Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

Urna pode ser fraudada, diz ONU

3 de Junho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 388 vezes

DA AGÊNCIA FOLHA, EM PORTO ALEGRE

O consultor para assuntos eleitorais da ONU (Organização das Nações Unidas) Evandro Oliveira afirmou ontem, durante um evento em Porto Alegre, que as urnas eletrônicas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) são suscetíveis à fraude. Segundo Oliveira, que participou do Fórum Internacional Software Livre, realizado na PUC-RS (Pontifícia Universidade Católica), o sistema eleitoral brasileiro possibilita a realização de ""fraudes de ponta a ponta". Uma das fraudes mais corriqueiras, segundo o consultor da ONU, ocorre no momento do cadastramento eleitoral. ""Se você está em Porto Alegre, muitas vezes pode nem saber, mas alguém vota no Norte com seu nome." Oliveira já fez recomendações ao TSE sobre alternativas para evitar a fraude. ""Algumas eles aceitam, outras não. Isso já é um avanço", afirmou. "Temos um problema sério: nosso processo está todo informatizado. Se o voto sai impresso é possível fazer comparações. Se não, isso não ocorre" "O candidato perde o direito à recontagem do voto, o que deveria ser uma garantia. Mais de 50 países vieram ver o nosso sistema e apenas o Paraguai o adotou". A falta de informações sobre fraudes, segundo Oliveira, deve-se ao fato de que o político, quando eleito, não se manifesta. Quando não é eleito, teme reclamar por parecer "choro de perdedor". (LÉO GERCHMANN)


Tags deste artigo: fisl2002
Fonte: http://www.softwarelivre.org/news/399

Eventos de Software Livre no Brasil