Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Escola Auto-didata

Flash backs

 Voltar a Caixa Preta
Tela cheia

Curso Mapa Cognitivo/Cultura Digital do Projeto Fronteiras Imaginárias Culturais do Coletivo i-Motirô

3 de Novembro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1775 vezes

Durante o primeiro semestre de 2010, na comunidade Km 32 da cidade Campo Grande, na baixada fluminense, foi desenvolvido, pelo coletivo i-Motirô, o curso Mapas Cognitivos/Cultura Digital.

Km_32
i-Motirô é um coletivo de artistas e educadores que trabalham, entre outras coisas, com software livre e midiativismo e recentemente criaram a plataforma interativa livre FIC - Fronteiras Imaginárias Culturais > http://fic.imotiro.org/ como ferramenta para arte-mapeamentos multimídia.

O público participante no curso foi jovens de 12 a 14 anos do Núcleo de Cultura do Colégio Estadual Yonne Mª Siqueira de Andrade na baixada fluminense.
A proposta desse curso foi baseada em princípios da educação popular: sem imposições mas com estímulos a um processo criativo coletivo na busca da pró-apreciação de tecnologias socias, com os educandos da comunidade km 32 que participam do  Núcleo de Cultura do Colegio Yonne.


Documentação parcial do processo criativo do curso:
[para ver fotos clique nos títulos]


Começamos com um grupo de 20 educandos nos apresentando como um programa de rádio onde um de cada vez eraentrevistado pelo grupo. Usamos o microfone e caixa de som. Quando as perguntas se tornavam invasivas ou futeis perguntávamos se ninguém tinha uma pergunta mais inteligente. A dinâmica funciona bem como uma experiência de rádio jornalismo. Depois disso listamos os equipamentos disponiveis no Núcleo de Cultura: Caixa de som, microfone, camera fotográfica digital e camera de vídeo, projetor, lab 1 com 4  maquinas com windowns, uma super biblioteca e uma vídeoteca,uma tv com dvd, som, gravador de áudio, multifuncional e lab 2 com duas máquinas sem software livre com dois monitores cada para edição de áudio e vídeo.

Conversamos sobre essa tecnologia social, suas potencialidades específicas e amplas. Porpus que cada  participante definice uma ação criativa com esses equipamentos e propusesse pro grupo convidando os possiveis colaboradores a participar das propostas.

Depois disso localizamos no googlemaps e projetamos a imagem de satélite da comunidade em cima de um plástico para que pudessemos estudaresse mapa marcando com caneta-retro os lugares importantes da comunidade.


Alguns educando mostraram o troféu que ganharam num concurso de games que competiram no Festival de Cultura Digital no Circo Voador promovido pelo Pontão de Cultura Circo Digital na época gestado pelos fundadores do coletivo I-Motirõ.

Processo completo:

Sobre as metodologias e objetivos do curso leia o projeto no link abaixo:
Projeto de Pesquisa


Tags deste artigo: cultura digital fic - fronteiras imaginárias culturais coletivo i-motirõ dada outra poesia editora educadora ecoaecoa educação popular mapas cognitivos cursos documentação web arte

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.