Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia
 Feed RSS

Blog do Marcelo Soares Souza

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob CC (by)

Bacharel em Informática pela Universidade Católica do Salvador (UCSal). Consultor, Desenvolvedor, técnico, tradutor e docente em tecnologias da informação e comunicação (TIC). Atuou em Programas de Inclusão e Cultura Digital do Governo Federal como Casa Brasil (ITI/CNPq), GESAC (Ministério das Comunicações) e no Pontão de Cultura Digital juntaDados.org (Universidade do Estado da Bahia). Nestes participou do desenvolvimento e customização das distribuições GNU/Linux utilizada pelo programa GESAC e juntaDados.org e realizou oficinas e palestras técnicas sobre desenvolvimento de software, planejamento e montagem de infraestrutura. Ministrou aulas no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) da Bahia nos cursos de Certificação Linux LPI-1 e Certificação Conectiva/Mandriva. Já trabalhou com infraestrutura de redes de computadores, administração de servidores, desenvolvimento e analise de sistemas, pesquisa e desenvolvimento científico, docência técnica dentre outros.

Meus Projetos: https://gitlab.com/marcelo-soares-souza


Lembre-se, lembre-se do dia cinco de novembro

2 de Novembro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

AnonymousA contagem regressiva já começou

Animação em Flash

Nós somos anónimos. Nós somos uma legião. Nós não perdoamos. Nós não nos esquecemos.



Kernel Linux 3.6.5

1 de Novembro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo Kernel Log PenguinUma nova versão estável da série 3.6 do Kernel do Linux traz 101 mudanças, destacando-se correções no subsistema USB (31 commits), arquitetura ARM (7 commits), diversas mudanças no subsistema de avaliação (staging) incluindo uma importante correção no módulo zram.

Lista de mudanças no Kernel 3.6.5
ALSA: hda - add dock support for Thinkpad T430
ALSA: hda - Fix silent headphone output from Toshiba P200
ARM: 7559/1: smp: switch away from the idmap before updating init_mm.mm_count
ARM: at91: at91sam9g10: fix SOC type detection
ARM: at91: fix external interrupts in non-DT case
ARM: at91: fix external interrupt specification in board code
ARM: at91/i2c: change id to let i2c-gpio work
ARM: at91/tc: fix typo in the DT document
ARM: SAMSUNG: Add naming of s3c64xx-spi devices
b43: Fix oops on unload when firmware not found
bcma: fix unregistration of cores
Bluetooth: SMP: Fix setting unknown auth_req bits
cfg80211/mac80211: avoid state mishmash on deauth
cpufreq / powernow-k8: Remove usage of smp_processor_id() in preemptible code
dmaengine: imx-dma: fix missing unlock on error in imxdma_xfer_desc()
dmaengine: sirf: fix a typo in dma_prep_interleaved
dmaengine: sirf: fix a typo in moving running dma_desc to active queue
Drivers: hv: Cleanup error handling in vmbus_open()
drivers/rtc/rtc-imxdi.c: add missing spin lock initialization
drm/radeon: add error output if VM CS fails on cayman
drm/radeon: add some new SI PCI ids
efi: Defer freeing boot services memory until after ACPI init
ehci: Add yet-another Lucid nohandoff pci quirk
ehci: fix Lucid nohandoff pci quirk to be more generic with BIOS versions
extcon: Unregister compat class at module unload to fix oops
extcon: unregister compat link on cleanup
freezer: exec should clear PF_NOFREEZE along with PF_KTHREAD
fs/compat_ioctl.c: VIDEO_SET_SPU_PALETTE missing error check
genalloc: stop crashing the system when destroying a pool
gen_init_cpio: avoid stack overflow when expanding
iwlwifi: fix 6000 series channel switch command
LOCKD: Clear ln->nsm_clnt only when ln->nsm_users is zero
LOCKD: fix races in nsm_client_get
mac80211: check if key has TKIP type before updating IV
mac80211: connect with HT20 if HT40 is not permitted
mac80211: use ieee80211_free_txskb in a few more places
mm: fix XFS oops due to dirty pages without buffers on s390
net/wireless: ipw2200: Fix panic occurring in ipw_handle_promiscuous_tx()
pnfsblock: fix non-aligned DIO read
pnfsblock: fix non-aligned DIO write
qmi_wwan/cdc_ether: move Novatel 551 and E362 to qmi_wwan
Revert "ath9k_hw: Updated AR9003 tx gain table for 5GHz"
Revert "SUNRPC: Ensure we close the socket on EPIPE errors too..."
Revert "x86/mm: Fix the size calculation of mapping tables"
Staging: android: binder: Allow using highmem for binder buffers
Staging: android: binder: Fix memory leak on thread/process exit
staging: comedi: amplc_dio200: fix possible NULL deref during detach
staging: comedi: amplc_pc236: fix invalid register access during detach
staging: comedi: amplc_pc236: fix possible NULL deref during detach
staging: comedi: amplc_pc263: fix possible NULL deref during detach
staging: comedi: das08: fix possible NULL deref during detach
staging: comedi: ni_daq_700: fix dio subdevice regression
staging: comedi: ni_labpc: fix possible NULL deref during detach
staging: zram: Fix handling of incompressible pages
SUNRPC: Clear the connect flag when socket state is TCP_CLOSE_WAIT
SUNRPC: Get rid of the xs_error_report socket callback
SUNRPC: Prevent races in xs_abort_connection()
sysfs: sysfs_pathname/sysfs_add_one: Use strlcat() instead of strcat()
tilegx: fix some issues in the SW TSO support
USB: ch341: fix port-data memory leak
USB: digi_acceleport: fix port-data memory leak
usb hub: send clear_tt_buffer_complete events when canceling TT clear work
USB: ipw: fix interface-data memory leak in error path
USB: keyspan: fix NULL-pointer dereferences and memory leaks
USB: mct_u232: fix broken close
USB: mct_u232: fix port-data memory leak
USB: metro-usb: fix io after disconnect
USB: metro-usb: fix port-data memory leak
USB: mos7720: fix port-data memory leak
USB: mos7840: fix port-device leak in error path
USB: mos7840: fix urb leak at release
USB: mos7840: remove invalid disconnect handling
USB: mos7840: remove NULL-urb submission
USB: omninet: fix port-data memory leak
USB: opticon: fix DMA from stack
USB: opticon: fix memory leak in error path
USB: option: fix interface-data memory leak in error path
USB: qcserial: fix interface-data memory leak in error path
USB: quatech2: fix close and disconnect urb handling
USB: quatech2: fix io after disconnect
USB: quatech2: fix memory leak in error path
USB: quatech2: fix port-data memory leaks
USB: serial: Fix memory leak in sierra_release()
USB: sierra: fix memory leak in attach error path
USB: sierra: fix memory leak in probe error path
USB: sierra: fix port-data memory leak
usb-storage: add unusual_devs entry for Casio EX-N1 digital camera
USB: usb-wwan: fix multiple memory leaks in error paths
USB: whiteheat: fix memory leak in error path
USB: whiteheat: fix port-data memory leak
VFS: don't do protected {sym,hard}links by default
vhost: fix mergeable bufs on BE hosts
x86-64: Fix page table accounting
x86: efi: Turn off efi_enabled after setup on mixed fw/kernel
x86, mm: Find_early_table_space based on ranges that are actually being mapped
x86, mm: Trim memory in memblock to be page aligned
x86, mm: Undo incorrect revert in arch/x86/mm/init.c
x86, mm: Use memblock memory loop instead of e820_RAM
xhci: endianness xhci_calculate_intel_u2_timeout
xhci: fix integer overflow
xhci: Fix potential NULL ptr deref in command cancellation.



nginx 1.3.8

1 de Novembro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo NginxUma nova versão de desenvolvimento do Servidor Web e de Proxy Reverso Nginx foi disponibilizada trazendo 3 novas funcionalidades e 3 correções.

Mudanças no nginx 1.3.8

  • Funcionalidade: the "optional_no_ca" parameter of the "ssl_verify_client" directive.
  • Funcionalidade: the $bytes_sent, $connection, and $connection_requests variables can now be used not only in the "log_format" directive.
  • Funcionalidade: the "auto" parameter of the "worker_processes" directive.
  • Correção: "cache file ... has md5 collision" alert.
  • Correção: in the ngx_http_gunzip_filter_module.
  • Correção: in the "ssl_stapling" directive.


Kernel Linux 3.6.4

29 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Tux GeniusCom 85 mudanças o Kernel do Linux 3.6.4 foi disponibilizado, destaca-se correções no subsistema USB (31 commits), na pilha de protocolo ipv4 (8 commits), no sistema de arquivos ext4 (3 commits) dentre outros.

Lista de mudanças no Kernel 3.6.4
amd64_edac:__amd64_set_scrub_rate(): avoid overindexing scrubrates[]
arch/tile: avoid generating .eh_frame information in modules
cgroup: notify_on_release may not be triggered in some cases
drm/i915: Use cpu relocations if the object is in the GTT but not mappable
dt: Document: correct tegra20/30 pinctrl slew-rate name
ext4: Avoid underflow in ext4_trim_fs()
ext4: Checksum the block bitmap properly with bigalloc enabled
ext4: race-condition protection for ext4_convert_unwritten_extents_endio
hwmon: (coretemp) Add support for Atom CE4110/4150/4170
infiniband: pass rdma_cm module to netlink_dump_start
iommu/tegra: smmu: Fix deadly typo
ipv4: Add FLOWI_FLAG_KNOWN_NH
ipv4: Always invalidate or update the route on pmtu events
ipv4: Don't create nh exeption when the device mtu is smaller than the reported pmtu
ipv4: Don't report stale pmtu values to userspace
ipv4: fix forwarding for strict source routes
ipv4: fix sending of redirects
ipv4: introduce rt_uses_gateway
ipv4: make sure nh_pcpu_rth_output is always allocated
ipv6: addrconf: fix /proc/net/if_inet6
ipv6: GRO should be ECN friendly
ipvs: fix ARP resolving for direct routing mode
kernel/sys.c: fix stack memory content leak via UNAME26
mac80211: call drv_get_tsf() in sleepable context
media: au0828: fix case where STREAMOFF being called on stopped stream causes BUG()
net: Fix skb_under_panic oops in neigh_resolve_output
netlink: add reference of module in netlink_dump_start
net: remove skb recycling
NLM: nlm_lookup_file() may return NLMv4-specific error codes
nohz: Fix idle ticks in cpu summary line of /proc/stat
oprofile, x86: Fix wrapping bug in op_x86_get_ctrl()
pcmcia: sharpsl: don't discard sharpsl_pcmcia_ops
pinctrl: fix missing unlock on error in pinctrl_groups_show()
pinctrl: remove mutex lock in groups show
pinctrl: tegra: correct bank for pingroup and drv pingroup
pinctrl: tegra: set low power mode bank width to 2
RDS: fix rds-ping spinlock recursion
Revert "cgroup: Drop task_lock(parent) on cgroup_fork()"
Revert "cgroup: Remove task_lock() from cgroup_post_fork()"
ring-buffer: Check for uninitialized cpu buffer before resizing
s390: fix linker script for 31 bit builds
skge: Add DMA mask quirk for Marvell 88E8001 on ASUS P5NSLI motherboard
sparc64: Fix bit twiddling in sparc_pmu_enable_event().
sparc64: fix ptrace interaction with force_successful_syscall_return()
sparc64: Like x86 we should check current->mm during perf backtrace generation.
SUNRPC: Prevent kernel stack corruption on long values of flush
SUNRPC: Set alloc_slot for backchannel tcp ops
tcp: resets are misrouted
usb: acm: fix the computation of the number of data bits
USB: ark3116: fix NULL-pointer dereference
USB: belkin_sa: fix port-data memory leak
USB: cdc-acm: fix pipe type of write endpoint
USB: cp210x: fix port-data memory leak
USB: cyberjack: fix port-data memory leak
USB: cypress_m8: fix port-data memory leak
usbdevfs: Fix broken scatter-gather transfer
usb: Don't enable LPM if the exit latency is zero.
usb: dwc3: gadget: fix 'endpoint always busy' bug
USB: Enable LPM after a failed probe.
USB: f81232: fix port-data memory leak
USB: fix port probing and removal in garmin_gps
usb: host: xhci: New system added for Compliance Mode Patch on SN65LVPE502CP
USB: io_edgeport: fix port-data memory leak
USB: io_ti: fix port-data memory leak
USB: io_ti: fix sysfs-attribute creation
USB: iuu_phoenix: fix port-data memory leak
USB: iuu_phoenix: fix sysfs-attribute creation
USB: keyspan_pda: fix port-data memory leak
USB: kl5kusb105: fix port-data memory leak
USB: kobil_sct: fix port-data memory leak
usb: musb: am35xx: drop spurious unplugging a device
USB: option: add more ZTE devices
USB: option: blacklist net interface on ZTE devices
USB: oti6858: fix port-data memory leak
USB: pl2303: fix port-data memory leak
usb: Send Set SEL before enabling parent U1/U2 timeout.
USB: spcp8x5: fix port-data memory leak
USB: ssu100: fix port-data memory leak
USB: ti_usb_3410_5052: fix port-data memory leak
use clamp_t in UNAME26 fix
vlan: don't deliver frames for unknown vlans to protocols
x86, amd, mce: Avoid NULL pointer reference on CPU northbridge lookup
x86: Exclude E820_RESERVED regions and memory holes above 4 GB from direct mapping.
xen/x86: don't corrupt %eip when returning from a signal handler
xtensa: add missing system calls to the syscall table



Tutorial Instalando e testando o Phushion Passenger 4.0 no Nginx sobre o Debian Wheezy

25 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo DebianEste tutorial mostrara como instalar o módulo para implantação (deploy) de aplicativos web Ruby (Rails) e Python (Django) Passenger Phusion 4.0 (beta), usando o Ruby 1.9.3.194, sobre o Servidor Web de alta performance Nginx (1.3.7) no GNU/Linux Debian Wheezy 7.0 (beta 3). Para testar criaremos um pequeno aplicativo Ruby On Rails (3.2.8).

1) Preparando o Ambiente

1.1) Primeiro vamos instalar as dependências para compilação do Nginx e Passenger Phusion. Como administrador do sistema (root)

 nano /etc/apt/sources.list

Logo Phusion Passenger1.2) Acrescente as seguintes linhas no final do arquivo, salve (CTRL + o) e saia do nano (CTRL + x)

  deb http://ftp.br.debian.org/debian wheezy main contrib
  deb-src http://ftp.br.debian.org/debian wheezy main contrib

1.3) Atualize a base de pacotes local

 apt-get update

Logo Ruby1.4) Instale as dependências de compilação do Nginx e do Passenger Phusion

 apt-get build-dep nginx -y

 apt-get install ruby-passenger -y

 apt-get install git -y

2) Instalando o Phusion Passenger 4.0 beta

2.1) Baixe o código-fonte do Passenger Phusion do Git (Repositório de Código-Fonte)

  git clone https://github.com/FooBarWidget/passenger.git

2.2) Configurando, Compilando e criando o pacote Gem do Phusion Passenger

  cd passenger

  rake package

2.3) Instale a Gem do Phusion Passenger

  gem instal pkg/passenger-3.9.1.beta.gem

  OBS: Verificar o nome criado da gem listando o diretório pkg (ls -l pkg/)

3) Instalando o Nginx com suporte ao Phusion Passenger

3.1) Baixe o código-fonte do Nginx e descompacte

 cd ~

 wget -c http://nginx.org/download/nginx-1.3.7.tar.gz

 tar xvf nginx-1.3.7.tar.gz

 OBS: lembre-se de instalar o pacote do bzip2 caso não esteja instalado: apt-get install bzip2

3.2) Configure e compile o Nginx

  cd nginx-1.3.7

  ./configure --sbin-path=/usr/sbin --conf-path=/etc/nginx/nginx.conf --error-log-path=/var/log/nginx/error.log --pid-path=/var/run/nginx.pid --lock-path=/var/lock/nginx.lock --http-log-path=/var/log/nginx/access.log --http-client-body-temp-path=/var/lib/nginx/body --http-proxy-temp-path=/var/lib/nginx/proxy --http-fastcgi-temp-path=/var/lib/nginx/fastcgi --with-debug --with-http_stub_status_module --with-http_flv_module --with-http_ssl_module --with-http_dav_module --with-ipv6 --with-poll_module --with-pcre --with-http_gzip_static_module --add-module=/var/lib/gems/1.9.1/gems/passenger-3.9.1.beta/ext/nginx

  make

  make install

4) Criando uma Aplicação de Teste em Ruby on Rails

4.1) Instalando o Ruby on Rails

  gem install rails

4.2) Criando um aplicativo em Ruby on Rails

  cd /var/www

  rails new helloworld

  cd /var/www/helloworld

  bundle install

4.3) Configurando o Nginx

  Apague a configuração antiga do nginx.conf
  rm /etc/nginx/nginx.conf

  Crie/Edite um novo arquivo de configuração
  nano /etc/nginx/nginx.conf

  Acrescente ao nginx.conf

  user www-data;
  worker_processes 1;

  events { worker_connections  256; }

  http {
    include       mime.types;
    default_type  application/octet-stream;
    sendfile      on;
    keepalive_timeout 90;

    passenger_root /var/lib/gems/1.9.1/gems/passenger-3.9.1.beta/;

    server {
        listen       80;
        server_name  localhost;

        passenger_enabled on;
        rails_env development;

        root /var/www/helloworld/public;

        error_log  /var/log/nginx/localhost.error.log;
        access_log /var/log/nginx/localhost.access.log;

        error_page 500 502 503 504 /50x.html;
        location = /50x.html { root html; }
    }
  }

4.4) Iniciando o Servidor Web Nginx e testando a aplicação em Ruby on Rails

  Pare o serviço Apache2
  service apache2 stop

  Crie o diretório /var/lib/nginx/body
  mkdir -p /var/lib/nginx/body

  Inicie o Nginx
  nginx

4.5) Visite o endereço do seu servidor usando um navegador web

  http://SEU_ENDEREÇO_IP_OU_HOSTNAME

  Caso obtenha sucesso uma página web aparecera com os dizeres: "Welcome aboard. You’re riding Ruby on Rails!"



Ruby 2.0 tem funcionalidades congeladas

25 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Originalmente: http://h-online.com/-1736526

Logo RubyOs desenvolvedores do Ruby declararam que o conjunto de funcionalidades do Ruby 2.0 estão definidas e congeladas; mais nenhuma nova funcionalidade será aceita para a próxima versão da linguagem de programação a partir deste ponto. O desenvolvedor do Ruby e gerente de lançamento da versão 2.0 Yusuke Endoh, que estabeleceu o plano de lançamento original, acrescentou que ele agora esta planejando uma versão de pré-estreia do Ruby 2.0 para o final de Outubro e o lançamento final ainda esta previsto para 24 de Fevereiro de 2013, mantendo o calendário que foi anunciado em Outubro de 2011. Antes disso, uma versão milestone é esperada para o final deste ano.

Embora o comprimento da lista de funcionalidades do Ruby 2.0 no roadmap não seja insignificante, o criado do Ruby Yukihiro "Matz" Matsumoto disse no passado que as mudanças são "bastante pequenas. Menores que as que fizemos na versão 1.9".

Mudanças na linguagem incluem suporte a argumentos nomeados (como um argumento opcional de hash) e refinamentos (tornando os "monkey patching" de classes existentes mais seguros). Relata-se que uma alteração em como o respond_to? lida com metódos protegidos é provavelmente é a mudança mais propensa a quebra códigos existentes. O Ruby VM deve ter um grande número de melhorias na performance graças ao trabalho de otimização no byte code e a adição do suporte ao DTrace probes e um melhor Ruby tracing.



Desenvolvedor do Friendica pede ajuda para termos de volta as nossas comunicações pessoais e sociais

24 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Traduzido livremente de: http://friendica.com/node/51
 
Meu nome é Mike Macgirvin,
 
Eu sou desenvolvedor de Software. E já vou chegar ao ponto. Ajude-nos a salvar a Web.
 
Logo FriendicaRetirar o Facebook (e o Google) das nossas vidas privadas é o mais importante desafio técnico desta geração. Devemos fazer isto, pois o controle esta se fechando sobre nós e atingindo mais e mais a onde a eles não pertencem - e as implicações para o futuro são assustadoras.
 
A maneira que temos para fazer isso é ter de volta as nossas comunicações pessoais e sociais.
 
Tux RedEu já fiz isto. Eu iniciei um projeto a dois anos atrás para fornecer comunicação social descentralizada e distribuída. Este projeto é agora chamado Friendica. O site do projeto esta em http://friendica.com e o código esta disponível em https://github.com/friendica/friendica.
 
O Friendica funciona hoje (ao contrário de projetos similares que ainda estão batalhando para efetivar funcionalidades de comunicações básicas, mesmo após dois anos e de esbanjarem grandes quantidades de dinheiro). Ao longo do caminho eu perguntei as pessoas o que eles precisavam, eu escutei a comunidade, e nós construímos um eco-sistema de desenvolvimento aberto em torno do Friendica.
 
É hora de levá-lo para o próximo nível. Para fazer isto, eu preciso dedicar-me em tempo integral a este e ser capaz de contrata um designer competente para me ajudar a implementar este sistema. Este novo projeto é simplesmente chamado "Red".  Red é uma rede social - mas ao mesmo tempo é diferente de todas as outras redes sociais que já existem.
 
Assim como o Friendica, este poderá fazer qualquer coisa que o Facebook já faz - exceto monitorar, rastrear e usar todos os seus membros, dados e suas atividades para ações de marketing.
 
Freedom FightersAssim como o Friendica, o Red é uma plataforma completamente aberta, descentralizada e distribuída e irá rodar em servidores simples, todos os servidores serão tratadas como iguais.
 
Assim como o Friendica, este sera extensível através de temas e plugins. Como o Friendica este será o único serviço de rede social distribuído que oferece controle de permissões forte (e não intrusivo) para perfis, páginas web e fotos.
 
Porém iremos muito além disto.  Aqui o que estamos fazendo agora...
 
1. Estamos mudando o conceito de "amigos" vs. "não amigos".  Relações no mundo real são um contínuo entre "intimidade" e "totalmente estranhos". Como nos relacionamos com as pessoas e o que compartilhamos com elas dependem de como elas se encaixam neste espectro. Este espectro esta sendo construído dentro do Red.
 
2. A web social distribuída sofre com o adágio "apenas geeks rodam servidores". Nós iremos mudar isto. Nós temos um novo modelo de negócio. Iremos mobilizar organizações e indivíduos para que estes forneçam servidores para suportar todo mundo no planeta porque existe um motivo financeiro. Muitos sites irão oferecer serviços gratuitos, alguns irão cobrar por funcionalidades extras, recursos tais como possibilitar um maior número de amigos ou espaço adicional para foto. A receita de assinatura irá pagar pelos servidores. Geeks podem também rodar os seus proprios servidores para a família/amigos e ter tudo isto de graça.  A habilidade de obter receita e rentabilizar o serviço estará embutido na ferramenta. Você escolhendo usar como pessoal (ou a negócio).
 
A Publicidade na Web nós trouxe a esta situação. Para sair disto, nós temos que desenhar uma linha na areia. Nenhuma Publicidade. Nenhum monitoramento ou rastreamento. Nossa crença e razão de  existência é de que o nosso cliente é VOCÊ e sua PRIVACIDADE é o que estamos sendo pagos para proteger.
 
3. Nós já sabemos, desde a concepção de sistemas sociais descentralizados, que sites vem e vão e as pessoas migram para outros servidores. Nós estamos construindo MOBILIDADE dentro dos protocolos do Red.  Você vai baixar sua chave privada e catálogo de endereço e será capaz de se comunicar a partir de qualquer dispositivo, através dos servidores Red no planeta - privadamente, com todos os seus amigos e associados. Caso você ainda possa se conectar ao seu servidor antigo, nos poderemos pegar tudo que o que você precisa de lá e você não precisara fazer download dos seus dados. É claro, você também poderá salvar as suas mensagens e fotos, mas o que descobrimos na prática é que o mais importante sobre mover dados entre servidores é a habilidade de preservar os relacionamentos.  Você pode se conectar a qualquer site Red a qualquer momento e ainda terá todos os seus amigos.
 
4. Uma outra coisa que aprendemos, do Friendica, é que uma única "interface" não faz todo mundo feliz. Nem um conjunto apenas de funcionalidades. Assim, juntamente com o Red "look and feel", estamos reformulando o "tema" do sistema para torna-lo mais fácil para construir aplicações adicionais sobre nossa infraestrutura descentralizada.
 
Você pode ter sites de namoro, clubes sociais da igreja, centros de aprendizados e mais. Você pode ter aplicativos de desktop e de dispositivos móveis e aplicativos para web. Estes são apenas templates para você aplicar o nosso/(seu) framework social. Também, estas aplicações podem se conectar com o resto da rede do Red, ou elas podem ser autônomas e oferecerem funcionalidades completamente diferentes. Comunicações sociais seguras e privadas são fornecidas pelo backend, e nos proveremos ferramentas para que você possa construir o que você quiser sobre esta.  Nós já temos um API que é compatível com alguns clientes de terceiros. Nós iremos adicionar a esta API acesso para todas as nossas funcionalidades.
 
Neste momento eu estou construindo o Red. Eu também estou fortemente envolvido com o Friendica e mantendo este funcionando.  Mas veja bem – as vezes a realidade dói. Eu sou um cara de família com um trabalho em tempo integral. Não existe tempo suficiente em um dia para levar tudo isto adiante. Todo mundo desenvolvendo o Friendica é/são voluntários. O trabalho a frente é monumental. Se eu fizer isto durante meio período vai levar uns 2-3 anos.
 
Então estou olhando por um crowd funding que me permita trabalhar em tempo integral. Eu me considero um bom desenvolvedor, mas eu preciso da assistência de pelo menos um bom designer que possa transformar estas ideias em uma interface web amigável. Talento para designer é aquela coisa, ou você tem ou não, e eu não tenho - então eu preciso de ajuda.
 
Eu gostaria de financiamento para este projeto para pagar o meu próprio salário e o de um designer e para um servidor por um ano - e eu acredito que até o final do ano nóss iremos ter os meios de nós tornarmos auto sustentáveis. Se eu conseguir contratar outras pessoas para me ajudar, isto irá acontecer rapidamente. O tempo é essencial. Estamos perdendo rapidamente o controle da web para as forças das trevas.
 
Tudo que nos fizemos ira ser publicado abertamente e você poderá rastrear nossos progressos.
 
Irei trabalhar com uma ou duas fontes de crowd sourcing,
 
Nós ajude a salvar a web. Obrigado.
 
Mike Macgirvin
 
Doe através do Pledgie: http://www.pledgie.com/campaigns/18417



Phusion Passenger 4.0 beta 1

24 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo Phusion PassengerPhusion Passenger o módulo do Apache e Nginx para implantação de aplicativos web Ruby (Rails) e Python (Django) disponibilizou a primeira versão beta do Passenger 4.0, trazendo muitas novidades, dentre estas destacam-se

A possibilidade de rodar múltiplas versões do Ruby ao mesmo tempo em uma mesma instância, o controlador de entrada e saída (E/S) foi completamente reescrito e agora é baseado em eventos, implementação de bufferização para respostas em tempo real, uma arquitetura zero-copy aprimorada em relação a versão 3,  o ApplicationPool e o subsistema de spawning foram totalmente reescritos, suporte a multithreading dentro dos aplicativos Ruby, o suporte a Python WSGI foi elevado a estado de "beta", melhorias na proteção contra processos "emperrados", as variáveis do ambiente agora são carregadas automaticamente do bashrc, configurações de variáveis de ambiente diretamente no Apache, melhorias nas mensagens de erro e muito mais.

O Phusion Passenger tem como objetivo facilitar o deploy de aplicações Ruby e Python garantido estabilidade e performance. O Phusion Passenger é construído sobre tecnologias testadas-e-garantidas do mundo Unix e ao mesmo tempo introduz inovações não encontradas na maioria dos servidores Unix. Desde meados de 2012, busca se tornar um servidor de aplicações poliglota.

Nota completa de lançamento
http://blog.phusion.nl/2012/10/24/phusion-passenger-4-0-beta-1-is-here/



DeVeDe 3.23.0

22 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo DeVeDeA RasterSoft anunciou o lançamento do DeVeDe 3.23.0. Entre as melhorias e correções estão

  • Adicionado suporte ao AVConv (o novo FFMpeg)
  • Adicionado suporte a AC3_FIX para o FFMpeg e AVConv
  • Corrigido pré-visualização da janela de "Opções de Menu"
  • Adicionado sistema de instalação setup.py


O DeVeDe é um programa para autoração de DVDs e CDs (VCD, sVCD ou CVD), para reprodutores de vídeo, em qualquer formato suportado pelo Mplayer. A grande vantagem do DeVeDe é que este somente precisa do Mplayer, Mencoder, FFMpeg, DVDAuthor, VCDImager e MKisofs (assim como o Python, PyGTK e PyGlade).

Download: http://www.rastersoft.com/programas/devede.html



VLC 2.0.4 traz suporte ao formato Opus

22 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo VLCOriginalmente: http://h-online.com/-1732091
 
A versão 2.0.4 do VLC foi lançado pelo projeto VideoLAN. O novo lançamento é descrito, por seus desenvolvedores, como uma grande atualização e traz correções a inúmeras regressões e introduz suporte ao formato de compressão de áudio IETF Opus. Este traz também muitas melhorias e mudanças especificas para algumas plataformas.
 
Entre as melhorias encontrados no VLC 2.0.4 estão um melhor suporte a discos Blu-ray e a HTTP Live Streaming (HLS), atualizações no suporte a streaming do YouTube e Vimeo e a adição do suporte para decodificação MSS1 e MSS2 através das bibliotecas DirectX Media Objects (DMO).

Outras mudanças incluem melhorias na sincronização de reprodução usando PulseAudio, atualização de traduções e correções relacionadas a problemas de reprodução de DVD e problemas de reprodução que afetam os formatos Ogg e MKV.
 
No Mac OS X, uma opção para ativar o filtro de karaokê foi adicionada ao painel de efeitos, o comportamento de sleep foi atualizado permitindo a tela apagar, porém mantendo o sistema acordado durante a reprodução. Mudanças no comportamento nas opções de comando de linha para controlar a interface do Mac e visualização do menu também estão entre as mudanças especificas para o Mac. Adicionalmente, os desenvolvedores dizem que, sobre o 10.5 Leopard, os efeitos CoreAnimation foram desativados.
 
De acordo o anuncio de lançamento, a atualização traz múltiplas correções de problemas de segurança; porém, até o momento, detalhes específicos destes problemas não foram publicados na página de avisos de segurança.
 
O VLC para Android, que esta atualmente na versão beta, também foi recentemente atualizado. A versão 0.6 do VLC para dispositivos móveis traz melhorias a interface do usuário e um modo para tablet, e corrige problemas com o áudio assim como um problema relacionado com a decodificação por hardware no Android 4.1.x "Jelly Bean". O VLC para Android esta disponível no Google Play Store.
 
Notas de lançamento
http://www.videolan.org/vlc/releases/2.0.4.html



Kernel Linux 3.6.3

22 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Tux WorkerUma nova atualização da série estável 3.6 do Kernel do Linux foi disponibilizada trazendo 75 mudanças, destacando correções no subsistema de áudio ALSA (8 commits), correções nos drivers de vídeo Intel (i915), subsistema de compartilhamento de arquivos nfsd dentre outras.

Lista de mudanças Kernel do Linux 3.6.3
ACPI: EC: Add a quirk for CLEVO M720T/M730T laptop
ACPI: EC: Make the GPE storm threshold a module parameter
Add CDC-ACM support for the CX93010-2x UCMxx USB Modem
ALSA: ac97 - Fix missing NULL check in snd_ac97_cvol_new()
ALSA: emu10k1: add chip details for E-mu 1010 PCIe card
ALSA: hda - Add missing hda_gen_spec to struct via_spec
ALSA: hda - Always check array bounds in alc_get_line_out_pfx
ALSA: hda - do not detect jack on internal speakers for Realtek
ALSA: hda - Fix memory leaks at error path in patch_cirrus.c
ALSA: hda - Fix registration race of VGA switcheroo
ALSA: hda - Stop LPIB delay counting on broken hardware
ARM: 7541/1: Add ARM ERRATA 775420 workaround
ARM: OMAP: counter: add locking to read_persistent_clock
ARM: vfp: fix saving d16-d31 vfp registers on v6+ kernels
ASoC: fsi: don't reschedule DMA from an atomic context
ASoC: omap-abe-twl6040: Fix typo of Vibrator
ASoC: wm2200: Fix non-inverted OUT2 mute control
ASoC: wm2200: Use rev A register patches on rev B
ath9k: use ieee80211_free_txskb
autofs4 - fix reset pending flag on mount fail
block: fix request_queue->flags initialization
drm/i915: remove useless BUG_ON which caused a regression in 3.5.
drm/i915: Set guardband clipping workaround bit in the right register.
drm/i915: use adjusted_mode instead of mode for checking the 6bpc force flag
drm/radeon: Don't destroy I2C Bus Rec in radeon_ext_tmds_enc_destroy().
e1000e: Change wthresh to 1 to avoid possible Tx stalls
firewire: cdev: fix user memory corruption (i386 userland on amd64 kernel)
fs: handle failed audit_log_start properly
fs: prevent use after free in auditing when symlink following was denied
iscsi-target: Add explicit set of cache_dynamic_acls=1 for TPG demo-mode
iscsi-target: Bump defaults for nopin_timeout + nopin_response_timeout values
iscsi-target: Correctly set 0xffffffff field within ISCSI_OP_REJECT PDU
iscsit: remove incorrect unlock in iscsit_build_sendtargets_resp
jbd: Fix assertion failure in commit code due to lacking transaction credits
kbuild: Fix accidental revert in commit fe04ddf
kdb,vt_console: Fix missed data due to pager overruns
lockd: create and use per-net NSM RPC clients on MON/UNMON requests
lockd: per-net NSM client creation and destruction helpers introduced
lockd: use rpc client's cl_nodename for id encoding
mac80211: use ieee80211_free_txskb to fix possible skb leaks
mcs7830: Fix link state detection
md/raid10: use correct limit variable
MIPS: ath79: Fix CPU/DDR frequency calculation for SRIF PLLs
mips,kgdb: fix recursive page fault with CONFIG_KPROBES
module: taint kernel when lve module is loaded
mtd: nand: allow NAND_NO_SUBPAGE_WRITE to be set from driver
NFS41: fix error of setting blocklayoutdriver
nfsd4: don't pin clientids to pseudoflavors
nfsd4: fix nfs4 stateid leak
NFSD: pass null terminated buf to kstrtouint()
NFS: Remove bad delegations during open recovery
nohz: Fix one jiffy count too far in idle cputime
pktgen: fix crash when generating IPv6 packets
pnfsblock: fix partial page buffer wirte
qla2xxx: Fix endianness of task management response code
SCSI: scsi_debug: Fix off-by-one bug when unmapping region
SCSI: storvsc: Account for in-transit packets in the RESET path
SCSI: virtio-scsi: initialize scatterlist structure
SUNRPC: Ensure that the TCP socket is closed when in CLOSE_WAIT
target/file: Re-enable optional fd_buffered_io=1 operation
target: fix return code in target_core_init_configfs error path
target: fix truncation of mode data, support zero allocation length
target: support zero allocation length in INQUIRY
timekeeping: Cast raw_interval to u64 to avoid shift overflow
timers: Fix endless looping between cascade() and internal_add_timer()
tmpfs,ceph,gfs2,isofs,reiserfs,xfs: fix fh_len checking
tpm: Propagate error from tpm_transmit to fix a timeout hang
usb: gadget: at91_udc: fix dt support
vfio: Fix PCI INTx disable consistency
vfio: Move PCI INTx eventfd setting earlier
viafb: don't touch clock state on OLPC XO-1.5
video/udlfb: fix line counting in fb_write
xen/bootup: allow read_tscp call for Xen PV guests.
xen/bootup: allow {read|write}_cr8 pvops call.
xen/pv-on-hvm kexec: add quirk for Xen 3.4 and shutdown watches.



Git 1.8.0

22 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Originalmente: http://h-online.com/-1733879

O mantenedor do Git, Junio C Hamano, anunciou o lançamento de uma nova versão do sistema de controle de versão livre. O Git 1.8.0 inclui diversas novas funcionalidades, sintaxe de comandos refinadas e um grande número de correções desde a versão 1.7.12, que foi o último lançamento contendo novas funcionalidades em 19 de Agosto.

Git LogoGit agora tem um novo suporte a funcionalidades de credenciais e autenticação que permitem acesso ao keychain em sistemas Windows e ao GNOME Keyring no Linux. A interface gráfica do Git também foi atualizada. Muitos comandos receberam novas opções incluindo git cherry-pick, git difftool, git grep, git log e git rebase. Ao lidar com e-mail, o git am agora trata a linha de assunto da mensagem e o git send-email foi alterado para pedir confirmação quando a entrada do usuário não se parece com um endereço de e-mail. Detalhes sobre as mudanças, sobre os novos comandos e as diversas correções desta versão estão disponíveis nas notas lançamento.

Os desenvolvedores começaram a portar o controle de versão para o sistema operacional HP NonStop. Hamano havia anteriormente anunciado que a próxima versão da ferramenta (1.9.0) ira alterar o comportamento do comando git push command para prevenir que os usuários não sobrescrevam acidentalmente branches em servidores remotos.

Git 1.8.0 esta disponível para Windows, Mac OS X, Linux e Solaris na página do projeto. O código do sistema de controle de versão esta hospedado no GitHub, licenciado sobre a GPLv2.



GNU/Linux juntaDados 4.04r1

8 de Outubro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo juntaDadosEsta nova revisão da distribuição GNU/Linux juntaDados 4.04r1 traz as principais ferramentas para a produção audiovisual voltadas às atividades dos Pontos de Cultura, ações de Inclusão Digital e Cultura Digital. Esta atualização traz novos recursos, melhorias na estabilidade, maior performance e suporte a novos dispositivos e periféricos (hardware) com a adoção do Kernel do Linux 3.6.0.

Esta revisão traz muitas atualizações ao sistema base. Entre as principais novidades estão o navegador web Firefox 15.0.1, pacote de ferramentas para escritório LibreOffice 3.5.4.2, Google Chromium 20 e muito mais.

Download Mirror 1: http://juntadados.org/sites/default/files/juntadados/4.04r1/juntaDados-4.04r1-amd64.iso
Download Mirror 2: http://estudiolivre.org/files/juntadados/4.04r1/juntaDados-4.04r1-amd64.iso

Torrent: http://juntadados.org/sites/default/files/juntadados/4.04r1/juntaDados-4.04r1-amd64.torrent

Esta distribuição é uma customização do Lubuntu 12.04.1 LTS (Precise Pangolin) com diversas atualizações feitas desde o seu lançamento. Todos os códigos-fontes, das ferramentas livres, disponibilizadas nesta imagem, incluindo o Kernel do Linux, estão disponíveis livremente nos repositórios Ubuntu e em diversos sites na Internet.
 
O que é?
Um Sistema Operacional completo e livre baseado no GNU/Linux que tem como objetivo simplificar e facilitar as atividades de produção audiovisual dos Pontos de Cultura, ações de Inclusão Digital e Cultura Digital. Algumas das ferramentas disponibilizadas nesta distribuição não são consideradas Software Livre tal como o Adobe Flash.
 
Esta distribuição GNU/Linux possui as principais Ferramentas para escritório, produção de conteúdo de Áudio, Vídeo, Imagem e Texto escolhidas através de levantamentos feitos em Pontos de Cultura e Ações de Inclusão Digital. Todos os códigos-fontes, das ferramentas livres disponibilizadas neste DVD, incluindo o kernel linux, estão disponíveis livremente nos repositórios Ubuntu para download ou em sites na Internet.
 
Quem somos?
Pontão de Cultura Digital, inicialmente sediado na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), conveniado pelo Ministério da Cultura no final de 2008 através do Programa Cultura Viva e tendo suas atividades financiadas por este programa entre Janeiro de 2009 e Janeiro de 2010. Desde Janeiro de 2010 os integrantes do Pontão de Cultura Digital juntaDados continuam suas atividades de forma voluntária.
 
A distribuição GNU/Linux juntaDados é um dos diversos produtos desenvolvidos pela equipe do Pontão que busca facilitar a produção, difusão e capacitação em ferramentas audiovisuais pelos Pontos de Cultura do Brasil.
 
Dúvidas e Sugestões nos envie um e-mail: juntadados@juntadados.org



Em breve no Kernel Linux 3.6 - Parte 5 - Infraestrutura

21 de Setembro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Tux ElectricalAutor: Thorsten Leemhuis (Copyright (c) 2012 Heise Media UK Ltd.)
Traduzido: Marcelo Soares Souza (Dúvidas e melhorias na tradução envie por E-mail)
Originalmente: http://h-online.com/-1713041
 
Com a disponibilização do sexto candidato de lançamento[1] do Linux 3.6, Linus Torvalds pediu que a comunidade faça alguns testes e disse que gostaria de lançar o Linux 3.6 "o quanto antes". O Linux 3.6-rc6 pode, portanto, esta já na última versão de pré-lançamento da versão 3.6 do kernel, e o novo kernel deve ser lançado em breve; porém, mais de uma vez, Torvalds, anunciou um novo candidato de lançamento após uma comunicado como este, então um lançamento para o final de setembro também é possível.
 
Todavia, o próximo artigo relata mudanças na infraestrutura no Linux 3.6 e irá portanto concluir a mini-série de artigos "Em Breve no Kernel Linux 3.6". As partes 1 até 4 desta série discutiram as novas funcionalidades em áreas como sistemas de arquivos, armazenamento[2], redes e infraestrutura[3], código arquitetura[4] e drivers[5].
 
Hybrid sleep
 
A nova funcionalidade[6] "Suspend to Both" irá permitir ao Linux 3.6 ter a capacidade de standby hibrida. O Mac OS X e Windows oferecem tal funcionalidade já há algum tempo; esta envolve o armazenamento do conteúdo da memória tanto na memória RAM quanto no disco durante a hibernação do sistema. Um sistema que hiberna deste jeito irá acordar dentro de poucos segundos como se fosse no estado Suspend-to-RAM (ACPI S3); porém, se a energia for cortada durante a hibernação, quando por exemplo a bateria de um notebook termina, o sistema irá restaurar o conteúdo da memória principal a partir do disco como se fosse no estado Suspend-to-Disk (Hibernação).
 
O novo sleep state pode ser acessado manualmente usando o comando:
 
echo suspend > /sys/power/disk; echo disk > /sys/power/state
 
Em alguns testes realizados em um sistema antigo com um disco de 250GB, o metódo Suspend-to-Both funcionou conforme esperado; foi necessário 16 segundos para esta hibernar - quatro vezes o tempo do metódo Suspend-to-RAM e tão longo quanto o método Suspend-to-Disk.
 
Números Aleatórios
 
Ao coletar ruído para a geração de dados aleatórios para /dev/random e /dev/urandom, o Linux 3.6 irá agora[7] incluir algumas novas fontes de entropia tais como endereços MAC[8], dados de DMI[9] e informação de dispositivos USB[10]. Isto é, por exemplo, projetado para aprimorar a forma como as ferramentas de criptografias funcionam.

Especialistas de segurança encontraram recentemente[11] similaridade [12] em cerca de seis porcentos em chaves TLS e cerca de dez porcentos em chaves SSH.  Acredita-se que dados aleatórios inadequados, os quais o kernel contribui, para a geração de chaves estão entre as causas destes problemas. Os especialistas dizem que foram encontrados problemas particularmente em dispositivos móveis.
 
Mais informação sobre este problema pode ser encontrado em um artigo no LWN.net[13]. Muitas das melhorias na geração de entropia foram incorporadas nas últimas séries de kernel estáveis para garantir uma melhor geração de dados aleatórios assim mitigando os problemas rapidamente.
 
Diversos
 
Os desenvolvedores do kernel estenderam o protocolo handover[14] do bootloader para o Kernel do Linux para permitir que o Kernel lide com várias tarefas de inicialização quando este inicia em sistemas x86 através do EFI; anteriormente, o bootloader era responsável por esta tarefa, a não ser quando o Linux iniciava através da funcionalidade de EFI Stub, ao qual foi adicionada na versão 3.3[15]. As mudanças incorporadas no Kernel do Linux 3.6 permite que os desenvolvedores escrevam gerenciadores simples de boot EFI, que apenas mostrem as opções de boot e carregue o arquivo initrd do disk; esta nova solução deve melhorar a velocidade de inicialização.
 
O novo cgroup HugeTLB[20] possibilita aos administradores controlarem [21] o uso de grandes páginas de memória (huge pages).
 
Links deste Artigo:

[1] http://thread.gmane.org/gmane.linux.kernel/1359526
[2] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-6-Part-1-Filesystems-and-storage-1672027.html
[3] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-6-Part-2-Networking-1697920.html
[4] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-6-Part-3-Architecture-1708541.html
[5] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-6-part-4-Drivers-1711060.html
[6] http://git.kernel.org/linus/62c552ccc3eda1198632a4f344aa32623d226bab
[7] http://thread.gmane.org/gmane.linux.kernel/1335879
[8] http://git.kernel.org/linus/7bf2357524408b97fec58344caf7397f8140c3fd
[9] http://git.kernel.org/linus/d114a33387472555188f142ed8e98acdb8181c6d
[10] http://git.kernel.org/linus/b04b3156a20d395a7faa8eed98698d1e17a36000
[11] https://factorable.net/
[12] https://factorable.net/paper.html
[13] https://lwn.net/Articles/507115/
[14] http://git.kernel.org/linus/9ca8f72a9297f2052d806bd1111e176533aa69bd
[15] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-3-Part-3-Architecture-and-infrastructure-1463482.html
[16] http://thread.gmane.org/gmane.linux.kbuild.devel/8483
[17] http://git.kernel.org/linus/4f4c51c9405a509e9073ff242746e9049c723aae
[18] http://git.kernel.org/linus/d4bb58b5cb3b6fbf89d0012c199be3954cba9fb3
[19] http://www.h-online.com/open/features/Good-and-quick-kernel-configuration-creation-1403046.html
[20] http://git.kernel.org/linus/2bc64a2046975410505bb119bba32705892b9255
[21] http://git.kernel.org/linus/585e27ea6d2e71d0091443c39a00a35e6a5c5e8f



Em breve no Kernel Linux 3.6 - Parte 4 - Drivers

19 de Setembro de 2012, 0:00, por Software Livre Brasil

Logo Kernel Log PenguinAutor: Thorsten Leemhuis (Copyright (c) 2012 Heise Media UK Ltd.)
Traduzido: Marcelo Soares Souza (Dúvidas e melhorias na tradução envie por E-mail)
Originalmente: http://h-online.com/-1711060
 
Os desenvolvedores do Kernel adicionaram uma grande número de mudanças e correções no Linux 3.6 visando melhorias[1] no suporte aos novos notebooks Apple MacBook, lançados em Julho deste ano (tais como o MacBook Pro Retina). Este inclui uma mudança[2] que corrigi um conhecido erro na inicialização. Houve também mudanças nos drivers gráficos para corrigir problemas na inicialização nos últimos MacBooks.
 
Há também novas funções que supostamente torna possível ligar/desligar o segundo chip gráfico dos novos Macs com o driver de plataforma apple-gmux (1[3], 2[4]). Testes realizados, usando o Linux 3.6-rc3 em um MacBook Pro com Retina display, mostrou que habilitar o chip gráfico GeForce não funcionou e que este dispositivo gráfico não é corretamente inicializado durante o boot. Em contraste, o Linux 3.5 inicia o sistema com a ajuda de alguns truques[5]. Nem todas as adições necessárias aos novos MacBooks encontraram seu caminho dentro do Linux 3.6. Uma correção[6] para adicionar suporte ao chip Bluetooth não será adicionado dentro do kernel até a próxima versão.
 
Drivers Gráficos

 
O driver Radeon agora ativa[7] o modo de transferência, mais rápida, PCIe 2.0 onde este é suportado pelo hardware. Os desenvolvedores também melhoraram significavelmente a documentação do código-fonte (1[8], 2[9] e outros).
 
Houveram pequenas mudanças no driver nouveau para os dispositivos gráficos da NVIDIA, um dos principais desenvolvedores deste tem trabalhado arduamente preparando uma grande revisão[10] que deve esta presente apenas no Linux 3.7.
 
Desenvolvedores da Intel estenderam significavelmente[11] a lista de núcleos gráficos Haswell suportado pelo driver i915, como resultado disto este agora suporta 37 membros desta família de processadores, o qual a Intel planeja lançar somente no próximo ano.
 
Multimídia
 
Os drivers de áudio agora suportam os processadores Intel Haswell e a plataforma associada Lynx Point (1[12], 2[13])
 
Código para suporte ao demodulador[14] Realtek RTL2832 DVB-T, usada em muitas receptores DVB-T, foi adicionado dentro do subsistema de mídia com o seu driver V4L e DVB. O código é usado em adição ao[15] driver dvb-usb-rtl28xxu, o que consequentemente provê suporte a o Terratec Cinergy T Stick Black.
 
Diversos
 
Como a primeira metade da reestruturação do subsistema EDAC (error detection and correction) foi adicionada [17] dentro Linux 3.5, a segunda metade[18] agora foi incorporada dentro do Linux 3.6 (1[19], 2[20], 3[21], 4[22] e outros).
 
Um driver para o teclado Lenovo ThinkPad USB[23] com trackpoint foi adicionado ao subsistema de entrada.
 
O driver multitouch agora suporta[24] o protocolo HID para os dispositivos multitouch do Windows 8.
 
Os drivers em desenvolvimento na área de avaliação receberam mais uma adição de driver para o chip MMC Wi-Fi chip da CSR.
 
Em outras adições incluem driver para o notebook Lenovo IdeaPad Z570, Samsung R40 e R41.
 
Links deste artigo
[1] https://plus.google.com/111643045511375507360/posts/DoK5qeLxG6K
[2] http://git.kernel.org/linus/32ab31e01e2def6f48294d872d9bb42573aae00f
[3] http://git.kernel.org/linus/76b487dd5187a4d7cc6eccd452f65467a8c7768b
[4] http://git.kernel.org/linus/96ff705638e3d61b1e45a047c0f9f3bb622fa32f
[5] http://mjg59.dreamwidth.org/15948.html
[6] https://patchwork.kernel.org/patch/1373511/
[7] http://git.kernel.org/linus/197bbb3d464f33eac1b458e83c1929d2f268d4c9
[8] http://git.kernel.org/linus/f482a1419545ded5f4ee748b44cba42d9a885dd4
[9] http://git.kernel.org/linus/0c1951192a8855cc6185e6493078c20d97292a7f
[10] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Major-overhaul-of-Nouveau-1664869.html
[11] http://git.kernel.org/linus/da612d880fbc598ac0efcef579355fb90d4bca4e
[12] http://git.kernel.org/linus/e926f2c850c472f813f9bab486c68a3fe0b03ae4
[13] http://git.kernel.org/linus/1c76684d2752b3a24bb7da183cc18e5d126dbcc9
[14] http://git.kernel.org/linus/82041c0a15fdd45336f11c893c4ff69d48dcc4f1
[15] http://git.kernel.org/linus/5cf6631e52ac76e4051fd29db46092f36ab1ff84
[16] http://thread.gmane.org/gmane.linux.kernel/1359526
[17] http://www.h-online.com/open/features/Kernel-Log-Coming-in-3-5-Part-3-Architecture-1634054.html
[18] http://thread.gmane.org/gmane.linux.kernel/1334840
[19] http://git.kernel.org/linus/7a623c039075e4ea21648d88133fafa6dcfd113d
[20] http://git.kernel.org/linus/199747106934c4dc9cf90d37538f989e29420833
[21] http://git.kernel.org/linus/2639c3ee298401881cc560c5e3987f8b222b9f7c
[22] http://git.kernel.org/linus/5156a5f4e058b906c1e8c0fe2ab16f30b60dee96
[23] http://git.kernel.org/linus/c1dcad2d32d0252e8a3023d20311b52a187ecda3
[24] http://git.kernel.org/linus/cab7faca5e446b84e829d57d2095035d72edba09
[25] http://git.kernel.org/linus/635d2b00e5070378e7bf812acf47fb135c6ab928



Tags deste artigo: software livre tecnologia cultura digital tic cultura