Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Posts do blog

Imagens, dia 3

Imagens, dia 2

Imagens, dia 1

By participants

PCST2014 no Twitter

500 Server Error

Participe!

A 13th International Public Communication of Science and Technology (13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia) convida participantes e internautas para uma cobertura colaborativa do evento, que ocorre de 5 e 8 de maio em Salvador.

Streaming PCST2014

Dia 3

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog do PCST-Brasil

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Vicente Aguiar - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob CC (by)

A experiência da ação “SiS Catalyst” para a capacitação de crianças

6 de Maio de 2014, 15:32, por Graziele Scalfi

Por Graziele Scalfi

Matteo Merzagora, líder da ação “SiS Catalyst” [http://www.siscatalyst.eu] que envolve 20 parceiros de 16 países, analisa as inter-relações entre as práticas de comunicação de ciência e de inclusão social, concentrando-se nas crianças. O projeto tem como propósito envolver as crianças como agentes de mudança para a ciência na sociedade.

Um dos desafios do projeto é a inclusão social, uma vez que, a ciência pode ser percebida de forma muito diferente por crianças com um nível sócio-econômico maior (para quem a ciência pode ser uma oportunidade de sucesso) e aqueles provenientes de áreas desfavorecidas ou minorias (para quem a ciência pode ser principalmente um instrumento de seleção para a progressão para o ensino superior. De acordo com Merzagora “se por um lado a ciência está oferecendo inegavelmente oportunidades para superar as formas de opressão e exclusão, por outro lado, os percursos de educação científica pode ser implicitamente na origem da discriminação processo”, afirma.

Uma das atividades desenvolvidas pelo projeto envolve uma série de oficinas de capacitação que destinam-se a proporcionar reflexões e ferramentas práticas sobre como capacitar as crianças na sua relação com a ciência, contribuindo para o progresso em direção a um sentimento de posse do conhecimento científico, isto é, ver a ciência como uma ferramenta para construir o mundo que gostaria de viver. 



Check some pictures of our collaborative coverage!

6 de Maio de 2014, 12:24, por Sarah C. Schmidt

 

Today our first plenary was held. We had a lot of contributions from participants. Everyone who wants to share impressions and experience can use the hashtag #PCST2014. 

Check some pictures of our collaborative coverage and join us:

 

 

 

por Sarah Costa Schmidt



Check out the live streamming of the PCST 2014 first plenary

6 de Maio de 2014, 9:35, por Sarah C. Schmidt

Check out the live streamming of the first Plenary of the 13th International Public Communication of Science and Technology at the link: http://softwarelivre.org/pcstbr/stream

Schedule: 

- 9am - 9:45am: Welcomes

- 9:45 a.m.-12 pm: Plenary - Social Inclusion, Political Engagamento and Scientific Communication 

Speakers: 

- Elizabeth Rasekoala (executive director of the African-Caribbean Network for Science & Technology (Nigeria and South Africa) 

- Alfredo Wagner (Federal University of Amazonas) 

- Claudia Aguirre (Parque Explora Medellin) 

Moderator: Marina Joubert (member of the scientific committe of the PCST Network, South Africa 

 

Do not forget to post your comments using the hashtag # PCST2014!

 

por Sarah Costa Schmidt



Acompanhe a abertura e primeira plenária do PCST 2014 ao vivo

6 de Maio de 2014, 9:18, por Sarah C. Schmidt

Acompanhe ao vivo a abertura da 13a Conferência Internacional de Comunicação Pública da Ciência (13th International Public Communication of Science and Technology) no link: http://softwarelivre.org/pcstbr/stream

Confira a programação:

9h - 9h45: Abertura

9h45-12h: Plenária

Inclusão social, Engagamento político e Comunicação Científica

 

Conferencistas:  

- Elizabeth Rasekoala (diretora executiva da African-Caribbean Network for Science & Technology (Nigeria and South Africa)

- Alfredo Wagner (Universidade Federal do Amazonas)

- Claudia Aguirre (Parque Explora de Medelin)

Moderadora: Marina Joubert (membro do comitê científico da PCST Network, África do Sul

Não se esqueça de postar seus comentários usando a hashtag #PCST2014!

 

 por Sarah Costa Schmidt

 

 

 

 

 

 



Postgraduate networking meeting: young researchers to tackle emerging problems within Science Communication

5 de Maio de 2014, 19:48, por Meghie Rodrigues

Postgraduate research in Science Communication was put on the table and under discussion this Monday morning at Fundação Oswaldo Cruz in Salvador, Bahia.

 

“Postgraduate research network in science communication” was hosted by Brian Trench (Dublin City University), Vanessa Brasil (Federal University of Rio de Janeiro) and Maarten van der Sanden (Delft University of Technology) and had the participation of around 40 postgraduate researchers, both in PhD and Master degree levels. Trench called the attention to the interdisciplinary nature of sci-comm and to the challenges still to be defied within this emerging field - where most practitioners are women, he pointed out.


The main objective was to get researchers with similar interests to engage with and know each other - but also to discuss what is the current state of Science Communication research. And with quite interesting results: Van der Sanden presented a preliminary mapping of sci-comm PhD theses defended in the countries which were the three latest to host PCST: India, Italy and now, Brazil. Out of 141 of them, most focused on the practical aspects of science education, means of communication, citizen engagement and museums. Theory and online media seemed to lag behind all others.


Van der Sanden saw the workshop “filled with researchers eager to tackle the research problems we have in Science Communication today”, and, in this sense, getting them together “is very important to the field because we need cutting-edge research in the area so we can have an evolution - or revolution - within Science Communication”.



Hoy comenzó la PCST 2014

5 de Maio de 2014, 19:31, por Marcela Salazar Granada

Por Maísa Oliveira e Carina Garroti

Conferencistas y participantes ya están llegando de diversos lugares del planeta: México, Argentina, Brasil, África del Sur, entre muchos otros países, para hacer el registro en la 13ª Conferencia Internacional de Comunicación Pública de Ciencia y Tecnología.

 

 Registro de los participantes en la PCST 2014

La directora ejecutiva de la Red Africana para el Caribe para la ciencia y tecnología, de África del Sur, Elizabeth Rasekoala, que participará de una plenaria sobre “Inclusión social, compromiso político y Comunicación Científica” mañana, a las 9:45 am, está emocionada con la participación de las mujeres en la conferencia y feliz que el evento sea en Bahía. “Nosotros [investigadores] estamos muy preocupados con la falta de inclusión social de afrobrasileños en la ciencia. He participado de muchos eventos científicos en Brasil y raramente vemos afrobrasileños, usted ni puede contarlos con una mano. Entonces, yo creo que la cuestión de la inclusión social en el sistema científico es realmente importante. Mis expectativas son que, por lo menos, tenga como inicio una discusión, porque no es solo sobre raza, es también sobre género”

   

 La conferencista Elizabeth Rasekoala con integrantes del equipo de comunicación de la 13ª PCST

 El participante, Luciano Levin, investigador de la Universidad Maimonides de Buenos Aires, Argentina, cree que es necesario practicar la comunicación de la ciencia, y no dejarla solo en la teoría. Cuestionado sobre sus expectativas para la PCST 2014, él comenta “quiero discutir sobre la realidad de los campos científicos de comunicación en América Latina”, añadiendo “los gobiernos dan poca importancia para la comunicación pública de C&T.

 El conferencista Luciano Levin con Germana Barata

 Tú también puedes participar de la cobertura de la #PCST2014, para eso:

1)Registrarse en http://softwarelivre.org/account/signup

2)Volverse miembro de la comunidad en http://softwarelivre.org/profile/pcstbr

3)Publicar tu texto en el muro de la comunidad http://softwarelivre.org/profile/pcstbr#profile-wall

Utiliza el hashtag #PCST2014 en publicaciones de facebook, twitter e instagram y tu material/foto puede aparecer en los canales oficiales de divulgación de la conferencia.

 

 



Cientista, brasileiro e blogueiro

5 de Maio de 2014, 19:15, por Rafael Evangelista

por Simone Caixeta

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais avaliaram 106 blogs científicos brasileiros, dentre outros itens, quanto à credencial do pesquisador, frequência e público alvo. Um dos focos da pesquisa foi delinear o impacto da cultura científica brasileira nos blogs, comparada a outros países. Os resultados do estudo serão apresentados na 13ª Conferência Internacional sobre Comunicação Pública, que se realiza em Salvador, Bahia, entre os dias 5 e 8 de maio.

O tempo, que poderia ser dedicado aos blogs, compete com a docência e a pesquisa. Apesar de ser um espaço para disseminação do trabalho do cientista, um dos principais problemas é a frequência de publicações, indica o estudo.



Models of public communication of science will be discussed in the plenary with Alan Irwin

5 de Maio de 2014, 16:37, por Maisa Maryelli de Oliveira

Alan Irwin has already come to Brazil four times and says “I have always come home with very happy memories”. This time, he will participate in a plenary session on "Science Communication and the audiences", during the 13th PCST in Salvador, which he sees as “a great chance to take stock of what is happening across the global scene of science communication”.

Dean of Research at Copenhagen Business School, in Denmark, a member of the Strategy Advisory Board for the UK Global Food Security Programme and a visiting professor at the Department of Management at the University of Glasgow, Alan Irwin has published on issues of science and technology policy, scientific governance, risk, and science-public relations. When asked about the Danish reality regarding the public engagement with Science, he explains that there is a strong history of public engagement, marked by the work of the Danish Board of Technology, known as a pioneer of consensus conferences and public dialogue. In this sense, he emphasizes that “the idea of dialogue is very much bound together with the Danish sense of national identity.  For Danes, consensus is not about taking the easy option but building a shared sense of direction through debate and (sometimes) direct disagreement”. On the other hand, Irwin points out that he doesn`t want to suggest that Denmark has a perfect record in this field, arguing that if public engagement with science was perceived as granted by the Danes, there would have the risk of it become so normal that nobody would fight for it anymore.

In the plenary session during the 13th PCST, Irwin intends to bring into discussion the relationship between the "deficit model" (which suggests that the public is scientifically lay and that this information gap must be filled by his exposure to science communication and scientific literacy) and the democratic approach (which is characterized by a concern with social inclusion and with learning from what ordinary people have to say).
 
Irwin draws attention to the fact that, very often, these two approaches of public communication of S&T are contrasted. However, for him, the most important is to reflect if we simply moved from deficit model to the democratic one or if the two models can coexist, and mainly, what do all these discussions mean for a session that proposes to debate “science communication and the audiences”.

Expectations of Alan Irwin for the 13th PCST are the best possible. “I am very excited to find out more concerning the development of science communication in Brazil, what new ideas and new approaches do you have and how can we, Europeans, learn from that. It is always interesting to compare national experiences and to see new initiatives cropping up in different places”.



Começa hoje a PCST2014

5 de Maio de 2014, 16:14, por Maisa Maryelli de Oliveira

Por Maísa Oliveira e Carina Garroti

Conferencistas e participantes já estão chegando de diversos lugares do planeta: México, Argentina, Brasil, África do Sul, dentre muitos outros países, para fazer o credenciamento na 13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública de Ciência e Tecnologia.



Credenciamento no PCST 2014

 

A diretora executiva da Rede Africana-Caribenha para a Ciência e Tecnologia, da África do Sul, Elizabeth Rasekoala, que irá participar de uma plenária sobre “Inclusão social, engajamento político e Comunicação Científica” amanhã, às 9h45, está empolgada com a participação das mulheres na conferência e feliz que o evento esteja acontecendo na Bahia. “Nós [pesquisadores] estamos muito preocupados com a falta de inclusão social de afrobrasileiros na Ciência. Tenho participado de muitos eventos científicos no Brasil e raramente vemos afrobrasileiros, você nem mesmo pode contá-los em uma mão. Então, eu acho que a questão da inclusão social no sistema científico é realmente importante. Minhas expectativas são que, pelo menos, tenha início uma discussão, porque não é só sobre raça, é também sobre gênero”.



A palestrante Elizabeth Rasekoala com integrantes da equipe de comunicação da 13ª PCST


Já o participante Luciano Levin, pesquisador da Universidade Maimonides de Buenos Aires, Argentina, acredita que é necessário praticar a comunicação da ciência, e não deixá-la apenas na teoria. Questionado sobre suas expectativas para a PCST 2014, ele comenta: “quero discutir sobre a realidade dos campos científicos de comunicação na América Latina”, acrescentando “os governos dão pouca importância para a comunicação pública de C&T”.

 

O conferencista Luciano Levin com  Germana Barata


Você também pode participar da cobertura da #PCST2014, para isso:

1) cadastre-se em http://softwarelivre.org/account/signup
2) torne-se membro da comunidade em http://softwarelivre.org/profile/pcstbr
3) publique seu texto no mural da comunidade http://softwarelivre.org/profile/pcstbr#profile-wall
 
Utilize a hashtag #PCST2014 em publicações no facebook, twitter e instagram e o seu material/foto pode aparecer nos canais oficiais de divulgação da conferência.

 

 



Acesso livre e a quebra da torre de marfim acadêmica

5 de Maio de 2014, 14:56, por Rafael Evangelista

por Simone Caixeta

O livre acesso à literatura científica é tema do painel “Can open access free academics from the ivory tower?” na 13ª Conferência Internacional sobre Comunicação Pública. Pesquisadores da Holanda, Estados Unidos e Austrália discutirão como as políticas que promovem o livre acesso podem ser conciliadas ao progresso acadêmico e a “uma necessidade sem precedentes por conteúdo midiático original”.

O movimento pelo livre acesso preconiza que tanto a comunidade científica quanto os governos, devem fazer esforços por ampla e irrestrita divulgação. O painel ainda explorará questões sobre a comunicação científica, no contexto do livre acesso, do ponto de vista antropológico, histórico e sociológico



Tags deste artigo: divulgação científica comunicação pública da ciência