Resumo semanal – 09/03/2015 a 15/03/2015

15 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda


style="display:inline-block;width:160px;height:600px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="9969442459">

Gostou do novo visual do site? Espero que sim. Mas mudando de assunto, você já sabe como fazer para instalar o AVG Free Antivírus no Ubuntu ou atualizar o núcleo do Ubuntu para o kernel 3.19.1? Pois é, se você ainda não sabe disso disso é porque perdeu essas postagens, mas não se preocupe, leia o resumo semanal do blog e se atualize.
resumo semanal
Mas você já deve saber que é possível instalar o Entangle e fotografar usando o PC? Ou já sabe o que precisa ser feito para reproduzir vídeo H.265 no Ubuntu e Arch Linux? Se ainda não sabe nada disso, confira a seguir tudo que foi postado no Blog durante essa semana e se informe sobre isso e muito mais.

Resumo semanal do Blog no peírodo de 09/03/2015 a 15/03/2015

09/03/2015

10/03/2015

11/03/2015

12/03/2015

13/03/2015

14/03/2015

Faça sua declaração do imposto de renda pessoa física no Linux

Chegou a hora de acertar as contas com o leão e o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física 2015 começou no dia 2 de março e vai até 30 de abril. Por isso, se você quer fazer sua declaração do imposto de renda pessoa física no Linux, veja alguns tutoriais mostrando como instalar o IRPF e o Receitanet no Linux.

Artigo sobre o IRPF 2015 no Linux

Para saber mais detalhes sobre a declaração do imposto de renda pessoa física, acesse esse tutorial que fiz no TechTudo.

Ubuntu 14.10

O Ubuntu 14.10 já está disponível para download e se você quiser baixar a nova versão do Ubuntu, acesse os links nessa postagem.

Como gravar a imagem ISO do Ubuntu 14.10

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal

Como atualizar do 14.04 para o 14.10

Quem precisar atualizar do 14.04 para o 14.10, basta seguir esses tutoriais:
Desktop
Como atualizar o Ubuntu Desktop da versão 14.04 para a 14.10
Como atualizar o Ubuntu Server para uma nova versão

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Para quem acabou de mudar para o Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas na últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04

Para quem ainda está no Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas nas últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04


Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Resumo semanal – 09/03/2015 a 15/03/2015

15 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda


style="display:inline-block;width:160px;height:600px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="9969442459">

Gostou do novo visual do site? Espero que sim. Mas mudando de assunto, você já sabe como fazer para instalar o AVG Free Antivírus no Ubuntu ou atualizar o núcleo do Ubuntu para o kernel 3.19.1? Pois é, se você ainda não sabe disso disso é porque perdeu essas postagens, mas não se preocupe, leia o resumo semanal do blog e se atualize.
resumo semanal
Mas você já deve saber que é possível instalar o Entangle e fotografar usando o PC? Ou já sabe o que precisa ser feito para reproduzir vídeo H.265 no Ubuntu e Arch Linux? Se ainda não sabe nada disso, confira a seguir tudo que foi postado no Blog durante essa semana e se informe sobre isso e muito mais.

Resumo semanal do Blog no peírodo de 09/03/2015 a 15/03/2015

09/03/2015

10/03/2015

11/03/2015

12/03/2015

13/03/2015

14/03/2015

Faça sua declaração do imposto de renda pessoa física no Linux

Chegou a hora de acertar as contas com o leão e o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física 2015 começou no dia 2 de março e vai até 30 de abril. Por isso, se você quer fazer sua declaração do imposto de renda pessoa física no Linux, veja alguns tutoriais mostrando como instalar o IRPF e o Receitanet no Linux.

Artigo sobre o IRPF 2015 no Linux

Para saber mais detalhes sobre a declaração do imposto de renda pessoa física, acesse esse tutorial que fiz no TechTudo.

Ubuntu 14.10

O Ubuntu 14.10 já está disponível para download e se você quiser baixar a nova versão do Ubuntu, acesse os links nessa postagem.

Como gravar a imagem ISO do Ubuntu 14.10

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal

Como atualizar do 14.04 para o 14.10

Quem precisar atualizar do 14.04 para o 14.10, basta seguir esses tutoriais:
Desktop
Como atualizar o Ubuntu Desktop da versão 14.04 para a 14.10
Como atualizar o Ubuntu Server para uma nova versão

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Para quem acabou de mudar para o Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas na últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04

Para quem ainda está no Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas nas últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04


Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como carregar iPhone ou iPad rapidamente via USB no Ubuntu com o iPad Charge

14 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você vive deixando o seu iPad plugado na USB do PC e ele não carrega a bateria ou carrega lentamente, experimente instalar o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente.
carregar iPhone ou iPad
iPad Charge é uma alternativa Linux para o utilitário do Windows ASUS Ai Charger, que permite carregar o seu iPad a partir de portas USB que normalmente não oferecem energia suficiente para carregar corretamente o tablet. A ferramenta também pode acelerar o carregamento via portas USB padrão do iPhone e iPod.

Isto é bastante útil para carregar rapidamente o seu iPad em portas USB que não fornecem energia suficiente e ainda fazem o aparelho exibir a “Not Charging” (Não está carregando) ao lado do ícone da bateria. Quando esta mensagem é exibida, o dispositivo na verdade está carregando, mas muito lentamente. No entanto, usando o iPad Charge, o dispositivo deverá carregar muito mais rápido e, como resultado, a mensagem não será exibida.

Esse aplicativo também deve tornar o carregamento de iPhones e iPods mais rápido usando as portas USB padrão. No momento, ele é compatível com os seguintes dispositivos: iPad, iPad2, iPad3, iPad4, iPad Mini, iPod Touch 2G, iPod Touch 3G, iPod Touch 4G, iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S e iPhone 5.

Conheça Melhor o iPad Charge

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Instalando o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad ou iPod rapidamente via USB no Ubuntu

Para instalar o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente no Ubuntu, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Adicione o repositório do aplicativo com o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:nilarimogard/webupd8

Passo 3. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Para instalar a atualização, use este comando:

sudo apt-get install ipad-charge

Usando o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente via USB no Ubuntu

O iPad Charge é usado automaticamente quando você conectar um iPhone, iPad ou iPod via USB para que você não precise fazer mais nada.
Mas se o programa não funcionar de imediato, pode ser necessário reiniciar os sistema depois de instalá-lo. Para evitar a reinicialização, você pode simplesmente execute o comando abaixo para permitir que o seu gadget seja carregado via USB:

ipad_charge

Você pode desativar o carregamento do iPhone ou iPad via USB usando o seguinte comando:

ipad_charge --off

Para mais informações sobre a utilização do programa, execute esse comando:

ipad_charge --help

Desinstalando o iPad Charge no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o iPad Charge no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove ipad-charge

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como carregar iPhone ou iPad rapidamente via USB no Ubuntu com o iPad Charge

14 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você vive deixando o seu iPad plugado na USB do PC e ele não carrega a bateria ou carrega lentamente, experimente instalar o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente.
carregar iPhone ou iPad
iPad Charge é uma alternativa Linux para o utilitário do Windows ASUS Ai Charger, que permite carregar o seu iPad a partir de portas USB que normalmente não oferecem energia suficiente para carregar corretamente o tablet. A ferramenta também pode acelerar o carregamento via portas USB padrão do iPhone e iPod.

Isto é bastante útil para carregar rapidamente o seu iPad em portas USB que não fornecem energia suficiente e ainda fazem o aparelho exibir a “Not Charging” (Não está carregando) ao lado do ícone da bateria. Quando esta mensagem é exibida, o dispositivo na verdade está carregando, mas muito lentamente. No entanto, usando o iPad Charge, o dispositivo deverá carregar muito mais rápido e, como resultado, a mensagem não será exibida.

Esse aplicativo também deve tornar o carregamento de iPhones e iPods mais rápido usando as portas USB padrão. No momento, ele é compatível com os seguintes dispositivos: iPad, iPad2, iPad3, iPad4, iPad Mini, iPod Touch 2G, iPod Touch 3G, iPod Touch 4G, iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S e iPhone 5.

Conheça Melhor o iPad Charge

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Instalando o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad ou iPod rapidamente via USB no Ubuntu

Para instalar o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente no Ubuntu, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Adicione o repositório do aplicativo com o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:nilarimogard/webupd8

Passo 3. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Para instalar a atualização, use este comando:

sudo apt-get install ipad-charge

Usando o iPad Charge para carregar iPhone ou iPad rapidamente via USB no Ubuntu

O iPad Charge é usado automaticamente quando você conectar um iPhone, iPad ou iPod via USB para que você não precise fazer mais nada.
Mas se o programa não funcionar de imediato, pode ser necessário reiniciar os sistema depois de instalá-lo. Para evitar a reinicialização, você pode simplesmente execute o comando abaixo para permitir que o seu gadget seja carregado via USB:

ipad_charge

Você pode desativar o carregamento do iPhone ou iPad via USB usando o seguinte comando:

ipad_charge --off

Para mais informações sobre a utilização do programa, execute esse comando:

ipad_charge --help

Desinstalando o iPad Charge no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o iPad Charge no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove ipad-charge

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nem todo mundo gosta de atalhos no desktop, por isso, esse tutorial mostrará como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4.
remover ícones de atalho da área de trabalho
O Xfce é uma ótima opção para quem gosta do Gnome mas quer um ambiente gráfico mais leve. Ele é baseado na bibilioteca GTK+ (a mesma do Gnome) e tem uma interface muito leve mesmo, podendo rodar com um bom desempenho em PCs com pouca memória.

Por padrão o Xfce4 mostra os ícones da pasta pessoal, dispositivos e da lixeira na área de trabalho. Você não pode simplesmente removê-los a partir do menu de contexto do botão direito. Mas é fácil de esconder ou desativá-los usando as configurações do desktop XFCE, como será mostrado a seguir.

Conheça melhor o ambiente Xfce

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4

Para remover ícones de atalho da área de trabalho em (X)Ubuntu/XFCE4, faça o seguinte:
Passo 1. Clique com o botão direito do mouse na área de trabalho e no menu que aparece, selecione a opção “Configurações da área de trabalho…”;
Passo 2. Em “Configurações da área de trabalho…”, clique na aba “Ícones”;tela1
Passo 3. Desmarque todas as caixas sob “Icones padrão”;
Passo 4. Se você quiser esconder todos os ícones da área de trabalho além de remover atalhos de aplicativos da pasta ~/Desktops, basta definir o campo “Tipo de ícone” para “Nenhum”. Observe que isso também muda o menu do botão direito do desktop.
tela2

Pronto! Agora sua área de trabalho do Xfce está do jeito que você realmente quer.

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nem todo mundo gosta de atalhos no desktop, por isso, esse tutorial mostrará como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4.
remover ícones de atalho da área de trabalho
O Xfce é uma ótima opção para quem gosta do Gnome mas quer um ambiente gráfico mais leve. Ele é baseado na bibilioteca GTK+ (a mesma do Gnome) e tem uma interface muito leve mesmo, podendo rodar com um bom desempenho em PCs com pouca memória.

Por padrão o Xfce4 mostra os ícones da pasta pessoal, dispositivos e da lixeira na área de trabalho. Você não pode simplesmente removê-los a partir do menu de contexto do botão direito. Mas é fácil de esconder ou desativá-los usando as configurações do desktop XFCE, como será mostrado a seguir.

Conheça melhor o ambiente Xfce

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Como remover ícones de atalho da área de trabalho no XFCE4

Para remover ícones de atalho da área de trabalho em (X)Ubuntu/XFCE4, faça o seguinte:
Passo 1. Clique com o botão direito do mouse na área de trabalho e no menu que aparece, selecione a opção “Configurações da área de trabalho…”;
Passo 2. Em “Configurações da área de trabalho…”, clique na aba “Ícones”;tela1
Passo 3. Desmarque todas as caixas sob “Icones padrão”;
Passo 4. Se você quiser esconder todos os ícones da área de trabalho além de remover atalhos de aplicativos da pasta ~/Desktops, basta definir o campo “Tipo de ícone” para “Nenhum”. Observe que isso também muda o menu do botão direito do desktop.
tela2

Pronto! Agora sua área de trabalho do Xfce está do jeito que você realmente quer.

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Chamadas de voz e vídeo através da Internet: instalando o Skype no Ubuntu

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você precisa utilizar o Skype no Ubuntu, veja aqui como instalar veja com instalar ele pelo modo tradicional, a partir de um repositório e baixando diretamente do site.
skype
Skype permite que as pessoas se comuniquem uns com os outros através de mensagens, chamadas de voz e videochamadas através da Internet. Ele também oferece serviços para chamadas telefônicas nas redes de telefonia. O programa está se tornando cada dia mais popular entre os usuários por conta de suas características adicionais, como compartilhamento de arquivos, compartilhamento de tela, videoconferência. Para completar, todo mundo pode fazer chamadas gratuitamente na rede Skype, não há limites para isso, pois o serviço só cobra quando são feitas ligações para telefones fixos e celulares.

Conheça melhor o Skype

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link

Como instalar o Skype no Ubuntu 14.04 a partir de um repositório

Para instalar o Skype no Ubuntu 14.04 e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal, usando o Dash ou pressionando as teclas Ctrl+Alt+T;
Passo 2. Se ainda não tiver o repositório de parceiros da Canonical, adicione ele com o comando:

sudo add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ $(lsb_release -sc) partner"

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install skype

Passo 5. Se tiver problemas com dependências do programa, instale elas com esse comando:

sudo apt-get -f install

Instalando diretamente o Skype no Ubuntu e derivados

Para instalar diretamente o Skype no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal, usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T;
Passo 2. Baixe o pacote de instalação com esse comando:

wget -O skype.deb http://download.skype.com/linux/skype-ubuntu-precise_4.2.0.13-1_i386.deb

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para adicionar o suporte a arquitetura de 32 bits e depois tentes novamente:

sudo dpkg --add-architecture i386

Passo 5. Instale esses pacotes para evitar erros na instalação em um sistema de 64-bits;

sudo apt-get install gtk2-engines-murrine:i386 gtk2-engines-pixbuf:i386 sni-qt:i386

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i skype.deb

Passo 7. Use esse comando para instalar as dependências do programa:

sudo apt-get -f install

Uma vez instalado, abra o programa clicando no Dash e digitando:skype

Veja também:

Integre o Skype com o ambiente Unity usando o Skype Wrapper
Lançado Viber para Linux – Instale esse popular IM / VoIP App

Via NoobsLab

Entenda melhor essa história

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Chamadas de voz e vídeo através da Internet: instalando o Skype no Ubuntu

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você precisa utilizar o Skype no Ubuntu, veja aqui como instalar veja com instalar ele pelo modo tradicional, a partir de um repositório e baixando diretamente do site.
skype
Skype permite que as pessoas se comuniquem uns com os outros através de mensagens, chamadas de voz e videochamadas através da Internet. Ele também oferece serviços para chamadas telefônicas nas redes de telefonia. O programa está se tornando cada dia mais popular entre os usuários por conta de suas características adicionais, como compartilhamento de arquivos, compartilhamento de tela, videoconferência. Para completar, todo mundo pode fazer chamadas gratuitamente na rede Skype, não há limites para isso, pois o serviço só cobra quando são feitas ligações para telefones fixos e celulares.

Conheça melhor o Skype

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link

Como instalar o Skype no Ubuntu 14.04 a partir de um repositório

Para instalar o Skype no Ubuntu 14.04 e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal, usando o Dash ou pressionando as teclas Ctrl+Alt+T;
Passo 2. Se ainda não tiver o repositório de parceiros da Canonical, adicione ele com o comando:

sudo add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ $(lsb_release -sc) partner"

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install skype

Passo 5. Se tiver problemas com dependências do programa, instale elas com esse comando:

sudo apt-get -f install

Instalando diretamente o Skype no Ubuntu e derivados

Para instalar diretamente o Skype no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal, usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T;
Passo 2. Baixe o pacote de instalação com esse comando:

wget -O skype.deb http://download.skype.com/linux/skype-ubuntu-precise_4.2.0.13-1_i386.deb

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para adicionar o suporte a arquitetura de 32 bits e depois tentes novamente:

sudo dpkg --add-architecture i386

Passo 5. Instale esses pacotes para evitar erros na instalação em um sistema de 64-bits;

sudo apt-get install gtk2-engines-murrine:i386 gtk2-engines-pixbuf:i386 sni-qt:i386

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i skype.deb

Passo 7. Use esse comando para instalar as dependências do programa:

sudo apt-get -f install

Uma vez instalado, abra o programa clicando no Dash e digitando:skype

Veja também:

Integre o Skype com o ambiente Unity usando o Skype Wrapper
Lançado Viber para Linux – Instale esse popular IM / VoIP App

Via NoobsLab

Entenda melhor essa história

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como instalar o jogo Unvanquished Alpha 37 no Ubuntu, Debian e derivados

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foi lançada recentemente o jogo Unvanquished Alpha 37. Se você quiser experimentar esse game, veja aqui como instalar ele no Ubuntu, Debian e derivados.
Unvanquished Alpha 37
Esse é um jogo de tiro em primeira pessoa (com base no bom e velho Tremulous), combinado com elementos de estratégia em tempo real e um sci-fi. Além de ser um jogo de código aberto, ele tem uma trama de ficção científica e é atualizado em uma base constante. Assim, a cada nova versão ele traz mais e mais recursos, e claro, essa versão atual não é diferente.

Conheça melhor o jogo Unvanquished

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.
Para mais informações sobre esta versão, consulte o changelog oficial.

Como instalar o jogo Unvanquished Alpha 37 no Ubuntu e seus derivados

Para instalar esse jogo no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se você estiver usando o Ubuntu 14.04, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://debs.unvanquished.net trusty main" >> /etc/apt/sources.list.d/unvanquished.list'

Passo 3. Se você estiver usando o Ubuntu 14.10, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://debs.unvanquished.net utopic main" >> /etc/apt/sources.list.d/unvanquished.list'

Passo 4. Baixe a chave do repositório;

wget http://debs.unvanquished.net/unvanquished-archive-key.gpg.asc

Passo 5. Adicione a chave do repositório;

sudo apt-key add unvanquished-archive-key.gpg.asc

Passo 6. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 7. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install unvanquished

Como instalar o jogo Unvanquished Alpha 37 no Debian Sid, Jessie, Wheezy e seus derivados

Para instalar esse jogo no Debian Sid, Jessie, Wheezy e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se você estiver usando o Debian Sid, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://debs.unvanquished.net sid main" >> /etc/apt/sources.list.d/unvanquished.list'

Passo 3. Se você estiver usando o Debian Jessie, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://debs.unvanquished.net jessie main" >> /etc/apt/sources.list.d/unvanquished.list'

Passo 4. Se você estiver usando o Debian Wheezy, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo sh -c 'echo "deb http://debs.unvanquished.net wheezy main" >> /etc/apt/sources.list.d/unvanquished.list'

Passo 5. Baixe a chave do repositório;

wget http://debs.unvanquished.net/unvanquished-archive-key.gpg.asc

Passo 6. Adicione a chave do repositório;

sudo apt-key add unvanquished-archive-key.gpg.asc

Passo 7. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 8. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install unvanquished

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o jogo, digite unvanquished no terminal, seguido da tecla TAB.

Desinstalando o jogo Unvanquished Alpha 37 no Ubuntu e derivados

Para desinstalar esse jogo no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove unvanquished

Via Linux Geeksters

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como instalar o editor de tags EasyTAG no Ubuntu

13 de Março de 2015, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você estava a procura de um editor de tags para por ordem em seus áudio, veja como instalar o editor de tags EasyTAG no Ubuntu e resolva seu problema.
editor de tags easytag
EasyTag é uma ferramenta para visualização e edição de tags para os seguintes formatos: MP3, MP2, MP4/AAC, FLAC, Ogg Opus, Ogg Speex, Ogg Vorbis, MusePack, Monkey’s Audio e arquivos WavPack. Ele funciona tanto em Linux e Windows, e tem uma interface simples e intuitiva, escrita em GTK2.

O programa suporta CDDB usando Freedb.org e servidores Gnudb.org (busca manual e automática). Nele você pode editar os campos tag de título, artista, álbum, número do disco, ano, número da faixa, comentário, compositor, artista original, copyright, a URL, nome do encoder e imagem anexada.

Conheça melhor o editor de tags EasyTAG

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o editor de tags EasyTAG no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o editor de tags EasyTAG no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:amigadave/ppa

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install easytag

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite easytag no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Desinstalando o editor de tags EasyTAG no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o editor de tags EasyTAG no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove easytag

Via LinuxGeek

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é um grande fã de tecnologia, desde sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes e programação, sendo que ultimamente também se tornou adepto dos produtos da maçã. Analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia. Nas horas livres, é mantenedor do blog www.edivaldobrito.com.br.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br

Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

blog comments powered by

This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.