Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Serpro e Dataprev lançam Expresso em Nuvem

9 de Dezembro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1263 vezes

Nesta quinta-feira, 9, em Brasília, será lançado oficialmente o primeiro serviço em nuvem do governo brasileiro: "O Expresso em Nuvem pretende ser um ponto de convergência de comunicação no governo", afirma Marcos Melo, coordenador responsável pelo projeto no Serpro.

Expresso_em_nuvem

"O conceito de nuvem muda bastante a característica da prestação de serviço, já que com o apoio de inteligência computacional teremos condições de oferecer melhor disponibilidade, mais qualidade e menor custo para os clientes", ressalta Melo. O objetivo do Serpro e da Dataprev é oferecer uma suíte de comunicação completa, que agrega correio eletrônico, agenda, mensageria instantânea, serviços VoIP, workflow, diretório único de governo, bem como a sincronização de mensagens e agenda com dispositivos móveis (celular), a todas as instituições públicas, independente do tamanho, desde pequenas prefeituras a grandes ministérios.

Mercado
A contratação de uma solução de correio eletrônico corporativo demanda alto investimento por parte das organizações. Com o Expresso em Nuvem, a expectativa é que o serviço tenha um valor muito menor do que o preço atual praticado e, com isso, possa viabilizar o uso de uma solução de comunicação livre, robusta e integrada. O modelo de negócio orientado a serviço será construído pelo Serpro, em conjunto com os parceiros, ao longo dos próximos quatro meses.

Outra vantagem do Expresso é que uma solução desenvolvida em código aberto não se restringe à redução dos custos, mas também gera independência tecnológica ao país e investimentos na produção e compartilhamento de conhecimento dentro do governo.

Monitoração
A expectativa é que o Expresso em Nuvem seja um serviço altamente crítico para o governo, por isso monitorado em tempo real, o que permite a atuação de forma rápida e eficaz em qualquer incidente. Para isso, conta com o apoio do Projeto Farol (arquitetura integrada de monitoração) para controlar todos os ativos tecnológicos envolvidos na disponibilidade do serviço.

Acessibilidade
O coordenador explica que as funcionalidades do Expresso não terão grandes alterações, mas que em paralelo ao lançamento do Expresso em Nuvem, será entregue um novo módulo de acessibilidade, que permitirá a pessoas com deficiência visual ter acesso a suíte de comunicação.

TV Serpro
Saiba mais sobre o Expresso em Nuvem na entrevista da TV Serpro.

Comunicação Social do Serpro - Brasília, 8 de dezembro de 2010

* Site Oficial: Expresso Livre

NOTA:


Tags deste artigo: dataprev workflow agenda celepar serpro expresso nuvem webmail

1Um comentário

  • C4a16add3901dd1fc58a5b1381cf76f7?only path=false&size=50&d=404comunidade Expresso(usuário não autenticado)
    9 de Dezembro de 2010, 14:17

    Ideia antiga, faltou marketing

    A Celepar possui dezenas de clientes (orgaos do governo do Paraná) usando o mesmo ambiente Expresso Livre há anos. Isso é o Expresso Nuvem.


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.