Ir para o conteúdo

FISL16

ou

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

FreeCAD: uma plataforma de design hackeável

11 de Julho de 2015, 23:23 , por Mariel Zasso - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 627 vezes

 

 

Yorik é arquiteto "de casas", e virou desenvolvedor e apaixonado por Software Livre  depois de conhecer o FreeCAD (Foto:Guilherme Almeida)

 

O arquiteto ("de casas, não de informação", como ele fez questão de esclarecer) Yorik Van Havre compartilhou hoje o que ele chamou de "incrível experiência sócio-técnica" construindo o FreeCAD, uma ferramenta feita para construir. De usuário interessado nas funcionalidades aplicáveis à arquitetura de casas, ele veio a se tornar um dos principais desenvolvedores do projeto, apesar de ter começado a explorar a ferramenta com quase nenhum conhecimento de programação. O FreeCAD é uma aplicação de modelagem 3D genérica, aberta e multiplataforma, feita para o design de produtos, ou seja, objetos que vão existir no mundo real.

Yorik contou que o projeto FreeCAD está agora ganhando muito foco, principalmente graças a rápida popularização da impressão 3D caseira, e da sua grande abertura ao hacking. Ele explicou que o software pode ser descrito como uma grande "colagem" de vários outros projetos de software livre, tal como OpenCasCade (de onde vem seu kernel geométrico), o Coin3D (uma implementação do OpenInventor, que gerencia a vista 3D), o Qt e o python.

Se por um lado o FreeCAD tem parte desenvolvida na complexa linguagem C ++, ele também tem uma camada em Python, justamente a parte através da qual é possível interagir com o programa, e "hackeá-lo". Yorik deu exemplos do que as pessoas costumam fazer com o FreeCAD e mostrou que com um pouco de conhecimento da linguagem Python, o usuário "ganha os poderes de um deus". Todos os projetos livres usados no FreeCAD também tem suas próprias conexões com Python, todas acessíveis de dentro do FreeCAD, todas conectadas com a aplicação e podendo atuar no seu conteúdo, interface e vistas 3D.

O fato de o código Python estar também constantemente exposto ao usuário torna a aplicação extremamente pedagógica - uma janelinha no canto da tela vai mostrando os comandos conforme o usuário os aplica clicando nos botões. Assim, Yorik afirmou "É quase impossível usar o FreeCAD e não aprender sem querer um pouco de Python, mesmo para quem diz que não tem interesse. Isso ajudou a formar uma comunidade muito avançada tecnicamente em volta do FreeCAD, onde as diferenças entre desenvolvedor e usuário se apagaram.

Assista a palestra.

 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.


<script src="https://s7.addthis.com/js/152/addthis_widget.js"></script>