Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
 

Blog RSS feed

ou

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Noosfero obtém novo reconhecimento nacional com Prêmio da Fundação Banco do Brasil

12 de Dezembro de 2017, 16:31 , por Matheus Sampaio - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 27 vezes

Premiobb

No dia 23/11 em Brasília foi realizada a cerimônia de premiação 9ª edição do Prêmio Banco do Brasil de Tecnologia Social. A Colivre participou do evento como finalista da categoria Cidades Sustentáveis/Inovação Digital com o projeto Noosfero: plataforma web livre para a criação de redes sociais autônomas. O prêmio, que acontece a cada dois anos, é o principal instrumento de identificação e certificação de tecnologias sociais que compõem o Banco de Tecnologias Sociais – BTS da fundação.  A edição de 2017 também contou com uma categoria internacional para a América Latina e obteve 735 inscrições de tecnologias sociais latino-americanas.

Com características que permitem fácil adaptação para as mais variadas necessidades de comunicação o Noosfero permite a construção de redes sociais das mais diversas temáticas, sejam redes econômicas, educacionais, de participação social, de pontos de cultura, de observatórios do trabalho, intranets, provedores de blogs, etc. Com o Noosfero, a organização deixa de ser apenas usuária de serviços proprietários e passa a ser provedora de uma rede social. A rede social da Economia Solidária Cirandas.net; a plataforma nacional de participação social Participa.br; a Rede Nacional de Observatórios do Trabalho; a rede social das cooperativas do estado da Bahia, Rede Olá; e a Universidade Católica do Salvador são alguns exemplos de redes sociais que utilizam o Noosfero.

Como finalista, a Colivre ganhou um troféu e um documentário sobre o Noosfero. Através do Noosfero, a Colivre já conquistou 3 prêmios nacionais em primeiro lugar: o 9º Prêmio Cooperativa do ano em 2014, promovido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB); o Prêmio Pontos de Mídia Livre do Ministério da Cultura, em 2015 e o Prêmio Especial Recursos Educacionais Abertos da Revista ARede Educa.

Fundada em abril de 2006 na cidade de Salvador por estudantes e recém formados do curso de administração e de ciência da computação da UFBA, a Colivre utiliza os princípios do software livre para prestar serviços de desenvolvimento de software, capacitação, cursos, workshops e consultorias, prezando pela liberdade e autonomia tecnológica dos seus clientes. Confira este vídeo, em que um dos sócios da Colivre fala um pouco de como funciona o modelo de negócio da cooperativa.

Veja abaixo o vídeo produzido pela Fundação BB sobre o Noosfero:

 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.