Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

Catedral, bazar e educação

29 de Novembro de 2015, 1:19 , por Vicente Aguiar - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 777 vezes
Licenciado sob CC (by)

Wikipedia_logo A convite dos queridos Nelson Pretto e Maria Helena Bonilla, mais uma artigo surgiu na maratona de conclusão do Doutorado: "Catedral, bazar e educação: uma análise do modelo aberto de aprendizagem dos hackers".

Nesse artigo, "novos horizontes de entendimento e possíveis ressignificações dos métodos tradicionais de educação são apontados, tendo como base as singularidades da experiência de trabalho e de aprendizagem dos hackers, ao longo dos processos de produção por pares na internet, mais conhecidos como 'bazar'. Para isso, de forma mais específica, analisa-se como se caracteriza um possível modelo aberto de aprendizagem que impulsiona o processo de desenvolvimento dos sistemas computacionais livres que compõem o projeto do software Gnome e dos verbetes que compõem a Wikipédia lusófona. Como resultado, são reveladas três especificidades desse modelo aberto de aprendizagem por pares presentes nessas duas comunidades online: a adoção de um método de aprendizado aberto, coletivo e descentralizado; o licenciamento de conteúdo, sem restrição de acesso por meio da utilização de  licenças livres; e, por fim, a obrigação moral de acessar, editar e compartilhar conhecimento, ou seja, um sistema de dádiva moderna que é mediado pela internet."

O mais bacana desse artigo é, que dessa vez, a gente se juntou com um time de primeira para falar sobre Movimentos colaborativos, tecnologias digitais e educação por meio de a edição 94 da Revista Em Aberto do INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, cujo foco é estimular e promover a discussão de questões atuais e relevantes da educação brasileira. Assim, espera-se que essa edução da revista  possa provocar a reflexão, o estabelecimento de vínculos, a emergência de ideias e de práticas inovadoras, contribuindo, assim, para que os processos abertos e colaborativos adentrem com mais força a educação brasileira.

Fica então a dica, pois todos os artigo, assim como a revista na íntegra, podem ser baixados tanto no site institucional da revista, como também no Site que o pessoal do GEC da UFBA hackeou (www.emabertohackeado.ufba.br) para comemorar o lançamento dessa edição da revista.  

No mais, muita gratidão pelo convite para participar dessa construção e parabéns a toda equipe do GEC pela inciativa. 


Fonte: Vicente Aguiar

1Um comentário

  • Foto do jesu minorJesulinux
    31 de Agosto de 2016, 12:54

    catedral bazar e educação

    Amigos e Amigas.

    Como faço para baixar este artigo? Pois quando clico no link abre uma revista com outros artigos.

    Saudações Livres.
    jesulinux@openmailbox.org


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

Eventos de Software Livre no Brasil