dia 14/02 DOMINGO

ARTE NO DIQUE

NOEME BASTOS

ERICK MAZONI

RUA 15

Dia 15/02 SEGUNDA

ALEXANDRE LEÃO

CARLINHOS C.D. ÁGUAS

LUI MURITIBA

NEGO BOM

Dia 16/02 TERÇA

SILVINHA TORRES

BANDA INTER

TRITAN

FRED MENENDEZ

PAU DA LIMA

Dia 13/02 SÁBADO

LAURINHA

TÁ DE MAIS

BRANCO ARAUJO

KEBRA NAGOST

Dia 14/02 DOMINGO

DIRETO AO PONTO

LIA CHAVES

ESPELHART

Dia 15/02 SEGUNDA

RAS EDNALDO SÁ

DADOBRAZAVILLE

ZÉ DE TONHA

AZEVICHE

Dia 16/02 TERÇA

DIONORINA

DIUMBANDA

GRUPO JATOBÁ

AGNALDO SANTANA

PLATAFORMA

Dia 13/02 SÁBADO

REFLEXUS

TALLOWAHA

SALADA MISTA

TOMALIRA

Dia 14/02 DOMINGO

SALADEIRA

SINE CALMON

INTIMUS

Dia 15/02 SEGUNDA

PEDAÇO CADA UM

ZÉ HONORIO

JONH ROBERT

NOSSO RITMO

Dia 16/02 TERÇA

BANDA BROTHER

SIMPLES ASSIM

LEANDRO GUERRILHA

MISKUTA

GRADE PRAÇA DO SAMBA (Cruz Caída – Centro Histórico)

Sexta 12/02

GAL DO BECO

SAMBA DE ACENDER

JORGINHO COMANCHEIRO

COMPADRE WHASINGTON

Sábado 13/02

CACAU DO PANDEIRO

MOVIMENTO

VIOLA DE 12

KANGERÊ DE SINHÁ

Domingo 14/02

CIA JOÃO DE BARRO

MELODIA COSTA

TOTE GIRA

FUSCÃO E SAMBA

Segunda 15/02

JULIANA RIBEIRO

CHICO EVANGELISTA

JAKE E BANDA

FIRMINO DE ITAPUÃ

Terça 16/02

PAGOLEIROS

LUCI LAURA

ACADEMIA DO SAMBA

 

Por Marcelo de Trói
Assessoria de Comunicação - SecultBA
(71) 3103-3016 / 3026 / 3027
(71) 8151-0893
ascom@cultura.ba.gov.br
http://plugcultura.wordpress.com
http://www.flickr.com/photos/secultba/
http://twitter.com/SecultBA
http://www.cultura.ba.gov.br



Copa de Futebol Sub-17 da Bacia do Jacuípe começa dia 28 de fevereiro

4 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 55 comentários

Gestores dos municípios do Território Bacia do Jacuípe organizam competição que pretende colocar jovens no esporte de forma responsável.

A 3ª Copa de Futebol Sub-17 do Território já tem início previsto para dia 28 de fevereiro em Várzea da Roça.

Ouça a reportagem com Paulo Marcos || Baixe aqui em MP3



Plenária de deputada movimenta Pintadas neste final de semana

4 de Fevereiro de 2010, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Neuza_1A deputada estadual Neusa Cadore promove nesta sexta (05) e sábado (06), uma plenária de avalização do mandato no município de Pintadas, na Bacia do Jacuípe.

Segundo ela a proposta da atividade é apresentar os resultados da atuação da Rede do movimento social no município e fortalecer as suas ações junto as lideranças comunitárias na região.

Também está prevista a participação de secretários estaduais do Governo da Bahia.

Ouça a reportagem com Paulo Marcos || Baixe em MP3



Tags deste artigo: bahia artes bacia do jacuípe cultura radialista rádio tv esportes