Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

Invalid feed format.

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a radioaovivo
Tela cheia

SANTA LUZ FM: uma rádio premiada - Ouça ao vivo

22 de Setembro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 99 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 6810 vezes

Clique no player para ouvir a rádio ao vivo pelo Estúdio Livre.

 

SANTA LUZ FM: uma rádio premiada

por Paulo Marcos*

A Santa Luz FM opera 24 horas modulando em 104.9 Mhz e é uma emissora referência na radiodifusão comunitária no Brasil. A rádio tem uma associação comunitária que é gerenciada pela própria comunidade através de seus representantes, que são jovens comunicadores, dirigentes de entidades sociais de bairros e de classes e estudantes. As decisões da rádio são tomadas através de reuniões com os membros da diretoria, locutores e entidades que compõem o Conselho Comunitário e que garantem uma atuação apartidária da emissora.

Santaluz_vanio

– O negativo que me marcou – relata Edisvânio Nascimento –, foi ter participado de uma capacitação do UNICEF durante três dias, em Salvador, e quando cheguei aqui, em Santa Luz, a Polícia Federal já estava me esperando na porta do ônibus pra me pegar. Então, essa pra mim desabou... – na fala uma pausa, emoção e choro.

– Você ter trabalhado numa perspectiva de construção cidadã – tentando refazer a voz, ele continua –, buscar aprendizado para incentivar a sociedade do que nossas crianças precisam e você chegar e ser tratado como bandido
foi isso que eu senti. Ser obrigado a sentar num carro de polícia com armas aos seus pés é muita humilhação.

A Santa Luz FM, ao longo de dez anos, quando a Polícia Federal deixava, apresentou um conjunto de reportagens que contribuíram para a discussão de políticas públicas dirigidas à população infanto-juvenil na Região Sisaleira e, assim, se tornou referência no assunto. A prática da rádio demonstra, através das escutas que realizei que atua com responsabilidade social enquanto formadora de opinião e contribui para a construção de novos valores, buscando uma mudança de comportamento em seu público no que diz respeito aos direitos e deveres da população; e estimula a participação de adolescentes e jovens em sua programação.

Desde dezembro de 2008, a Santa Luz FM está no ar com outorga – depois de dez anos de luta – e sem interrupções. Agora também disponível na Internet através de seu blogue: santaluzfm.blogspot.com.

O maior problema enfrentado pelas rádios Valente FM e Santa Luz FM foi a burocracia para a liberação da outorga, que levou a estas e ainda leva outras emissoras a funcionarem sem concessão. Sobre essa questão de rádio funcionar sem autorização são diversas as opiniões:

– A Região do Sisal tem que criar um sindicato – defende José Ferraz –, para combater rádio pirata que dá prejuízo as rádios comerciais e também para combater os radialistas clandestinos, todo mundo hoje é locutor.


– Elas estão ocupando um espaço – sinalizou Nilton Feliz –, que as comerciais estão deixando por questões políticas. A Sisal comandou a região por uma década e meia e agora as comunitárias por terem baixo custo e serem mais
abertas para a comunidade conseguiram atrair ouvintes e anunciantes ... a rádio aqui [Sisal] tem que investir em qualidade para superar isso.

As rádios criadas pelos movimentos comunitários em vários municípios apesar de muitas vezes passarem pelos mesmos problemas das emissoras comerciais no tocante a controle político ou mesmo não desempenharem o papel social do rádio, tiveram e têm o papel de aproximar as pessoas do veículo e ao mesmo tempo oferecer o acesso ao direito humano de se comunicarem via a mídia. É também um espaço onde surgem novos comunicadores, que depois de alguma experiência migram para outras emissoras.

 

* O texto faz parte do Livro-reportagem "Os Radiojornalistas: O pensamento e o perfil dos produtores de notícias da Região Sisaleira" [Paulo Marcos 2009], trabalho de conclusão do Curso de Ráido e TV.


Tags deste artigo: rádio ao vivo streaming comunitária

99 comentários

Enviar um comentário
  • 23fb48dd8bcddd55fae81ccecc738b81?only path=false&size=50&d=404adailton(usuário não autenticado)
    9 de Maio de 2011, 15:34

    boa tarde

    ola boa tarde esto em quijingue e estou ouvindo essa radio vcs tem msn


  • 0d185f8d3a9624a8509da5eddb8e850d?only path=false&size=50&d=404simael nunes da cunha (usuário não autenticado)
    12 de Julho de 2011, 11:09

    quero que meu filho toque na santaluzfm uma hora dessa.

    Sou filho da boa terra e tenho frequentemente estodo por ai,lembrar se ao de min, veja so sou irmao de pedro que tem uma casa na saida da cidade,com bem recuada grande muro de pedra, duas palmeiras inperial, sou primo de lieta esposa de joao moura,zizizao,isrrael acogueiro tenho quaze 150 parentes ai.
    Sou pai de um poliestrumentista da UFBa, neto de santaluz acesse jaboborgeseventos, ou www.​jaco​borg​es.c​om
    tem nesses enderecos encontra se 14 videos e musica e em outros blog´s a fera toca: sanfona baixo violino 2. instrummento de formacao, violao piano, e pianista academico, metalofona e outros.
    ok nunes >>> simael 12/07/2011


  • D641e0a75ee145c86cb253ff4e85c096?only path=false&size=50&d=404edinor de almeida santos(usuário não autenticado)
    28 de Julho de 2011, 11:07

    prdido

    99 por cento pra não dizer100 por cento o q vem de nossa radio é nota 10.q


  • C76b3443a7549de636964f90412a154f?only path=false&size=50&d=404bruno(usuário não autenticado)
    2 de Agosto de 2011, 15:05

    não

    eu to em salvador ouvindo é radio


  • 0d185f8d3a9624a8509da5eddb8e850d?only path=false&size=50&d=404simael nunes da cunha(usuário não autenticado)
    19 de Outubro de 2011, 15:41

    simael

    Tenho acesado varias vezez nossa radio Santaluz fm, porem gostaria de saver se voces ja tocaram o musico www.​jaco​borg​es.c​om


    • 0d185f8d3a9624a8509da5eddb8e850d?only path=false&size=50&d=404simael nunes da cunha(usuário não autenticado)
      22 de Outubro de 2011, 14:58

      colocar musicas e videos (musicas) de WWW.JACOBORGES.COM

      Se chamar o homem para fazer um repial ai eu acho que ele vai faz um 13 anos que ele nao tem ido por ai, de repente ele vai tocar: baixo violao guitarra violino teclado sanfona metalofone e outros poliestrumentista formado pela UFBa


  • 2fa8854ea5a82eb92900b4636aaa90fb?only path=false&size=50&d=404edmilson(usuário não autenticado)
    15 de Novembro de 2011, 22:44

    mensagem

    ola,pessoal da radio e pessoal luzense,quero agradecer pela programação,e dizer que sou luzense e acompanho sempre todas as novidades da radio,diretamente pela internet aqui em SP.abracos a tdos.


  • 98d4b9eac7ecacb2a9525e90890670fa?only path=false&size=50&d=404evellyn(usuário não autenticado)
    12 de Janeiro de 2012, 0:24

     

    ola sou de goiania e tenho um primo que ora em santa luz bahia e nossa familia perdeu o contado com ele a mto tempo sera que vcs da radio poderia localizalo e urgente o nome dele e ericson nao sei completo neto da laurencia celesina soares de goiania diga por favr se puder agradeço


  • B2368cab111bac70006f991263cfd987?only path=false&size=50&d=404Idailson R. R. Nunes (usuário não autenticado)
    19 de Março de 2012, 16:56

    parabénisar

    Ola sou dessa cidade querida que se chama Santa luz há que saudades mas fico muito feliz em saber que vocés levam alegria a esse povo sertanejo se fosse possivel vocés fizessem uma inquete com os impresarios para fazer uma novela falando do sisal nossa planta quem sabe podia trazer muitos investimentos para a nossa região espero resposta anciosamente já que morro em salvador mas sempre que posso estarei ai em minha terra natal um grande abraço


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.