Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Café com Tapioca de Anivesário

18 de Setembro de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

http://www.cejug.org/download/attachments/12386313/logo.gif?version=1 ProgramaçãoInscriçõesBlogContatoTwitter

19 de setembro (sábado) na FA7

Lançamento do Café com Tapioca de Aniversário

O Cejug chega aos seus sete anos de existência e entre seus diversos programas o Café com Tapioca já é um dos mais tradicionais eventos de Java e TI no Nordeste. Trazendo palestrantes nacionais e internacionais, o evento reúne e agrega a comunidade Cerense dos aficionados por Java mostrando as novidades, tendências e trabalhos de desenvolvimento do estado e do mundo. 

Venha prestigiar o evento, participar, conhecer pessoas incríveis, ganhar brindes e fazer parte dessa história.

Leia mais.

Programação

- 8h10: Credenciamento

- 8h40: Abertura

- 9h10: O caminho da produtividade para desenvolvedores web com Bruno Pereira

- 10h:   Como fazer uma aplicação JEE/JME para rodar nos 4 cantos do mundo com Régis Melo

- 11h:   O mito dos times ágeis com Victor Oliveira

- 12h – Intervalo para Almoço. Opções próximas: Pão de AçúcarMcDonald's ou Subway ou um pouco mais longe: Spettus (Shopping Salinas - mapa); Ferreiro Café (Shopping Iguatemi - mapa).

- 13h30: Os 10 maus hábitos dos desenvolvedores JSF com Tarso Bessa e Rafael Ponte

- 14h20: Turbinando sua aplicação com Lucene: conheça Solr e Hibernate Search com Jeveaux

- 15h10: Lanche

- 15h20: O que matou o RUP também pode matar o Agile com Rodrigo Yoshima

- 16h30: "Desmistificando o TDD na prática" com  Paulo Silveira

- 17h40 - Sorteios


Patrocínio


Faculdade 7 de Setembro

Concrete Solutions

Usix Technology

Caelum


Apoio

Oktiva - A melhor escolha para seu site!


Organização

http://www.cejug.org/download/attachments/12386313/logo.gif?version=1


Linguágil 3.0 com data definida

6 de Junho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda


Definida a data para a terceira edição do Linguágil, o Linguágil 3.0. A filosofia linguágil visa a mistura de linguagens e metologias ágeis de desenvolvimento de software. E para consagrar esta mistura, diversos grupos de usuários de metologias ágeis e de linguagens de programação como python, php e java e se juntaram para fazer um único evento.
O evento será na Faculdade AREA1 entre os dias 14 à 17 de setembro de 2011. Nesta edição, também será aberta uma nova thread para dispositivos móveis como o Android. Para maiores informações sobre este evento e eventos anteriores, acessem: http://www.linguagil.com.br/



semana de informática da Faculdade Dom Pedro II

28 de Maio de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda


logo.jpg

Acontecerá entre os dias 1 à 3 de junho a semana de informática da Dom Pedro II que fica localizado no comércio, confira abaixo a programação do evento:
Quarta-feira ( 1 de junho)
Palestra: O futuro do java
Horário: 18:00
Palestrante: Otávio Santana
Graduando em Engenharia de Computação. Desenvolvedor em soluções Open Sources. Equipe de desenvolvimento do projeto Ekaaty Linux, líder da célula de Desenvolvimento da Faculdade AREA1 e membro ativo da comunidade JavaBahia e do grupo Linguágil.

Palestra: Computadores de grande porte: uma área com muitas oportunidades
Horário: 19:00
Palestrante: Ednálvaro Falcão
Formado em Processamento de Dados e pós graduado em Administração. Atua na área de computação de grande porte desde 1969, tendo passado por empresas e instituições bancárias. Também atuou como consultor independente e, atualmente, é instrutor do SENAI Cetind.
Palestra: Android Poliglota: várias linguagens, uma plataforma
Horário: 20:00
Palestrante: Márcio Albuquerque
Analista de sistemas do Serpro/Salvador, membro atuante do grupo PHP-Bahia e do grupo linguágil. Ensina orientação a objetos aos seus alunos usando Coding-Dojo.

Mini-Curso: Python na Google Application Engine
Horário: 18:00-21:00
Instrutor: Luiz Cláudio
Formado em Processamento de Dados, especialista em Redes de Computadores e mestrando em Modelagem Computacional. Atualmente é Assessor do IEL/BA. Trabalha com desenvolvimento e administração de sistemas desde 1996, tendo usado diversas linguagens e metodologias. É membro dos grupos Python Bahia e LinguÁgil.

Quinta-feira ( 2 de junho)

Palestra: Software Livre como Alternativa Sustentável
Horário: 18:00
Palestrante: Cristiano Furtado
U
m dos fundadores do Projeto Ekaaty Linux e atualmente é o articulador da distribuição. Membro ativo de comunidades de software livre em todo território nacional e líder da Célula de Software Livre da Faculdade AREA1 em Salvador – Bahia.


Palestra: Primeiros passos com php
Horário: 20:00
Palestrante: Lucas Gomes
Graduando em engenharia de Computação e analista atualmente é responsável pela célula de php da Faculdade AREA1.

Mini-Curso: DOJO Rails
Horário: 18:00-21:00
Instrutores: Luciano Borges e Alex Chastinet
Luciano Borges

Mestrando em Sistemas de Computação pela Unifacs, analista de desenvolvimento do SERPRO e professor da Faculdade Hélio Rocha. Experiência em desenvolvimento de sistemas web, tendo atuado de programador a gerente de projetos nas empresas em que atuou. Entusiasta dos temas: sistemas web, sistemas de informações geográficas nas web (sigweb) e ruby on rail

Alex Chastinet

Membro do grupo LinguÁgil, é fundador do grupo de usuários de metodologias ágeis Agile Bahia. Atua como Scrum Master a mais de 3 anos. É certificado PSM (Professional Scrum Master) pela Scrum.org.

Sexta-feira ( 3 de junho)

Palestra: Ekaaty Linux
Horário: 18:00
Palestrante: Cristiano Furtado
U
m dos fundadores do Projeto Ekaaty Linux e atualmente é o articulador da distribuição. Membro ativo de comunidades de software livre em todo território nacional e líder da Célula de Software Livre da Faculdade AREA1 em Salvador – Bahia.

Palestra: Criando Aplicações com o SUSEstudio
Horário: 19:00
Palestrante: Raul Libório
Amante de Shell-Script, é Membro do openSUSE, com participação nas equipes de Artwork, Wiki e Tradução. É também moderador do fórum forums.opensuse.org

Palestra: Criando Aplicações com o SUSEstudio
Horário: 20:00
Palestrante: Lucilia de Oliveira
Graduada em Sistemas de Informação pela FIB - Estácio de Sá, atualmente exerce o cargo de Analista de Testes da SAEB - Secretaria de Administração do Estado da Bahia. Iniciando, o curso de Especialização em Engenharia e Qualidade de Software no Centro Universitário Unijorge.


JavaBahia-NovaLogo.pnglogogrupo.pngekaaty.png



Encontro mensal na IFBA dentro do II SETE

13 de Maio de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda


O grupo do JavaBahia e o grupo Linguágil estarão na II Semana de Engenharia, Tecnologia e Inovação do IFBA (SETE). O evento ocorrerá de 23 a 27 de maio nas instalações do IFBA (Antigo CEFET-BA) campus Salvador. Dentre as atividades programadas, haverá palestras, mesas redondas, minicursos e visitas técnicas sobre temas específicos das áreas abordadas, além de recolhimento de lixo eletrônico e ações beneficentes. Como de costume, a taxa de inscrição da SETE será 1kg de alimento não-perecível por minicurso.

Confira abaixo a programação dos palestrantes que fazem parte do grupo:

Terça-feira - 24 de maio de 2011

SALA 1:

horário: 18h00-19h00
Palestra: Google maps API
Palestrante - Luciano Borges

horário: 19h00-20h00
Palestra: TDD – Aplicando princípios OO
Palestrante: Alex Chastinet

horário: 20h00-21h00
Palestra: Usando Python na Google Application Engine
Palestrante: Luiz Cláudio


Quinta-feira - 26 de maio de 2011

SALA 2:

horário: 18h00-19h00
Palestra: Por que Java?
Palestrante: Otávio Santana

horário: 19h00-20h00
Palestra: Gaelyk: Desenvolvimento Ágil em Groovy nas Nuvens da Google
Palestrante: Serge Rehem


horário: 20h00-21h00
Palestra: Android
Palestrante: Marlon S. Carvalho


horário: 21h00-22h00
Palestra: Android Poliglota: várias línguas uma plataforma
Palestrante: Márcio Albuquerque


Para verem a programação completa acessem: http://www.sete.ifba.edu.br/




eBook: Open Source - Evolução e Tendências by Cezar Taurion

4 de Abril de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Uma visão da evolução do modelo Open Source, de 2007 até 2011. O livro, através da coletânea de posts do meu blog mostra como o modelo evoluiu de discussões muitas vezes orientadas a motivações ideológicas para uma visão mais pragmática. Hoje Open Source já faz parte do portfolio da maioria das empresas, tanto usuárias quanto das principais produtoras mundiais de software.

http://www.copa2014.org.br/midia/noticias/thumb_a_grande_infraestrutura_tecnologica_para_a_copa_de_2014_992010-132149-1.jpg

Em 2004 publiquei um livro sobre Software Livre (Software Livre - Potencialidades e Modelos de Negócios, editora Brasport). Já fazem mais de seis anos desde então e muita coisa aconteceu. Creio que é tempo de fazer um balanço do que mudou nestes seis anos. Open Source já é, indiscutivelmente, parte integrante da paisagem da indústria de software. O modelo continua evoluindo e se disseminando pela sociedade. Hoje ignorar o Open Source é ignorar a própria evolução da indústria.

Open Source é inevitável para qualquer empresa, seja ela produtora ou usuária de software. Sua barreira de entrada é praticamente zero e qualquer software Open Source está apenas a um clique de distância. Basta acessar um site e fazer download. Além disso, muitos produtos comerciais embutem soluções Open Source. Segundo estimativas do Gartner, em torno de 2013 pelo menos 85% dos produtos comerciais do mercado embarcarão algum componente Open Source. Portanto, Open Source deve fazer parte da... (Read more)
Em 2004 publiquei um livro sobre Software Livre (Software Livre - Potencialidades e Modelos de Negócios, editora Brasport). Já fazem mais de seis anos desde então e muita coisa aconteceu. Creio que é tempo de fazer um balanço do que mudou nestes seis anos. Open Source já é, indiscutivelmente, parte integrante da paisagem da indústria de software. O modelo continua evoluindo e se disseminando pela sociedade. Hoje ignorar o Open Source é ignorar a própria evolução da indústria.

Open Source é inevitável para qualquer empresa, seja ela produtora ou usuária de software. Sua barreira de entrada é praticamente zero e qualquer software Open Source está apenas a um clique de distância. Basta acessar um site e fazer download. Além disso, muitos produtos comerciais embutem soluções Open Source. Segundo estimativas do Gartner, em torno de 2013 pelo menos 85% dos produtos comerciais do mercado embarcarão algum componente Open Source. Portanto, Open Source deve fazer parte das estratégias das empresas usuárias de software como das que produzem software.

O modelo Open Source e suas regras de liberdade, como liberdade para acessar seu código fonte e redistribuir cópias, alteradas ou não, abre espaço para novos modelos de negócio. O tradicional modelo de ganhos econômicos baseados em comercialização de licenças pode ser substituído por ganhos em serviços, como distribuição, suporte e educação. A explicação é simples: no modelo comercial, todo o custo de desenvolvimento é do produtor de software, que para recuperar rapidamente este investimento, precisa vender licenças de uso do seu software. No modelo Open Source, fundamentado em desenvolvimento aberto e colaborativo, os custos são distribuidos por todos os participantes de uma comunidade. Não havendo a pressão para a recuperação rapida dos custos de desenvolvimento, pode-se desenhar modelos de negócios mais flexíveis.

Uma outra característica interessante é que sendo aberto e colaborativo, o modelo Open Source desacopla o software do controle exclusivo de uma unica empresa. Qualquer usuario ou empresa pode acessar o código, distribuí-lo e operá-lo. Não existem pagamentos de licenças nem de royalties. Entretanto, esta mesma liberdade abriu espaço para a criação de novos negócios, como a distribuição de produtos Open Source empacotados. Um exemplo são as distribuições Linux. Na prática a distribuição é um serviço que uma empresa presta a outros, assumindo as tarefas de integrar componentes de software, testá-los e adicionar utilitarios que auxiliem o processo de instalação e configuração.

Nestes últimos anos foi indiscutivel que o modelo de Open Source amadureceu, bem como as percepções do mercado mudaram significativamente. Lembro que há alguns anos atrás ainda haviam muitas dúvidas básicas como, por exemplo, se Open Source era ou não um software de dominio publico. Hoje está claro que Open Source não é um software de dominio publico. Um software Open Source é um software licenciado, com algumas pessoas detendo os direitos sobre o código fonte ou sobre a marca.

Alguns dominios de aplicação de software, como sistema operacionais e web servers já são bastante populares como alternativas Open Source. Basta ver o sucesso alcançado pelos projetos Linux, Eclipse e Apache. Outros segmentos ainda estão mais incipientes, mas ao longo do tempo o modelo Open source vai se entranhar por toda a industria.

A proposta deste blogbook é a de compartilhar idéias e colaborar para o debate de como e quando adotar Open Source nas empresas. Ele é fruto de projetos, estudos e conversas com executivos de diversas empresas, resumidos em posts publicados no meu blog entre 2007 e 2010.
(Less)

by Cezar Taurion

* fonte: Smashwords



José Alencar morre em São Paulo aos 79 anos

29 de Março de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Depois de lutar por mais de 13 anos contra o câncer, o ex-vice-presidente da República José Alencar morreu na tarde desta terça-feira (29), aos 79 anos, em São Paulo. A informação foi confirmada pela equipe médica.

Nesse período ele foi submetido a 17 cirurgias, perdeu um rim, dois terços do estômago e partes dos intestinos delgado e grosso. Alencar era casado com Mariza Campos Gomes da Silva, pai de três filhos --Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia -- e avô de cinco netos (em 2001 ele passou a responder a um processo de reconhecimento de paternidade ajuizado por Rosemary de Moraes).

http://www.depositonaweb.com.br/wp-content/uploads/2009/07/jose-alencar.jpg

O quadro clínico do empresário que ajudou a eleger Lula em 2002 e em 2006 piorou três dias antes do último Natal, quando foi internado com urgência após uma nova hemorragia abdominal provocada pelo tumor no intestino. Os médicos contiveram o sangramento, mas não puderam retirar os tecidos comprometidos pela doença, impedindo o político mineiro de se despedir do cargo em Brasília e de participar da posse da presidente Dilma Rousseff.

De dezembro até os primeiros meses de 2011, o ex-vice voltou a ser internado diversas vezes, sempre em situação muito grave (veja histórico abaixo). Cirurgias foram descartadas nas últimas internações devido ao estado delicado de sua saúde.

Em novembro de 2009, Alencar garantiu que se a saúde permitisse seria candidato ao Senado. No início do ano passado, cogitou tentar o governo de Minas Gerais. Porém, em abril, afirmou que não disputaria cargos por estar em tratamento de quimioterapia contra o câncer.

"Decidi não me candidatar a nada. Vou cumprir o meu mandato até o último dia, se Deus quiser, e descer a rampa da mesma forma que subi. Subi a rampa com ele [Lula], vou descer com ele. Ele também não se afastou, vamos juntos", disse na ocasião. Proibido pelos médicos, ficou no hospital enquanto Dilma e seu sucessor, Michel Temer, recebiam o cargo no Palácio do Planalto.

Histórico

Os problemas do ex-vice-presidente com o câncer começaram em 1997, quando descobriu dois pequenos tumores malignos no rim direito e no estômago. Na ocasião, Alencar foi operado no mesmo dia.

Submeteu-se a duas cirurgias --em 2000 e 2002-- para tratar de um câncer da próstata. Em 2006, foi a vez de um tumor retroperitonial (atrás da membrana serosa que recobre as paredes do abdome e a superfície dos órgãos digestivos).

Em outubro de 2007 Alencar foi operado novamente do tumor no retroperitônio. Numa revisão da cirurgia em 20 de dezembro, foi detectado um "ponto minúsculo" na mesma região, e os médicos decidiram fazer sessões de quimioterapia para combatê-lo.

Entre 12 e 19 de janeiro de 2008, ficou internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por conta de uma infecção decorrente da quimioterapia. Recebeu alta aparentando fragilidade, mas com otimismo. Na ocasião, disse que queria almoçar em uma churrascaria.

Depois disso, voltou a ser hospitalizado outras vezes para ser submetido a tratamentos de quimioterapia. No dia 26 de julho de 2008, Alencar admitiu em uma entrevista coletiva que estava novamente com câncer. Ele disse a jornalistas, em Brasília, que exames de rotina feitos em São Paulo mostraram "uma recorrência".

Rezem por mim, o negócio está feio

Alencar, em 6 de janeiro de 2008

Na ocasião, ele descartou a possibilidade de se afastar temporariamente da Vice-Presidência da República.

Em janeiro de 2009, enfrentou cerca de 17 horas de operação para a retirada de nove tumores na região abdominal. Na mesma cirurgia, os médicos retiraram parte do intestino delgado, outra do intestino grosso e uma porção do ureter, canal que liga o rim à bexiga. Alencar ficou internado 22 dias após a operação.

Já em maio do mesmo ano, novos exames apontaram o retorno de tumores malignos em "alguns pontos da cavidade abdominal". Mas, no final de outubro de 2009, Alencar disse que o último exame realizado mostrava uma "redução substancial" dos tumores.

No início de julho de 2010, Alencar deu entrada no hospital Sírio-Libanês para uma sessão de quimioterapia, mas apresentou uma crise de hipertensão e foi internado em seguida. Após três dias, foi diagnosticada uma isquemia (deficiência na irrigação sanguínea) cardíaca, o que estava provocando uma irrigação insuficiente em uma das paredes laterais de seu coração.

Por isso, foi feita a colocação do stent (dispositivo para dilatar vasos sanguíneos) no coração. Na ocasião, ele também passou por um cateterismo (exame para verificar as condições de vasos sanguíneos).

Em setembro, o vice-presidente voltou a ser internado para tratar um edema agudo de pulmão. Já no final de outubro, Alencar foi internado com um quadro de suboclusão intestinal.

No começo de novembro, sofreu um infarto agudo do miocárdio e foi submetido a um novo cateterismo. No dia 27 de novembro, Alencar foi operado para desobstruir o intestino. A cirurgia durou cinco horas e resultou na extração de dois nódulos e 20 centímetros de seu intestino delgado. No final do procedimento, ele sofreu uma arritmia cardíaca, que foi revertida.

No meio de dezembro, Alencar deixou o hospital após passar 25 dias se recuperando da cirurgia e submetendo-se a sessões de hemodiálise, por conta do comprometimento das funções renais. Em 22 de dezembro, porém, voltou ao hospital, de onde só recebeu alta no dia 26 de janeiro.

Alencar voltou a ser internado às pressas no dia 9 de fevereiro devido a uma perfuração intestinal. Ele deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 15 de fevereiro e recebeu alta médica 34 dias depois. No dia 28 de março retornou ao hospital em situação considerada crítica e foi internado novamente na UTI.

Biografia

Filho de um pequeno comerciante de um vilarejo mineiro, José Alencar Gomes da Silva começou a trabalhar cedo e deixou a família quando tinha 14 anos para empregar-se numa loja na sede do município de Muriaé (MG).

Em 1947, atrás de um emprego melhor, mudou-se para Caratinga, cidade em que conheceu Mariza, com quem se casou. Aos 18 anos, foi emancipado pelo pai (na época, a maioridade civil ocorria aos 21 anos) e, com apoio financeiro de um irmão, abriu uma loja na cidade.

Você não sabe o que é a morte, então você não tem de ter medo da morte. Você tem de ter medo é da desonra, dela você tem de ter medo, isso mata você."

Alencar, em 30 de dezembro de 2007

Hoje, a Coteminas S.A., controlada pela família de Alencar, é a maior empresa do setor têxtil do país e um dos mais importantes grupos econômicos do Brasil.

Alencar causou surpresa, à esquerda e à direita, ao aceitar a posição de vice na vitoriosa chapa de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, na campanha de 2002. Quatros anos depois, foi reeleito vice-presidente.

Em julho de 2010, um juiz da comarca de Caratinga (MG), declarou José Alencar oficialmente pai de Rosemary de Morais, que passou a assinar Gomes da Silva. A sentença faz parte de uma ação de reconhecimento de paternidade ajuizada em 2001.

Leia mais no UOL .....

Leia sobre a vida de José Alencar no Wikipédia ...

* fonte: UOL



Tags deste artigo: cejug cafe com tapioca java jsf xp scrum jee jme lucene hibernate