Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Escola Auto-didata

Flash backs

 Voltar a Caixa Preta
Tela cheia

Trechos do livro Utopia e Paixão do Roberto Freire

23 de Maio de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 3819 vezes

foto por Felipe Nunes

“Não temos conhecimento de que a liberdade já tenha sido conquistada de geral para o particular, do social para o pessoal. O que a história mostra é exatamente o contrário. E isso é fácil de entender. Por que ser livre, para nós, parece um ato essencialmente de insubmissão e de afirmação da originalidade única da pessoa. A única liberdade que nos serve é a que conquistamos, não a que nos doam, vendem ou emprestam. Só podemos ser livres ás nossas custas. Podemos conquistar juntos a liberdade, mas vamos usá-la cada um a seu jeito."

"Mais ainda: a busca da liberdade é algo permanente, sua conquista é incessante. suas razões mudam com o tempo, assim como os que pretendem impedir a realização da liberdade de cada um ou de todos."

"Ser livre agora não garante, pois, que sejamos amanhã. Ser livre é um processo contínuo de ir a luta para garantir as conquistas já feitas e ampliá-las. É isso mesmo o que parece ser nossa liberdade: uma conquista, nunca um direito assegurado.”...


"Não há dilema existencial para quem vive o aqui e agora. A tendência a nos evadirmos do espaço e tempo em que estamos inseridos é enorme. Recusamos o que temos, o que somos e onde estamos sem criar algo novo, sem a aventura de novos caminhos a não ser em fantasias. Somos deste mundo, deste lugar, mas acabamos morando em um castelo imaginário – construído pelas nossas frustações e pela incapacidade de mudar a rota de nossas vidas. O que fazemos (os papéis não nos gratificam) não correspondem à nossa espontaniedade."

"A saída é vivermos o presente através de coisas que nos dão prazer. Mas temos medo, os riscos são grandes e nossa incompetência para aventura nos paralisa.Entre o risco no prazer e a certeza no sofrer, acabamos sendo socialmente empurrados para a última opção."


"A sociedade burguesa incorporou um conceito de liberdade com sérias limitações. A conquista da liberdade na sociedade burguesa, principalmente as mais avançadas,tem sido a conquista da liberdade política. O que é fundamental sem duvida, entretanto, estas conquistas não levam necessariamente à liberdade social por que democracia política não garante a democracia social."

trechos selecionados por Alissa Gottfried

Foto por Felipe Nunes


Tags deste artigo: filosofia da liberdade

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.