Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Minha rede

TDF Wiki Brasil

redirection forbidden: http://wiki.documentfoundation.org/index.php?title=Special:RecentChanges&feed=atom -> https://wiki.documentfoundation.org/index.php?title=Special:RecentChanges&feed=atom

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade LibreOffice Brasil

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Comunidade LibreOffice Brasil

LibreOffice now available in German bookstores

28 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

We’re proud to announce that LibreOffice is now available in German bookstores via Open Source Press. Thanks, folks!




Debian muda-se para LibreOffice

24 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O projeto Debian tem o orgulho de anunciar que a transição do OpenOffice.org para LibreOffice foi agora concluída. LibreOffice já disponível para teste e instável desde março e agora foi portado para Debian 6.0 Squeeze , também.

Rene Engelhard, mantenedor do Debian LibreOffice e membro do Steering LibreOffice de Engenharia da comissão, diz: Tenho certeza de Debian e seus usuários se beneficiarão enormemente com essa transição, eu espero não só uma melhor colaboração, mas também os ciclos de desenvolvimento mais rápido.

Debian_e_libreoffice

Instalação de LibreOffice

Usuários interessados ​​da versão atual estável Debian 6.0 Squeeze pode adicionar a seguinte linha no seu / etc / apt / sources.list arquivo:

deb http://backports.debian.org/debian-backports squeeze-backports principal 

Depois de adicionar isso, execute uma atualização e instalar o pacote LibreOffice do squeeze-backports suite usando o software de gerenciamento de pacotes de sua escolha (por exemplo,apt-get update; apt-get install-t squeeze-backports LibreOffice ). Pacotes instalados anteriormente OpenOffice.org deve ser desinstalado automaticamente. Dependendo do ambiente de desktop usado, você também poderá ter de instalar o libeoffice-gtk, LibreOffice-gnome ou kde-LibreOffice pacotes.

Mais informações sobre backports pode ser encontrado na página backports.debian.org .

Sobre LibreOffice

LibreOffice é uma suíte de software livre desenvolvido pela The Document Foundation como um fork do OpenOffice.org.

Sobre o Debian

 

O Projeto Debian foi fundado em 1993 por Ian Murdock para ser um projeto da comunidade verdadeiramente livre. Desde então o projeto cresceu e se tornou um dos maiores e mais influentes projetos open source.Milhares de voluntários de todo o mundo trabalham juntos para criar e manter software Debian. Disponível em 70 idiomas, e apoiar uma ampla gama de tipos de computadores, Debian se chama o sistema operacional universal .

Informação de contato

Para mais informações, visite as páginas web do Debian em http://www.debian.org/ ou envie uma mensagem para press()debian.org

23 de junho de 2011

* Fonte: Debian

* Site do LibreOffice



Encontro Comunitário LibreOffice - FISL12

22 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda
http://softwarelivre.org/fisl12
Comunidade-libo.png

A Comunidade LibreOffice Brasil marcará presença no 12o. Fórum Internacional de Software Livre FISL, que será realizado no período de 29 de junho a 02 de julho de 2011. Neste evento, a Comunidade realizará o I Encontro Comunitário LibreOffice.

Logo-comunidade

Responsáveis pelo Encontro Comunitário LibreOffice:

Local e Data:

  • Prédio 40 - Sala 714
  • 01/07/2011 às 13:00 h - 120 minutos

Resumo:
O Encontro Comunitário LibreOffice visa reunir pessoas para informá-las sobre a criação da TDF (The Document Foundation). Desde sua criação em setembro de 2010, por ocasião do 10o aniversário do projeto OpenOffice.org a TDF amealhou um capital humano e intelectual notável para o desenvolvimento e promoção do software LibreOffice. Nesta palestra daremos números e informações que provam que a comunidade internacional acertou em criar uma entidade independente para o desenvolvimento do LibreOffice e mostraremos detalhes da evolução do software, bem como pistas sobre seu futuro brilhante que se desanuvia. Apresentaremos aos interessados como participar e colaborar com a Comunidade LibreOffice, através de documentação, tradução, palestras, treinamento,desenvolvimento, QA (Controle de Qualidade) e relatos de bugs.

Objetivo:
Fortalecimento da comunidade, fomento do software livre e chamada de colaboradores, visando a difusão da suíte de escritório.

Programação:
Palestra Geral:

  • A criação da TDF – The Document Foundation - Eliane Domingos e Gustavo Morais - 50 minutos

Lightining talks:

  • Avanços do LibreOffice no Paraná e ODF pelo Brasil - Vitorio Furusho - 10 minutos
  • Lei ODF no Estado do Rio de Janeiro (Lei 5978/2011) - Marcelo Massao - 10 minutos
  • Como colaborar com a tradução do LibreOffice - Klaibson Ribeiro - 10 minutos
  • Como colaborar com a documentação do LibreOffice - Gustavo Morais - 10 minutos
  • Como colaborar com o relato de Bugs do LibreOffice - Eliane Domingos - 10 minutos
  • Como colaborar com o QA (Controle de Qualidade) - Eliane Domingos e Gustavo Morais - 10 minutos

 Airplane-libobr.jpg

por Eliane Domingos

 


Developer Interview : Markus Mohrhard

19 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Coding LibreOffice to relax a bit from studying tough mathematical problems? Read why and how Markus Mohrhard works on LibreOffice!

LibreOffice can only exist since people are working on it: so please ! tell us a bit about yourself.

I’m a third year math student and have always been interested in computer science(which is even a subsidiary subject for me). I’m always interested in anything new in math, physics and computer science and try to learn as much as possible in these areas.


In what other software projects have you been involved ?

I’ve been working on a university project for about one year now. This project is mainly about model to model transformations.

Where do you live (and study)?

I live at Karlsruhe and study at the Karlsruhe Institute for Technology (formerly know as university Karlsruhe)

What do you do when you’re not working on LibreOffice ?

Mainly studying, but in my free time I do sports or just do something with my friends.

Ah sports means healthy people in the project :-) …so, what type of sports?

I’m jogging and playing football. But since university I have no more time for doing this in a club only with friends and in my free time.

When do you usually spend time on the project ?

Mainly in the evening and during nights. Mostly when I have some math problems which drive me crazy and I need to think about something else for some time.

Working on LibreOffice code to relax – could be worse ;-)
Do you have a preferred text editor for this relaxing work? And why?

Notepad++, Vim and Gedit. Depending on what I’m doing. Notepad++ is my prefered editor at Windows and sometimes I miss it in Linux. I think for developing in Linux there is only the choice between Emacs and Vim and I just prefer Vim(even if it sometimes drives me crazy). And I like Gedit for its simplicity.

How did you hear about LibreOffice ?

I’m following a tech news site and they report regularly about Libreoffice and the Documentfoundation. I liked the idea of an independant foundation behind LibreOffice that would not force developers to sign a CLA.

Why did you get involved ?

I’ve always wanted to contribute to an open-source project. After I discovered the Easy Hacks page my decision was made and the community made it really easy to get into the development. Especially Kohei helped me a lot to understand the code around calc.

What was your first contribution to LibreOffice ?

It was a one line change to fix a problem showing the right shortcut. Nothing special but I learned a lot about the structure of LibreOffice there. It was about the crasher bug (fdo#37429) and listed and the most annoying bugs. As soon as I found the problem (which took a lot of time) it was just a one line change.

What was your initial experience of contributing to LibreOffice like ?

It was amazing how positive the core developers react to someone new and how much they encourage someone to go on. Even when I started working on my autofilter patch and made some really bad design decisions, they helped me every time with some hints how I can improve my code.

What have you done since then ?

I’ve written some code to support one autofilter per sheet in calc and the corresponding import and export filters(thanks a lot there for Kohei’s help). Since then I’ve fixed several bugs and started working on supporting an unlimited number of sheets in calc together with improving the performance in some situations.

What do you think was your most important contribution to LibreOffice so far ?

For me it is the support for one autofilter per sheet, but for others it might be one of the bugs I fixed.

How will that improve things for users?

This was a long requested feature and improves the compatibility to Excel a bit. There was a workaround for this this but it was extremely uninitive, so I hope that a lot of people can benefit from this feature.

What is your vision for the future and/or what would you most like to see improved ?

It would be amazing if more people would help in the QA and help the developers to find bugs much earlier. I broke some minor things with my patches but they were not detected before RC1 and I think our quality could improve if there were more people testing the nightly builds or beta builds.

Anything else interesting you get up to when not hacking ?

I’m playing chess and doing sports regularly. But I’m always open to new things and try something different. I’d like to travel to other countries more but that will not possible as long as I study.

Thanks a lot for your answers and time!




Você usa muito Software Livre no seu dia-a-dia! Sabia?

17 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Às vezes criticamos o Software Livre mas, não paramos para analisar o quanto o usamos no nosso dia-a-dia.

http://softwarelivre.org/image_uploads/0001/5491/Furusho_Consegi_2009_640x480_big.jpg?1259196754

Para ajudar as pessoas a fazer uma reflexão sobre uso de TI e principalmente sobre o Software Livre e Open Source em sua vida, segue algumas questões abaixo, provavelmente, você se encaixa em algumas ou em várias das situações listas:

Você possivelmente:
- Navega na Internet: praticamente tudo que tem na Internet é Software Livre, começando por HTML, PHP, Apache, etc

- Acho que você faz pesquisa no Google, pois é, praticamento tudo que ela faz e usa é Software Livre e Open Source.

- Você usa Wikipédia? claro que usa! Já usou alguma vez. É cara inteligente! Pois é, para sua informação o Wikipédia é totalmente em Software Livre e Open Source.

- Você usa Home Bank na Internet, Mais de 85% de dos Bancos usam software Livre.

- Você deve jogar na Mega-Sena, na esperança de ficar milionário. Pois é todos os computadores das Casas Lotéricas usam Software Livre.

- Você se alimenta, né! Faz compra em super e hipermercados. Pois é, Carrefour em todo o mundo usa Software Livre. Condor, Big, Walmater, Califórnia, Kusma, Mercadorama, etc.

- Você faz compras, lógico que sim! Pois é, Lojas Renner, Colombo, Americanas, Magazine Luiza, Casas Bahia, etc, Usam Software Livre.

- Você tem carro, abastece nos postos de combustível, claro que sim! Pois é, a Petrobras é usuário de Software LIvre.

- Você viaja de avião! Já voou num boing, claro que sim! Pois é, a Boing é um dos maiores patrocinadores do Free Software e Open Source e ODF.

- Você usa produtos da Microsoft, claro que usa! Inclusive piratas! Isso é crime e você poderá ser preso! Você sabia? Claro que sabe! Pois é, Free Software e Open Source não é só bom mas excelente! Veja a fundação que a Microsoft criou http://codeplex.org

- Você é possivelmente um dos maiores usuários de Free Software e Open Source! Não Sabia? Pois é, quando navega na Internet, faz compras, se alimenta, anda de carro, vê TV, assiste filmes, se diverte, saca dinheiro no caixa eletrônico, etc.

- Você deve assistir filmes! Claro que sim! E, assistiu os filmes Shrek, Madagascar, Titanic, e muitos outros. Pois é, foram feitos em Software Livre.

- Você votou nas eleições! Claro que sim! Pois é, na máquina de votação o Software que tem nessas urnas eletrônicas é Software Livre!

- Todos os sites do Governo do Paraná, são quase 3.000, Foram feitos com software Livre, XOOPS. e, continuam sendo feitos em Software Livre.

- Você deve ter parentes, netos, sobrinhos, filhos de amigos que estudam nas escolas estaduais do Paraná. São 44.000 estações no Estado do Paraná. Pois é, tudo em Software Livre.

- Você possui RG emitido pelo Instituo de Identificação do Paraná! Pois é, foi feito com Software Livre.

- Você tem carros! claro que sim, deve ter mais de um! Na emissão do registro de carro e multas no Paraná são usados Software Livre.

- Você tem CNH do Paraná! Pois é, foi todinho feito em Software Livre

- A Receita Federal lançará a emissão de CPF pela Internet. Será em Software Livre.

- Você já fez refeições no McDonald’s! Claro que sim! McDonald’s usa Software Livre! Não vomite, por favor!

- Você deve ter um blog? claro que sim! Pois é, deve ser Software Livre!

- Se você quiser saber tudo isso e muito mais sobre software Livre. Use o Google, Wikipédia e Internet. Eles são Software Livre!

- O uso de Software Livre é uma questão de Inteligência e sabedoria! Você é inteligente e sábio! E, usa muito Software Livre!

- Você é um grande usuários de Free Software e Open Source! Sabia?

- Visite http://softwarelivre.org/furusho e http://paper.li/vfurusho e siga meu Twitter @vfurusho

* Seja Livre! use Software Livre e seja Feliz!

by Furusho, Vitorio



LibreOffice 3.3.3 is ready for download

16 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

The Document Foundation announces the availability of LibreOffice 3.3.3, a new release of the most stable version of the free office suite for personal productivity, targeting corporate users. LibreOffice 3.3.3 is already available for download at the following address: http://www.libreoffice.org/download.

According to Thorsten Behrens, a developer and member of the TDF Steering Committee, “LibreOffice 3.3.3 fixes several bugs and improves the security of the suite, to specifically address the needs of corporate deployments, where stability is more important than new features. This branch will be maintained until the end of the year, to allow a smooth and safe transition to LibreOffice 3.4.x.”

LibreOffice 3.3.3 is available for Windows, MacOS X and Linux (DEB and RPM), in over 100 different languages (more than twice the language coverage of comparable proprietary products). Users of LibreOffice 3.3.2 are invited to update their software.

Press and Media Contacts

Florian Effenberger (based near Munich, Germany, UTC+1)
Phone: +49 8341 99660880 – Mobile: +49 151 14424108
E-mail: floeff@documentfoundation.org – Skype: floeff

Olivier Hallot (based in Rio de Janeiro, Brazil, UTC-3)
Mobile: +55 21 88228812
E-mail: olivier.hallot@documentfoundation.org

Charles H. Schulz (based in Paris, France, UTC+1)
Mobile: +33 6 98655424
E-mail: charles.schulz@documentfoundation.org

Italo Vignoli (based in Milan, Italy, UTC+1)
VoIP: +39 02 320621813 – Mobile: +39 348 5653829
E-mail: italo.vignoli@documentfoundation.org
Skype: italovignoli – Google Talk: italo.vignoli@gmail.com




First TDF Advisory Board members demonstrate wide corporate support for LibreOffice

15 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Strong backing for a truly free and vendor-neutral office suite
The Document Foundation provides solid grounds to build upon

The Document Foundation today announced the first members of its Advisory Board: Google, SUSE, Red Hat, Freies Office Deutschland e.V., Software in the Public Interest, and the Free Software Foundation. The new appointees will serve for an initial term of one year.

The body represents The Document Foundation’s sponsors, with each sponsor having the right to one representative. They will provide the future Board of Directors with advice, guidance and proposals, and will consult regularly on the further development of the Foundation and its associated projects.

We’re very proud, and warmly welcome the first members of the Advisory Board. Its composition shows that LibreOffice is a vendor-neutral, truly-free office suite, and confirms that The Document Foundation has created a solid base to build upon, for the community, for corporations and enterprises, and for adopters and end-users,” said Florian Effenberger on behalf of The Document Foundation’s Steering Committee. “With LibreOffice being downloaded from all over the world, with the community growing quickly, and with organizations and corporations showing strong support, The Document Foundation has succeeded in creating a safe, stable and secure base to ensure the future of free office suites,” he added.

Thomas Krumbein, Chairman of the German non-profit organization Freies Office Deutschland e.V., commented, “Freies Office Deutschland e.V. has been in existence since 2004. We have been closely cooperating with end-users, organizations and businesses in Germany and, over the last two years, have organized a dedicated congress for business and administration. The founding of The Document Foundation has been very well received, especially by those looking for safety and stability. We are honored to serve on the Advisory Board and to help shape what we believe is the ideal home for a truly-free office suite.

Holger Dyroff, Vice President Business Development for SUSE, stated, “SUSE recognises the value of community governance and is very pleased to help fund as well as provide advice to The Document Foundation. I look forward to representing SUSE on the inaugural Advisory Board. This will assure that our customers and users views and priorities are represented to the leadership of The Document Foundation.

The Document Foundation shares the objectives of openness, transparency, interoperability and user choice that are reflected in Red Hat’s core values,” said Brian Stevens, CTO and vice president, Worldwide Engineering, Red Hat. “We are pleased to participate on the Advisory Board and to highlight the importance of continued community contributions and potential benefits from the availability of a free office suite.

Jeremy Allison, co-founder of Samba and member of Google’s Open Source Programs Office, added, “The creation of The Document Foundation’s Advisory board is a great step forward for the organization. Google is pleased to be a supporter of The Document Foundation, and to provide funding and advice to advance their work.

Bdale Garbee, President of Software in the Public Interest added, “Software in the Public Interest is pleased to have The Document Foundation’s LibreOffice as an associated project. TDF and LibreOffice match well with our mission, and we are pleased to be able to provide funding services and contribute advice for TDF’s future.

John Sullivan, Executive Director of the Free Software Foundation, concluded, “The Free Software Foundation is pleased to offer its advice to The Document Foundation. We applaud TDF’s demonstrated commitment to user freedom, and will do our best to help it achieve its free software goals going forward.

Press and Media Contacts

Florian Effenberger (based near Munich, Germany, UTC+1)
Phone: +49 8341 99660880
Mobile: +49 151 14424108
E-mail: floeff@documentfoundation.org
Skype: floeff

Olivier Hallot (based in Rio de Janeiro, Brazil, UTC-3)
Mobile: +55 21 88228812
E-mail: olivier.hallot@documentfoundation.org

Charles H. Schulz (based in Paris, France, UTC+1)
Mobile: +33 6 98655424
E-mail: charles.schulz@documentfoundation.org

Italo Vignoli (based in Milan, Italy, UTC+1)
Phone: +39 02 320621813
Mobile: +39 348 5653829
E-mail: italo.vignoli@documentfoundation.org
Skype: italovignoli
Google Talk: italo.vignoli@gmail.com




O primeiro Conselho Consultivo da The Document Foundation mostra amplo apoio para o LibreOffice

15 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O primeiro Conselho Consultivo da The Document Foundation mostra amplo apoio para o LibreOffice

O forte apoio para uma suíte de escritório verdadeiramente neutra permite a The Document Foundation fornecer sólidos alicerces para seu desenvolvimento.

A The Document Foundation anunciou hoje os primeiros membros de seu Conselho Consultivo: Google, SUSE, Red Hat, Freies Office Deutschland e.V., Software in the Public Interest (SPI) , e a Free Software Foundation: Os nomeados terão mandatos de um ano.

http://softwarelivre.org/furusho/broffice/libo-logo-highres-color-2.pngO Conselho representará os patrocinadores da The Document Foundation, e cada patrocinador terá direito a ter um representante. A função desses representantes é orientar, guiar, propor e dar consultoria regularmente sobre o futuro do desenvolvimento da TDF e seus projetos associados.

“Estamos muito orgulhosos, e damos nossas calorosas boas vindas aos membros do Conselho Consultivo. Sua composição mostra que o LibreOffice é a suíte de escritório verdadeiramente neutra e livre, e confirma que a The Document Foundation criou uma base sólida de crescimento, para a comunidade, para empresas, e para o usuário final”, afirmou Florian Effenberger em nome do Conselho de Administração da The Document Foundation. “Com o LibreOffice sendo baixado em todos os cantos do mundo, sua comunidade em rápido crescimento e com organizações e empresas mostrando forte apoio, a The Document Foundation conseguiu criar um firme alicerce para garantir o futuro das suítes de escritório livres.”, acrescentou.

Thomas Krumbein, Presidente da organização sem fins lucrativos Freies Office Deutschland e.V. comentou “Freies Office Deutschland e.V. existe desde 2004. Cooperamos estreitamente com os usuários, organizações e empresas na Alemanha e ao longo dos dois últimos anos, organizamos um congresso para negócios e administração. A fundação da The Document Foundation foi muito bem recebida, especialmente por aqueles que buscam por segurança e estabilidade. Estamos honrados de servir no seu Conselho Consultivo e de ajudar a moldar o que acreditamos ser o lar ideal para uma suíte de escritório livre”.

Holger Dyroff, Vice Presidente de Desenvolvimento de Negócios para a SUSE, afirmou, “SUSE reconhece o valor da governança da comunidade e esta muito feliz de contribuir e ajudar, bem como orientar a The Document Foundation. Desejamos representar a SUSE no seu Conselho Consultivo inaugural. Isso garantirá que a visão e prioridades de nossos clientes e usuários finais serão representadas na liderança da The Document Foundation”.

“A The Document Foundation compartilha os objetivos de abertura, transparência, interoperabilidade e liberdade de escolha do usuário que se refletem nos valores básicos da RedHat”, afirmou Brian Stevens, Diretor de Tecnologia e Vice Presidente Mundial de Engenharia da Red Hat. “Estamos contentes de participar do Conselho Consultivo e de realçar a importância das contribuições continuadas da comunidade e dos benefícios potenciais da disponibilidade de uma suíte de escritório livre.

Jeremy Allison, cofundador do projeto Samba e membro do Programa de Código Aberto do Google acrescentou, “A criação do Conselho Consultivo da The Document Foundation é um passo muito importante para a organização. O Google está contente de ser um apoiador da The Document Foundation, e fornecer os fundos e a orientação para fazer avançar o trabalho dela”.

Bdale Garbee, Presidente da Software in the Public Interest (SPI) acrescentou” a Software in the Public Interest está contente de ter o LibreOffice da The Document Foundation como um projeto associado. A TDF e o LibreOffice atendem bem nossa missão, e estamos contentes de prover os serviços de captação e contribuir com a orientação para o futuro da TDF”.

John Sullivan, Diretor Executivo da Free Software Foundation, concluiu: “ A Free Software Foundation está satisfeita de oferecer sua orientação para a The Document Foundation. Aplaudimos os compromissos mostrados pela TDF para com a liberdade do usuário, e faremos o melhor para ajudar que seus objetivos de software livre sigam adiante.”

Contatos:

Florian Effenberger (based near Munich, Germany, UTC+1)
Fone: +49 8341 99660880
Celular: +49 151 14424108
E-mail: floeff@documentfoundation.org
Skype: floeff

Olivier Hallot (based in Rio de Janeiro, Brazil, UTC-3)
Celular: +55 21 88228812
E-mail: olivier.hallot@documentfoundation.org

Charles H. Schulz (based in Paris, France, UTC+1)
Celular: +33 6 98655424
E-mail: charles.schulz@documentfoundation.org

Italo Vignoli (based in Milan, Italy, UTC+1)
Fone: +39 02 320621813
Celular: +39 348 5653829
E-mail: italo.vignoli@documentfoundation.org
Skype: italovignoli
Google Talk: italo.vignoli@gmail.com

* por Florian Effenberger

* tradução: Olivier Hallot

* Sites:

* The Document Foundation

* The Document Foundation Blog

* LibreOffice



Governador do Paraná propõe a ampliação da abrangência da ação reguladora: Saneamento (Sanepar), Energia (Copel) e Tecnologia e Informática (Celepar)

14 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O Governador Carlos Alberto Richa (PSDB) enviou Projeto de Lei Complementar nº 361/2011 para a Assembléia Legislativa com previsão de inclusão na Lei da Agência Reguladora do Paraná (Lei Complementar 94/2002) que ela fará a regulação nas áreas de energia, saneamento e tecnologia da informação.

Segundo a Mensagem do Projeto de Lei assinada por Beto Richa, seu Governo pretende ampliar a abrangência da agência reguladora com a inclusão do Saneamento, Energia, Tecnologia e Informática. Justifica no seu  “novo jeito de governar”.

As agências reguladoras existem para regular os serviços públicos e atividades econômicas de interesse público que são prestados pela iniciativa privada. Não há qualquer sentido que uma agência reguladora seja criada para regular os serviços executados pelo próprio Estado.

Assim, a mudança legislativa pretendida pelo Governador tucano sinaliza a intenção que tem o Governo Beto Richa de privatizar a Copel – Companhia de Energia do Paraná, a Sanepar – Companhia de Saneamento do Paraná e a Celepar – Companhia de Informática do Paraná.

Com isso o Governador Carlos Alberto pretende finalizar o que iniciou o Governo Jaime Lerner, que privatizou as estradas, o Banestado, tentou privatizar a Copel e privatizou de forma maquiada a Sanepar.

* fonte: blog Tarso Cabral Violin

 

Segue a íntegra da Mensagem do Governador do Paraná:

MENSAGEM

Curitiba, 28 de março de 2011

Nº 07/2011

Senhor Presidente,

 

Tenho a honra de encaminhar a Vossa Excelência, para ser apreciado por essa Augusta Assembleia Legislativa, o incluso anteprojeto de lei visando a alteração da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, buscando ampliar a abrangência das ações da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infra-Estrutura do Paraná.

 

JUSTIFICATIVA DO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 361/2011

 

Desde 2002 está vigente a Lei Complementar nº 94, de 23 de julho, nela se contemplando a criação da Agência para a regulação de serviços públicos de infraestrutura no âmbito do Estado.


Por razões administrativas e também observando experiências de outras agências reguladoras criadas por outros entes federativos, vem este Poder Executivo propor a ampliação da abrangência da ação reguladora da Agência, com a inclusão não só de serviços públicos relacionados à infraestrutura, mas todos os serviços públicos delegados, especialmente aqueles relacionados ao Saneamento, Energia e Tecnologia e Informática.


Esta ampliação proporcionará uma melhor administração e agilidade para o serviço público delegado no Estado do Paraná, indo de encontro ao objetivo de melhorar a qualidade dos serviços e do desenvolvimento integrado do Estado, adotando uma postura inovadora com um novo jeito de governar, previsto no Plano de Governo. É a preconizada administração flexível, voltada para o controle mais rígido dos custos e uma aplicação mais eficaz dos recursos públicos através do controle de qualidade e de eficiência dos serviços prestados pelos Estado.


 

CARLOS ALBERTO RICHA

Governador do Estado

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N° 361/2011

Súmula: Altera a Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, que criou a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infra-Estrutura do Paraná e adota outras providências.

 Art. 1º A AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS PÚBLICOS DELEGADOS DE INFRA-ESTRUTURA DO PARANÁ, criada pela Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a denominar-se AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS PÚBLICOS DELEGADOS DO PARANÁ - AGEPAR, ficando vinculada diretamente ao Governador do Estado.

Art. 2º. O parágrafo 3º do artigo 1º da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“§ 3º. Equivalem-se, para os fins desta Lei, as expressões: AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS PÚBLICOS DELEGADOS DO PARANÁ, AGÊNCIA REGULADORA, AGÊNCIA e a sigla AGEPAR.”

Art. 3º. Ficam incluídos ao art. 2º, da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, os seguintes incisos e parágrafo único:

“VI – Serviços de SANEAMENTO BÁSICO; e

VII – Serviços de ENERGIA.

Parágrafo único: A definição dos serviços a que se referem os incisos VI e VII deste artigo serão regulamentados através de ato do Poder Executivo.”

Art. 4º. Fica renumerado o inciso VI do art. 2º da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, que passa a vigorar como inciso VIII com a seguinte redação:

“VIII – Outros serviços delegados que vierem a ser definidos por lei.”

Art. 5º. O art. 5º da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 5º. À AGÊNCIA compete regular, fiscalizar e controlar, nos termos desta Lei, os serviços públicos delegados do Paraná, conforme definidos no art. 2º, incisos V, VI, VII e VIII desta Lei.”

Art. 6º. Ficam incluídos ao art. 16 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, os seguintes incisos:

“V – Diretor de Logística e Operações de infraestrutura;

VI – Diretor de Regulação de Energia; e

VII – Diretor de Regulação de Saneamento.”

Art. 7º. Fica renumerado o inciso V do art. 16 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, que passa a vigorar como inciso VIII com a seguinte redação:

“VIII – Diretor de Fiscalização e Qualidade dos Serviços de Infraestrutura.”

Art. 8º. O inciso V do art. 22 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“V – 6 (seis) representantes das entidades reguladas pela AGÊNCIA, com adequada qualificação técnica.”

Art. 9º. O art. 34 e seu parágrafo único, da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passam a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 34. Fica instituída a Taxa de Regulação de Serviços Públicos Delegados, a que se refere esta Lei, a ser recolhida mensalmente pelos prestadores do serviço público abrangidos por este ato, como receita privativa da AGÊNCIA, mediante a aplicação da alíquota de 0,5% (cinco décimos por cento), da receita operacional bruta do concessionário e/ou permissionário.

Parágrafo único: A Taxa de Regulação de Serviços Públicos Delegados terá implantação gradativa sendo 0,25% nos primeiros 12 (doze) meses e 0,50%, a partir do décimo terceiro mês.”

Art. 10º. O art. 36 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 36. A remuneração da AGÊNCIA pela prestação dos serviços delegados, objeto da presente Lei, deverá atender aos termos dos convênios firmados entre a AGÊNCIA DE REGULAÇÃO e o poder concedente.”

Art. 11º. O art. 37 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 37. Durante a primeira instalação regular da Diretoria da Agência, o Diretor-Presidente terá mandato de 2 (dois) anos e serão definidos pelo Chefe do Poder Executivo Estadual os demais Diretores com os seguintes mandatos:

a.     Diretor de Relações Institucionais e de Ouvidoria com mandato de 1 (um) ano;

b.     Diretor de Tarifas e Estudos Econômicos e Financeiros com mandato de 3(três) anos;

c.     Diretor Jurídico com mandato de 4 (quatro) anos;

d.     Diretor de Fiscalização e Qualidade dos Serviços de Infraestrutura com mandato de 5 (cinco) anos;

e.     Diretor de Logística e Operações de Infraestrutra com mandato de 5 (cinco) anos;

f.        Diretor de Regulação de Energia com mandato de 5 (cinco) anos; e

g.     Diretor de Regulação de Saneamento com mandato de 5 (cinco) anos.”

Art. 12º. O art. 39 da Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 39. O Governador do Estado encaminhará à Assembleia Legislativa, no prazo de até 180 (cento e oitenta) dias da publicação desta Lei, projeto de lei dispondo sobre os cargos de provimento em comissão e sobre o quadro de pessoal permanente da AGÊNCIA.”

Art. 13. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

Curitiba, em 28/03/2011, 190° da Independência e 123° da República.

CARLOS ALBERTO RICHA
Governador do Estado

* fonte: Assembleia Legistavia do Estado do Paraná

* Projeto de Lei Complementar 361/2011

* Lei Complementar 94 - 23 de Julho de 2002

* Lei Complementar 95 - 09 de Setembro de 2002

 

 




LibreOffice Conference, Paris - França 12 a 15 Outobro 2011

14 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Seja Bem-vindo!

LibreOffice Conference
Paris - França
12 a 15 Outobro 2011

A The Document Foundation anuncia a primeira reunião anual do projeto LibreOffice, a LibreOffice Conference, será realizada em Paris de 12 a 15 outubro de 2011. Dando continuidade a tradição das conferências anteriores OOoCon. Será o evento para os interessados ​​no desenvolvimento de Software Livre de produtividade, Padrões Abertos e do Formato Aberto de Documentos OpenDocument Format.

"Estamos orgulhosos do que temos conseguido até agora com LibreOffice e a The Document Foundation. Nós estamos vendo um ecossistema de crescimento rápido construído em Software Livre e da LibreOffice Conference será uma excelente oportunidade para conhecer os membros da nossa Comunidade, desenvolvedores e hackers ", Diz Charles Schulz, membro do Comitê Diretivo da The Document Foundation e um dos organizadores da conferência deste ano. "Paris tem sido um forte apoiador do software livre e na sequência de uma fantástica festa de lançamento em 2008 de um outro evento em Paris que era o OOoCon. Então, nós estamos felizes em anunciar nossa primeira conferência que será na França."

A LibreOffice Conference abordará vários aspectos da LibreOffice, incluindo a adopção, migração, desenvolvimento e interoperabilidade.

Para facilitar, a LibreOffice Conference 2011 em Paris será em dois locais:

  • La Cantine: La Cantine é um local exclusivo para os inovadores, pesquisadores, empresários e projetos Software Livre e Open Source. La Cantine é um local de muitos projetos em andamento e inovações de TI ao redor de Paris.
  • IRILL (Free Software Research Institute): Este instituto é um laboratório de pesquisa da  French University Paris Diderot e o INRIA. Possui salas de conferência e será o local do ODF Master Class e o Marketing Track.

La Cantine:

http://conference.libreoffice.org/assets/Conference/_resampled/resizedimage162114-Logolacantine.jpghttp://conference.libreoffice.org/assets/Conference/Lacantine.jpg
Endereço: 151 rue Montmartre, Passage des Panoramas 12 Galerie Montmartre, 75002 Paris, France

IRILL:

http://conference.libreoffice.org/assets/Conference/Logoirill.png http://conference.libreoffice.org/assets/Conference/Irill.jpeg

Endereço: 23, avenue d'Italie, 75013 Paris, France

Uma relação de hoteis estarão disponíveis em breve, aguardem!

Fique atento para a abertura das inscrições e as chamadas de trabalhos

 

Chamadas de trabalhos, clique aqui ...

A programação do evento será anunciado aqui.

Para obter mais informações:
se inscreva nesta Lista de Discussão

Nos siga no Twitter e Identi.ca.

Contato:
Se você quiser saber mais sobre The Document Foundation e sobre a LibreOffice Conference 2011, os porta-vozes a seguir terão o prazer em atendê-lo:

Sites importantes:



Marketing Conference Call for June

13 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Marketing Conference Call for June will be on Wednesday, the 22nd, at 1500 UTC. More details are available in the wiki.




Future SC calls at fixed times

13 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

In order to make planning easier, future steering committee calls will be at fixed times from now on. Details are in this post on the mailing list.




ONU declara internet como um direito humano

9 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Segundo a organização, nenhum Estado tem o direito de bloquear por total o acesso à internet.

A Organiazação das Nações Unidas (ONU) publicou o Relatório do Special Rapporteur sobre a promoção e proteção do direito à liberdade de opinião e expressão na última sexta-feira, afirmando que desconectar as pessoas da internet é um crime e uma violação dos direitos humanos.

O relatório foi produzido pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU e o site Mashable afirma que foi motivado por novas leis aprovadas na França e na Inglaterra que excluem da internet infratores de direitos autorais. O relatório explica que alguns países já bloqueiam conteúdos específicos da internet para seus cidadãos e, em alguns casos, infratores foram excluídos totalmente do acesso à rede.

A ONU acredita que, seja qual for o crime cometido pela pessoa – mesmo que de violação de direitos autorais ou intelectuais – todo ser humano tem o direito de continuar com acesso a informação e, consequentemente, à internet. Violar este direito, segundo a organização, é violar o Artigo 19, parágrafo 3, do Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos (goo.gl/F61aV), de 1966. De acordo com o Artigo, todo cidadão possui direito à liberdade de expressão e de acesso à informação por qualquer tipo de veículo. O parágrafo 3 leva em consideração que pessoas que tiverem transgredido algum tipo de lei envolvendo meios de comunicação, podem sofrer restrições específicas e não totais, e apenas se as transgressões puserem em risco os direitos e reputações de outros ou a segurança nacional.

http://www.brasilescola.com/upload/e/onu(3).jpg

Além disso, o relatório ainda destaca que nenhum Estado pode interromper o acesso à internet nem mesmo em situações de crises políticas, sejam internas ou externas. A ONU ainda pede aos países que revejam suas leis contra pessoas que tiverem cometidos violações de direitos autorais ou intelectuais e as punições adotadas, para que elas não contrariem estas diretrizes.

O site da revista Wired destaca que este relatório veio a público no mesmo dia em que uma empresa de monitoramento da internet identificou que dois terços do acesso à rede na Síria está bloqueado.

O relatório completo da ONU pode está disponível em PDF, pelo link http://goo.gl/MDjS7

* fonte: Geek

Sites Oficiais da ONU:

Internacional http://www.un.org

ONU Brasil: http://www.onu-brasil.org.br

 



Call for Charlas PyConAr 2011

9 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

http://fislold.softwarelivre.org/9.0/www/files/u20/rubon0.pngPyCon Argentina 2011 – http://ar.pycon.org/2011 Tercera Conferencia Argentina de Python 23 y 24 de Septiembre de 2011 Universidad Nacional del Noroeste de la Provincia de Buenos Aires - UNNOBA Junín ( Buenos Aires )

PyAr, el Grupo de Usuarios de Python de Argentina invita a toda la comunidad de usuarios de Python y del Software Libre en general a proponer presentaciones y charlas para la Tercera Conferencia Argentina de Python que se realizará los días 23 y 24 de Septiembre de 2011, en la Universidad Nacional del Noroeste de la Provincia de Buenos Aires - UNNOBA, en la ciudad de Junín ( Buenos Aires).

En este evento nos juntaremos desarrolladores y programadores tanto principiantes como avanzados; bloggers, autores y diseñadores web; gerentes, administradores y emprendedores; científicos, ingenieros, curiosos y todo aquel que tenga ganas de acercarse a la comunidad Python en Argentina. El autor de cada charla seleccionada participará presencialmente, como orador en el evento. En los casos en que la charla sea realizada por varios autores, se permitirá un máximo de 3 oradores.

Aclaración: Por cuestiones presupuestarias, sólo se podrán financiar los pasajes y gastos, de forma total o parcial, de algunos pocos autores seleccionados. Por favor aclarar junto a la propuesta de charla si se solicita ayuda económica.

Agradecemos la contribución de todos en la difusión de este llamado y del evento en si.

Dónde enviar las Charlas

Las charlas deben ser ingresadas, previa registración en el sitio, para su aprobación en : http://ar.pycon.org/2011/conference... La fecha límite de envío de charlas es el Viernes 1 de Julio de 2011 inclusive. En caso de que necesiten hacer consultas o plantear inconvenientes, por favor contactarse a: *pyconar2011 gmail.com* o a nuestra lista de correo https://listas.usla.org.ar/cgi-bin/...

Cómo enviar las Charlas

El envío de la propuesta de charla debe tener los siguientes datos:

- Título

- Autor(es): Nombre y apellido, breve descripción de cada uno, foto, asociación, grupo de usuarios, y organismo o empresa a la que pertenece, si corresponde.

- Tiempo estimado de duración: Las charlas generalmente deberán ser de 40’. En caso de que sea mayor o menor el tiempo requerido solicitamos su justificación. Indicamos como tiempo de charla 45’ en la página ya que vamos a considerar 5 minutos como máximo para hacer el cambio de disertante y tareas de logística. Entonces, cada charla durará 40 minutos con los 5 minutos que usaremos para logística.

- Descripción de la charla: Uno o dos párrafos donde se explique el contenido de la presentación.

- Nivel objetivo de la charla: Introductorio / Intermedio / Avanzado.

- Tipo de publico: Desarrolladores avanzados, desarrolladores principiantes, empresarios, docentes, público en general.

- Conocimientos previos: Especificar que conocimientos previos deberán tener los asistentes.

- Track: stdlib, web, mobile, cloud, desktop.

- Tags: Académico, Caso de Estudio, Ciencia, Cli, Comunidad, Core, Educación, Fomento, GUI, Herramientas, Juegos, Lenguaje, Móviles, Py3k, Redes, Seguridad, Testing, Web.

- Teléfono del/los autor/es: Para poder comunicarnos.

- Ciudad de residencia del/los autor/es.

Qué formato deben tener las Presentaciones

El envío de las diapositivas y/o presentaciones debe tener alguno de los siguientes formatos:

- Openoffice.org presentation
- HTML standard
- Postscript o PDF
- Texto plano

Licencia

Debe especificarse una licencia *que permita* que PyAr distribuya el material de la charla y la charla en sí en un CD y en el sitio web de PyAr. Todas las charlas del evento van a ser filmadas. Se recomienda Creative Commons o similares.

Para más información : http://ar.pycon.org/2011

 



Se anunció la creación del Centro de Referencia en Tecnologías de la Información para la Gestión con Software Libre

9 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

La Facultad de Ciencias Económicas de la Universidad Nacional de Misiones anunció la creación del Centro de Referencia en Tecnologías de la Información para la Gestión con Software Libre (CeRTIG+SoL).

En oportunidad de la realización del 4to Festival Misionero de Sofware Libre que se lleva a cabo en la ciudad de Oberá, la Cra. Alejandra Yurkevich, decana de la Facultad de Ciencias Económicas de la UNaM anunció la creación del Centro de Referencia en Tecnologías de la Información para la Gestión con Software Libre en el ámbito de esta casa de estudios superiores.

Sustentado en la firme convicción que el Software Libre es una oportunidad de desarrollo, innovación, y generación de riqueza en las organizaciones, las que deben adaptarse desde la Gestión para afrontar los desafíos que impone la Sociedad de la Información y el Conocimiento, el CeRTIG se propone ser el centro conductor de la adopción de la Filosofía y las herramientas del Software Libre en las empresas de la región, para fortalecer su crecimiento, generar valor y desarrollo local.

Basado en el Conocimiento que posee la institución en temas relativos a la gestión empresarial, y apoyado en el trabajo interdiscipinario y colaborativo de los profesionales que forman parte de la planta de la casa de estudios, el Centro se ha propuesto como objetivos estratégicos Incentivar la integración de las TIG al proceso productivo, incrementar las capacidades tecnológicas de las PyMEs con herramientas Software Libre, potenciar la gestión empresarial con estrategias acordes a la Sociedad de la Información y constituirse en un Repositorio de Conocimiento de herramientas de Software Libre para la Gestión.

La propuesta de trabajo es el acompañamiento a las empresas de la región, apoyando su crecimiento desde la Gestión, con herramientas de Software Libre, el desarrollo del Capital Intelectual a través de la capacitación permanente de los miembros de las organizaciones; la Investigación, análisis, adaptación y conducción de la innovación de los procesos productivos y promover de la Filosofía y las Herramientas de Software Libre como motor del desarrollo empresarial.

El Centro de Referencia de Tecnologías de la Información para la Gestión con Software Libre tendrá su sede en el Campus Universitario de la Universidad Nacional de Misiones, y su dirección de contacto es certig@fce.unam.edu.ar

Fuente: Blog de Carlos Brys.

Facultad de Ciencias Económicas - Universidad Nacional de Misiones

Universidade Nacional de Misiones



Tags deste artigo: odf calc libreoffice draw iso 26300 math impress base writer tdf