Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia

DRM? Não Compro!

6 de Maio de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1251 vezes

DRM (Digital Rights Management / Gestão de Direitos Digitais — ou melhor: Gestão de Restrições Digitais) nomeia qualquer tecnologia que impeça o consumidor de desfrutar de suas músicas, filmes e software, adquiridos legalmente, de uma forma que o produtor do conteúdo não queira.

Dizer que é contra DRM qualquer um diz, até Steve Jobs diz! Se você não quer apoiar o crescimento do controle, escolha não comprar produtos com DRM.

Veja uma pequena lista de produtos com DRM. Essa lista é realmante muito pequena e incompleta, mas já ajuda a guiar nossas escolhas.

Mas você quer saber o que pode comprar? Veja essa lista de dispositivos livres de DRM.

Que saber mais?

Muitos se dizem contra DRM (como Steve Jobs) mas ainda compram dispositivos restritivos. Quer mudar? Escolha, e mostre sua cara lá na comunidade DRM NÃO! ;-)

 

 

Esclarecimentos

Update 06/maio/2010 17:47

Sempre tem alguém pra dizer "o discurso é bonito, mas na prática..." Felizmente Stallman, Gandhi, Paulo Freire e outros menos conhecidos consideravam frases como essa apenas demonstração de ignorância e inércia.

Esse artigo não tenta promover o boicote, tenta apenas chamar a atenção daqueles que se declaram contra DRM ou a favor do acesso irrestrito a informação e ainda assim alimentam a industria do DRM. Não importa se a maioria não vai tomar a atitude certa, o que importa é se nós somos coerentes com o que acreditamos e dizemos. O primeiro passo é mostrar que realmente existe quem se importa com o assunto e que nós podemos continuar nossas vidas com mídias e dispositivos de acesso irrestrito.

Se o leitor entendeu que se deve promover o boicote, mas não acredita na prática, posso dizer: Boicote funciona. Não no Brasil, poque não nos organizamos como coletivo, a não ser na copa (quando pintamos nossas ruas em prol desse motivo nobre). O relato que tenho é que um boicote na Europa realmente faz com que um produto se amontoe nas prateleiras do supermercado. E se isso vai acontecer ou não no Brasil não importa para a sua decisão pessoal, mas a certeza é que nada vai acontecer, se nem você que se opõe ao DRM tomar uma atitude.

"Mas pode ser impossível conseguir certos vídeos sem DRM." Já dizia minha vó: O que não tem remédio, remediado está. Você não tem opção, então não é uma questão ética, a não ser que não comprar seja uma opção válida para você.

Reforçando a idéia: Se você não se posicionar, a industria/governo/sistema posiciona você. Ainda há espaço para escolha. O que você vai escolher? ;-)


Fonte: Aurélio A. Heckert

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.