Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Programa NavegaPará amplia atuação para 90 cidades

17 de Maio de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1858 vezes

O programa NavegaPará, já presente em 60 municípios com 100 infocentros públicos, conquistou, junto ao governo federal, 210 novos infocentros, além de mobiliário, impressoras e monitores. As verbas vêm do Ministério da Ciência e Tecnologia, via Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O governo paraense também conquistou 11 antenas do programa Governo Eletrônico, Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), que, por satélite, leva internet a lugares remotos e de difícil acesso. De acordo com o secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), João Weyl, as 11 antenas vão viabilizar pontos de acesso e operação de infocentros, sobretudo em municípios do sul do Pará, como Parauapebas, Itupiranga e Bannach.

"Nosso projeto ao Gesac, que foi aprovado, abre uma margem grande de escolha entre equipamentos, por exemplo, ou novos pontos de conexão", informa João Weyl. "Em muitos casos, deveremos optar por novos pontos de conexão, o que pode elevar de 11 para mais de 40 os novos municípios atendidos."

Quantos aos 210 novos infocentros, cada um terá 11 computadores, uma impressora e pelo menos dois monitores, com bolsa de R$ 245 oferecida pelo CNPq. "Além destes 420 novos monitores, aprovamos bolsas para 182, que atuarão em infocentros já implantados do NavegaPará, possibilitando o aumento do horário de funcionamento e beneficiando mais pessoas." (Atualmente, os monitores recebem bolsas do Banco da Amazônia, de R$ 360).

Os equipamentos e bolsas começam a ser operados em julho próximo. Com a ampliação, o NavegaPará, hoje beneficiando 60 municípios, chegará a 90 cidades, com inclusão digital gratuita, cursos de informática, telecentros de negócios, acesso livre em praças e orlas e integração de órgãos públicos por internet de alta velocidade (já são mais de 1.500 órgãos interligados, entre os quais mais de 600 escolas).

Para o titular da Sedect, Maurílio Monteiro, o NavegaPará se insere num programa mais amplo, de induzir no Estado um novo modelo de desenvolvimento, "no qual a produção e a circulação de informação são importantes agentes de competitividade".

"Investimos mais de R$ 50 milhões no programa, que inovou ao combinar fibra óptica com sinal de rádio, e chega a lugares distantes, atravessando alguns dos maiores rios e florestas do planeta", afirma Maurílio Monteiro. "Esta ampliação que agora se conquista é um reconhecimento do governo federal ao nosso esforço e à base tecnológica que montamos."

* fonte: Convergência Digital


Tags deste artigo: furusho pará telecentro inclusão digital

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.