Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

CELEPAR sedia seminário sobre Plano de Banda Larga para estados e municípios

17 de Agosto de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1127 vezes

A Celepar sedia nesta quarta-feira (18) a edição deste ano do Paraná Wireless, evento que reunirá representantes e executivos das esferas governamentais federal, estadual, municipal e da iniciativa privada para discutir os Planos Nacional e Estadual de Banda Larga. O evento pretende estimular o desenvolvimento de novas aplicações e serviços em prol da modernização do poder público.

Para o presidente da Companhia de Informática do Paraná, José Antonio de Castro, os planos lançados pelos governos federal e estadual são um incentivo à oferta de novos serviços para os governos, operadoras e entidades que buscam ampliar o acesso da população à internet e a outros serviços de telecomunicações.

Na opinião de Castro, o Paraná Wireless pode contribuir significativamente para Estado e municípios. “Nossos gestores terão a oportunidade de conversar diretamente com as pessoas responsáveis pela implementação do Plano Nacional de Banda Larga, liberação de créditos para financiamento de projetos e desenvolvedores de sistemas e aplicativos de tecnologia da informação e comunicação. Assim, esperamos que o evento contribua com os planos de modernização de cada localidade”, acrescenta.

Thiago Chagastelles, gerente da Network Eventos, que promove o Paraná Wireless, aposta no início de uma nova era para municípios e estados brasileiros. Por isso, segundo ele, debates que envolvam governo e entidades do setor ajudam a incentivar boas práticas.

PROGRAMAÇÃO - “O Plano Nacional de Banda Larga e o Impacto nas Cidades Digitais” será o primeiro painel do evento. Está confirmada a presença de Magdiel da Costa Santos, presidente da Global Info e de Claudio Marcelo Siena, presidente da Redetelesul. Outro painel, “A Banda Larga como indutora de Desenvolvimento Econômico e Social”, terá a participação de Joeval de Oliveira Martins, gerente de Canais da Motorola e Dario Menezes, gerente de engenharia da Furukawa.
A partir das 14h30, começa o terceiro painel do Paraná Wireless, “Software Livre para a Gestão Pública Municipal e nas Cidades Digitais”. Em seguida, Martins, da Motorola, e representantes da WNI do Brasil e da Minascontrol participarão do painel “Cidades digitais brasileiras: Cases de Sucesso”.

Para o encerramento do evento está programada a realização do painel “O PNBL e os provedores de Internet no Brasil”. Na ocasião, estarão presentes nomes como Santos, da Global Info e Claudio Marcelo Siena, presidente da Rede Telesul, Rafael Sá, presidente da InternerSul e de Eduardo Neger, presidente da Abrater, entre outros convidados.

PLANO ESTADUAL
– Para acelerar a presença de banda larga nos municípios paranaenses, utilizando fibras ópticas da rede elétrica e a oferta de um preço mais baixo para acesso, o governador Orlando Pessuti assinou decreto no último dia 10 isentando de pagamento de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) os pequenos provedores de internet, desde que estes ofereçam serviços de acesso à web a preços populares – R$ 15 por conexão de 256 Kbps e R$ 30 pela de 512 Kbps.

O decreto prevê que a conexão à internet deve ser adquirida junto à Companhia Paranaense de Energia (Copel), que possui rede de fibra ótica espalhada em 227 dos 399 municípios paranaenses. Até o final do ano serão 240 municípios e, em três anos, a Copel pretende chegar a todas as cidades do Estado. Além de isentar de ICMS os pequenos provedores, o acordo prevê redução na margem de lucro da Copel quando a venda de acesso à internet for feita para pequenos provedores e prefeituras que possuam projetos de Cidades Digitais. Nestes casos, o megabit por segundo será vendido por R$ 230.

Com essa medida, o governo paranaense sai na frente da Telebrás, responsável pela execução do Plano Nacional. Para Carlos Eduardo Moscalewsky, diretor da Copel, a iniciativa é plenamente justificável, já que a Telebrás não está presente nos principais municípios. Ele garante que os municípios poderão comprar internet mais barata da Companhia. Para tanto só precisarão comprovar que executam algum tipo de programa de Cidade Digital, como telecentros, acesso internet nas escolas, etc. As administrações municipais ou os pequenos provedores cuidarão apenas da última milha de acesso, já que a Copel entregará o sinal na sede das prefeituras ou dos provedores.

Serviço:
Paraná Wireless
Dia 18 de agosto de 2010
Das 9h às 18h
Local: auditório da Celepar
Rua Mateus Leme, 1561

* Programação, clique aqui

Tags deste artigo: internet pebl telebrás paraná pnbl fibra ótica copel município comunicadora digital celepar furusho cidade wireless

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.