Fábio Nogueira: HackingDay Salvador – Para hackear, aprender e FAZER!

9 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Domingo é dia de cachimbo e de HackingDay em Salvador!

O que é HackingDay?

HackingDay é um dia dedicado a solução de um bug ou implementação de uma feature em um projeto de SL, usando a metodologia Coding Dojo, onde todos aprendem, mas o objetivo central é contribuir com um projeto e solucionar um problema do mundo real.

Como é que funciona?

Nos reunimos em uma sala, com wireless para notebooks e computadores extra, para quem não puder levar o seu. Conversaremos e apresentaremos ideias com o auxílio de um projetor, que se tornará a tela principal quando começarmos a hackear. O evento é transmitido via Hangout e a prioridade da participação é dada a desenvolvedores.

No primeiro momento os tickets (bugs ou features) disponíveis serão apresentados, defendidos e numa rápida votação schulze definiremos qual será trabalhado.

Antes do Dojo começar o(s) conhecedor(es) do projeto, do problema e/ou das tecnologias relacionadas explanam sobre o caso e sobre a metodologia mais apropriada para a solução.

O Coding Dojo corre como de costume.

Com a conclusão da solução um patch deve ser enviado ao projeto up-stream, em nome do coletivo, diante do grupo, para que todos tenham completa compreensão do processo. No encontro seguinte esse patch pode e deve ser re-trabalhado no caso de ter sido rejeitado pelo projeto.

Quando? Onde?

O HackingDay será neste domingo 11/11/2012, das 13:30 às 19:00 na sede da COLIVRE, que fica na Rua Marechal Floriano, nº 28, Ed. Norma Camozzato, sala 301, Canela, Salvador-BA.

Paga quanto? É preciso se inscrever?

É de grátis! E não precisa de inscrição… basta aparecer! ;)

Não se esqueçam também que no sábado 10/11/2012, das 14:00 às 16:00 na Faculdade AREA1 (também em Salvador), vai rolar o Coding Dojo da AREA1! Saiba mais, visitando a página do evento no Facebook.

Até a próxima!

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Lucas Rocha: Almost like a phone, more like a tablet

7 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Designing apps for 7-inch devices can be a bit tricky due to the fuzzy nature of this form-factor. The Nexus 7 gave a big boost on the “small tablet” market for Android so it’s important to design your apps with these devices in mind.

What’s is unique about the Nexus 7 form-factor is that it behaves quite differently in each orientation. Yes, the same could be said about 10-inch tablets and phones, of course. But they still generally provide a “lot of space” and “not much space”, respectively, in both landscape and portrait.

On the other hand, the Nexus 7 behaves “almost” like a phone in portrait and “more like” a tablet in landscape. Therefore, UIs for 7-inch devices will likely end up blending elements from both phone and 10-inch tablet layouts.

Click to see full image

For example, in Pattrn, the UI for 7-inch devices blends the flat list of patterns from phones with the sidebar from 10-inch tablets when in portrait mode; while in landscape it uses the sidebar and a two-column grid, which is more like the 10-inch tablet UI. Also, on 7-inch tablets, the search entry is iconified by default in portrait and expanded by default in landscape to maintain visual balance in each orientation.

Click to see full image

Firefox for Android is another example of this blend. Firefox’s UI for 7-inch devices adopts the more powerful toolbar with forward/back buttons from 10-inch tablets but uses the same vertical fly-in tabs tray from phones.

Designing for 7-inch tablets is about finding the perfect blend between the phone and the larger tablet UIs.



Lucas Rocha: Snappier Awesome Screen and Start Page

5 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

As part of my effort to make the Firefox for Android smoother, I’ve spent the last week or so improving the performance of the Start Page and the Awesome Screen. So, what’s the issue I’m trying fix here? In one word: latency.

Our telemetry data shows that Firefox for Android is taking several seconds—up to 10!—to show the top sites in the Start Page. This means our users are staring at a blank page for several seconds on startup. We’ve been getting similar reports about the time to show the initial list of sites on the Awesome Screen. Both the Start Page and Awesome Screen use the same frecency query.

After some investigation, it seems that one of the main reasons for the frecency query to be so slow right now is that we fetch images (favicons or thumbnails) in the query itself. i.e. we’re reading lots of binary blobs from the disk as part of the query. This can be very slow on mobile devices—especially with thumbnails which are much larger images than favicons.

To address that, I’ve recently landed patches that change the Start Page and the Awesome Screen to first fetch the list of sites (URL and title) then load their respective images asynchronously. So, how much faster did they get?

The results of my local (non-scientific) benchmarks look very promising! With these patches, the Start Page takes about 33% less time to show top sites and the Awesome Screen takes 36% less time to show the initial list of sites—in a medium-size history and bookmarks database.

The corresponding telemetry data is already trending towards saner performance results but I’ll have to wait for a larger data sample from users on the latest Nightly to see how much we’re actually improving. I’m keen to hear how much difference these patches made on your Nightly experience. Feedback is welcome!



Fábio Nogueira: André Gondim: Saudades eternas!

3 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo esta dor se aquieta,
se transforma em silêncio que espera, pelos braços da vida um dia reencontrar.

(Pe. Fábio de Melo)

Um ano após a sua partida, todos sentem muito a sua falta. André Gondim, você estará sempre em nossos corações.

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: Onde está a tela de bloqueio no meu Ubuntu 12.10?

2 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Instalou o Ubuntu 12.10, em seguida realizou a instalação do GNOME-Shell e ao tentar ativar a tela de bloqueio (Ctrl + Alt+ L) do GNOME Shell a mesmo não apareceu?

Seus problemas acabaram!

Basta utilizar o GDM como gerenciador de sessão ao invés do LightDM que vem por padrão no Ubuntu. ;) Para isso, abra o terminal e execute o seguinte comando:

sudo dpkg-reconfigure gdm

Clique em OK e em seguida selecione o GDM como o gerenciador de sessão. Caso queira retornar para o LightDM, basta rodar o comando novamente e escolher o mesmo para ser o padrão no seu sistema. Não se esqueça de reiniciar o sistema!

Pronto! Agora você pode também habilitar as notificações na tela de bloqueio do seu GNOME Shell.

Até a próxima!

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: Festa de lançamento do Ubuntu 12.10 – Recife/PE

2 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Atenção Recife! Dia 10 de novembro de 2012, acontecerá a festa de lançamento do Ubuntu 12.10 Quantal Quetzal com palestras, oficinas, sorteio de brindes e muito mais.

 

O evento, que já faz parte do calendário de tecnologia do Recife, entra na sua décima edição em Pernambuco. Uma ótima oportunidade para estudantes e profissionais que procuraram conhecer programas livres e como reduzir custos com segurança. As Oficinas demonstram cases de sucesso, programas e soluções que podem ser aplicadas todos os dias.

 Detalhes do evento:

  • Data: 10/11/2012 – 13h às 17h
  • Local: Faculdade Nova Roma – Estrada do Bongi, 425 B Afogados – Recife/PE
  • Oficinas:
    • Ubuntu Games
    • Google Android
    • Tecnologia Hackers
    • Computação gráfica com Blender
    • Etc…
  • Palestras:
    • 9 anos do Ubuntu no mundo – Carlo Seixas, UCI, Fuctura
    • Gerenciamento empresarial com o Software Livre – Glauber Alexandre
    • Programando para Google Android
    • Tecnologias em Python
    • Etc…

Acesse a página do evento para conhecer mais sobre as palestras e oficinas, além de aproveitar para realizar a sua inscrição! Observação: As palestras e oficinas são gratuitas! :)

Bom evento e até a próxima!

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: GNOME Shell: Como habilitar as notificações na tela de bloqueio

1 de Novembro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O GNOME Shell 3.6 tem uma característica interessante que permite que as notificações sejam exibidas na tela de bloqueio. Observe a imagem recém capturada abaixo:

Clique para ampliar

 

No Ubuntu 12.10 (ou se você tiver instalado o GNOME Shell manualmente ou usando o Ubuntu GNOME Remix 12,10), as notificações na tela de bloqueio estarão desligadas por padrão, uma vez que o Ubuntu usa Configurações do Sistema versão 3.4 ao invés da 3.6, a opção de ligar as notificações está ausente. Então aqui vai uma dica rápida sobre como ativá-la. Abra o terminal e copie / cole o seguinte comando:

gsettings set org.gnome.desktop.screensaver show-notifications true

Isso também pode ser feito usando dconf-editor, clicando em org > gnome > desktopscreensaver e habilitando a opção “show-notifications”.

Depois de ativar esta opção, você terá os controles do tocador de música e o número de notificações não lidas (e-mails, chats, etc…) na tela de bloqueio do GNOME Shell (como você pode ver na imagem acima)

Se quiser desabilitar as notificações, execute o seguinte comando no terminal:

gsettings set org.gnome.desktop.screensaver show-notifications false

Estas instruções devem trabalhar com qualquer distribuição Linux rodando GNOME Shell 3.6 ou mais recente.

Obs.: Este texto foi traduzido do site WEB UPD8.

Até a próxima!

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: Palavras-chave no GNOME Shell

31 de Outubro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Ainda hoje comentei com alguns amigos como seria bom se a procura por aplicativos no GNOME Shell fosse mais dinâmica ou quem sabe, a utilização de palavras-chave para separar os aplicativos pela sua classificação ou grupo facilitaria a vida dos amantes do GNOME. Atualmente temos que pesquisar pelo nome do aplicativo e não nos seus comentários e/ou descrição, salvo em alguns aplicativos (Ex.: Firefox). Não posso esquecer que às vezes temos que saber o nome do aplicativo em inglês. ;)

Boas notícias estão por vir! O Matthias Clasen enviou uma bela proposta para a versão futura do GNOME, a versão 3.8: Palavras-chave nos arquivos .desktop. Desta forma a busca por aplicativos será bem mais funcional!

Essa proposta pode ser feita manualmente hoje, já que o Alacarte (Menu principal do GNOME) não tem a opção de adicionar palavras-chave na sua edição. O processo é simples, porém requer um certo cuidado no manuseio dos arquivos:

  • Os arquivos .desktop podem ser encontrados nos seguintes caminhos:
    1. Todo o sistema: /usr/share/applications ou /usr/local/share/applications
    2. Sessão do usuário: ~/.local/share/applications
  • Exemplo do arquivo opera-browser.desktop, já com a linha Keywords:
[Desktop Entry]
Type=Application
Version=1.0
Name=Opera
GenericName=Web browser
Keywords=Internet;WWW;Browser;Web;Explorer;Navegador
Comment=Fast and secure web browser and Internet suite
Icon=opera-browser
TryExec=/usr/bin/opera
Exec=/usr/bin/opera %U
Terminal=false ...

Editando o arquivo, acrescentando a linha acima com as mesmas palavras-chave também nos arquivos .desktop do Firefox e Google Chrome, ao chamar WWW no GNOME Shell, será apresentada a seguinte tela:

 

 

Enquanto o GNOME 3.8 não chega, dê asas à imaginação e otimize suas pesquisas por aplicativos no GNOME Shell. ;)

Até a próxima!

Obs.: Vale também para o Unity. :)

Fonte: World of GNOME

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: De olhos nos Planetas!

26 de Outubro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Planetas? Sim! Nada mais, nada menos que um agregador de blogs sobre um determinado tema. Neste caso apresentarei os maiores e melhores Planetas sobre o universo do Linux, Software Livre e afins (Em Português do Brasil).

Planeta Ubuntu Brasil — O maior agregador de blogs em português sobre o Ubuntu Linux! No ar desde 2006 e com a finalidade de agregar em um único local na Internet uma grande quantidade de informações diariamente disponibilizadas em blog’s de usuários da distribuição Ubuntu Linux, este Planeta divulga dicas, macetes, avaliações, opiniões e todo o tipo de informações relacionadas ao Software Livre, Open Source, Linux e, obviamente Ubuntu! Você também encontra o Planeta Ubuntu Brasil no Facebook, Twitter, Google Plus e Identi.ca.

 

Planeta GNU/Linux Brasil — Sua fonte de notícias sobre Software Livre. Assim como o Planeta Ubuntu Brasil, Planeta GNU/Linux Brasil foi fundado em 2006 pelo Og Maciel. O Planeta nasceu da necessidade de se haver um agregador de blogs de pessoas envolvidas no movimento de Software Livre sem as regras que outros Planetas utilizam para filtrar o conteúdo que é publicado. O Planeta GNU/Linux Brasil está também no Twitter e Identi.ca.

 

Planeta GNOME Brasil – Quer saber o que se passa na cabeça dos membros do GNOME Brasil? Este é lugar certo! Um Planeta sobre o trabalho e a vida de quem gosta e faz parte deste maravilhoso ambiente de trabalho livre. Conheça mais do GNOME Brasil visitando o site do projeto ou nas redes sociais: Twitter e Identi.ca.

 

Mozilla Brasil — Um grupo de pessoas interessadas em contribuir com a missão da Mozilla aqui no Brasil, sem a pretensão de representar a Fundação ou a Corporação Mozilla. Uma comunidade de entusiastas alinhados com os valores do projeto e tentando levar estes valores de abertura, liberdade e inovação adiante. Gosta dos “produtos” da Mozilla? Seja bem vindo ao espaço ideal para quem curte e quer contribuir. ;) Siga a comunidade no Twitter e Facebook.

 

Planeta Arch Linux Brasil – Arch Linux é uma distribuição Linux focada na simplicidade, na elegância do código e que preza nos detalhes. Como seu sistema é atualizado continuamente, você terá sempre acesso as mais novas versões dos programas. Conheça o seu Planeta, com blogs dos usuários que utilizam a distribuição e estão dispostos a ajudar todos aqueles que queiram conhecer mais um pouco do Arch Linux.

 

Fedora Brasil – O Fedora representa um conjunto de projetos patrocinados pela Red Hat e direcionados pelo Projeto Fedora. Estes projetos são desenvolvidos por uma imensa comunidade internacional de pessoas focadas em prover e manter as melhores iniciativas através dos padrões livres do software de fonte aberta. O Projeto Fedora Brasil nasceu da necessidade crescente em promover o sistema operacional Fedora em território nacional brasileiro. Conheça o trabalho desta equipe, acessando as notícias, dicas e novidades através desta página. ;)

 

Planeta Debian Brasil – Mesmo dispensando apresentações, Debian é uma distribuição Linux não comercial livre, gratuita e de código aberto, amplamente utilizada. Uma ‘distribuição pai’ de muitas outras distribuições, inclusive do tão querido Ubuntu. Apresento então o Planeta Debian Brasil! Nele você encontrará autores comprometidos com a comunidade e principalmente com a sua filosofia. Acesse também o Planeta no twitter.

 

Agora é só ficar antenado com as notícias, dicas e informações em cada um dos Planetas. Quer indicar algum outro que ficou fora da lista? Deixe o seu nos comentários deste post.

Até a próxima!!

 

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare



Fábio Nogueira: O que fazer ANTES de instalar o Ubuntu 12.10 …

22 de Outubro de 2012, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

… Ubuntu GNOME Remix, Debian, Fedora, etc…

Todo lançamento de uma nova versão do Ubuntu ou outra qualquer distribuição Linux é isso: – “Não consigo fazer isso, aquilo deixou de funcionar, aquilo outro não aparecia desta forma” e inúmeras outras reclamações. Mas antes de acharmos que o problema está na sua distribuição favorita, que tal realizar simples testes capazes de detectar a integridade dos arquivos numa imagem .iso ou até mesmo num CD depois de gravado?

Tudo é bem simples! O MD5 é um algoritmo de hash que confere bit a bit, neste caso, a imagem linux baixada da internet se está igual integralmente a do servidor através do programa nativo no Ubuntu chamado md5sum.

Vamos lá! Ao acessar o site do Ubuntu para baixar a imagem do Ubuntu 12.10 (Quantal Quetzal) em http://releases.ubuntu.com/quantal/,  encontramos logo de cara o arquivo MD5SUMS. Nele encontramos as seguintes informações:

7b7c56c74008da7d97bd49669c8a045d *ubuntu-12.10-desktop-amd64+mac.iso
7ad57cadae955bd04019389d4b9c1dcb *ubuntu-12.10-desktop-amd64.iso
3af0638f69d15d61d813d14fddc9df6e *ubuntu-12.10-desktop-armhf+omap4.img
b4191c1d1d6fdf358c154f8bf86b97dd *ubuntu-12.10-desktop-i386.iso
b8a4d9513ed53dc1be05576113b113e8 *ubuntu-12.10-server-amd64+mac.iso
4bd3270bde86d7e4e017e3847a4af485 *ubuntu-12.10-server-amd64.iso
deff0609a5cc77a726e1499e9b44d98f *ubuntu-12.10-server-armhf+omap4.img
b3d4d4edfc8f291af0b83f8a2ba19a2f *ubuntu-12.10-server-i386.iso
158b9a18d6743635f575a910de7c0033 *ubuntu-12.10-wubi-amd64.tar.xz
b8a5ef566ed2c52963caed873d56054c *ubuntu-12.10-wubi-i386.tar.xz
1c14e2d8828a45d9d660781cd820e6e1 *wubi.exe

Podemos ver o MD5 de cada imagem e arquivo da lista. Agora é hora de comprovar a integridade dos seus arquivos:

1. Depois de realizar o download da imagem do Ubuntu 12.10 (Quantal Quetzal), é hora de saber qual o MD5 da mesma. Para isso, abra o terminal e acesse a pasta onde se encontra a imagem baixada.

2. Dentro da pasta, execute o seguinte comando md5sum <nome do arquivo a ser verificado>. Neste caso:

$ md5sum ubuntu-12.10-desktop-i386.iso

3. Será exibida a seguinte tela:

Comparando este MD5 com o da lista anterior, podemos ver que a imagem baixada é a mesma que se encontra no servidor. Então é só queimar o DVD. ;)

Mas quem me garante que ao gravar o DVD, a imagem continue íntegra no mesmo? Isso mesmo! Durante a gravação podem haver erros e o DVD não ser gravado na íntegra, ocasionando assim erros futuros.

Para resolver, basta executar os procedimentos, agora dentro do DVD e/ou CD:

1. Antes de mais nada, na raiz de todo CD ou DVD do Ubuntu e seus derivados, o arquivo md5sum.txt disponibiliza o MD5 de todos os arquivos da imagem, agora é só realizar a verificação dos mesmos. Primeiro é só acessar pelo terminal a raiz do DVD/CD (No exemplo abaixo, utilizarei a imagem do Ubuntu GNOME Remix 12.10):

$ cd /media/Ubuntu\ GNOME\ Remix\ 12.10\ \$arch/

2. Dentro da mídia, é só executar:

$ md5sum -c md5sum.txt | grep -v ‘OK$’

3. Caso esteja tudo OK, será exibida a seguinte tela:

Agora sim! Tenho a certeza que o DVD está OK e pronto para ser instalado com sucesso.

Se mesmo assim você tiver problemas após a instalação do seu Linux, que tal executar também o memtest86+ na inicialização DVD de instalação do Ubuntu para verificar se a sua memória está 100%. Será que o seu HD não está com algum bad block? Essas dicas valem para todos e todas as distribuições. ;)

Até a próxima!

 

TwitterFacebookGoogle ReaderGoogle GmailShare