Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

TDF blog

redirection forbidden: http://blog.documentfoundation.org/feed/ -> https://blog.documentfoundation.org/feed/

Minha rede

TDF Wiki Brasil

redirection forbidden: http://wiki.documentfoundation.org/index.php?title=Special:RecentChanges&feed=atom -> https://wiki.documentfoundation.org/index.php?title=Special:RecentChanges&feed=atom

 Voltar a Comunidade L...
Tela cheia Sugerir um artigo

A The Document Foundation anuncia os membros do Conselho Diretor de Engenharia

23 de Maio de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 243 vezes

O Conselho coordenará as atividades de desenvolvimento e definirá a evolução tecnológica do LibreOffice

A Internet, 23 de maio de 2011 – A The Document Foundation apresenta os membros do Conselho Diretor de Engenharia (ESC), o segundo conselho anunciado – depois do Conselho de Admissão – entre os dois conselhos previstos pelo Estatuto. O ESC foi empossado para coordenar todas as atividades de desenvolvimento e definir o direcionamento tecnológico futuro.

http://www.muylinux.com/wp-content/uploads/2011/03/TheDocumentFoundation.jpg


Os 10 membros do ESC são Andras Timar (localização), Michael Meeks and Petr Mladek da Novell, Caolan McNamara e David Tardon da RedHat, Bjoern Michaelsen da Canonical, Michael Natterer da Lanedo, Rene Engelhard do Debian, e os desenvolvedores independentes Norbert Thiebaud e Rainer Bielefeld (Controle de qualidade-). O ESC se reunirá uma vez por semana por telefone para discutir o progresso da agenda temporal dos releases e coordenar as atividades de desenvolvimento. As reuniões incluirão rotineiramente outros desenvolvedores  interessados e especialistas em tópicos específicos.


Os membros foram escolhidos pelo Conselho Diretor, e foram selecionados a partir de um leque de eminentes desenvolvedores da comunidade, que cresceu consistentemente desde Setembro de 2010 e hoje chega a 200 hackers de código com outros 200 pessoas envolvidas na localização e no controle de qualidade. “ Este foi um sucesso fenomenal” afirmou Caolan McNamara da Red Hat, “especialmente se olharmos o projeto OpenOffice.org, onde os desenvolvedores externos eram bem poucos, e tinham de lidar com obstáculos de difícil transposição.”


Há hoje 120 desenvolvedores hackeando o código do LibreOffice regularmente, e que podem ser divididos em três grupos com base nas suas experiências: 20 desenvolvedores principais trabalhando em novos recursos, resolução de bugs, e empacotamento do software; 40 outros desenvolvedores regulares trabalhando em novos recursos, consertos e hacks mais fáceis; e 60 desenvolvedores ocasionais trabalhando em hacks fáceis e limpeza do código. Além destes, 80 desenvolvedores contribuem ocasionalmente, ou começaram há pouco a estudar o código. A TDF também agradece a chegada de estudantes que participam em tempo integral pelo programa Google Summer of Code.


“O ESC trouxe disciplina no processo de desenvolvimento, organizado de forma diferente do passado no OpenOffice.org, onde uma única empresa se encarregava das decisões, que de um lado dava força – pela facilidade de coordenação – e também um ponto único de falha” disse André Schnabel, membro do Conselho Diretor da TDF. “Construímos um processo independente onde os patrocinadores empresariais continuam sendo muito valorizados, mas a comunidade será capaz de avançar com o software mesmo sem o apoio dessas empresas”.


Olivier Hallot
Founder
Steering Commitee Member
The Document Foundation
Voicing the enterprise needs
LibreOffice translation leader for Brazilian Portuguese
+55-21-8822-8812

* Fonte: The Document Foundation Blog


Fonte: Vitorio Furusho

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.