Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Posts do blog

Imagens, dia 3

Imagens, dia 2

Imagens, dia 1

By participants

PCST2014 no Twitter

500 Server Error

Participe!

A 13th International Public Communication of Science and Technology (13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia) convida participantes e internautas para uma cobertura colaborativa do evento, que ocorre de 5 e 8 de maio em Salvador.

Streaming PCST2014

Dia 3

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog do PCST-Brasil

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Vicente Aguiar - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob CC (by)

Percepção de risco aumenta a depender de canais de consumo de mídia

5 de Maio de 2014, 13:30, por Rafael Evangelista

por  Simone Caixeta de Andrade

Pesquisa publicada no periódico Energy Policy destaca que a divulgação intensa de eventos catastróficos, como o acidente nuclear em Fukushima, tem efeitos a polarização ideológica política sobre a percepção de risco. O estudo ainda conclui ainda que, a depender dos canais de consumo de mídia, ao contrário de se tornarem mais informados e uniformes em suas opiniões, a opinião pública pode ficar ainda mais dividida.

A análise entre ideologia e atenção à mídia demonstra que, entre liberais e moderados, as percepções de risco não foram diferentes após o acidente de Fukushima. Entre o subgrupo dos conservadores que possuem pouca ou moderada exposição à mídia a percepção de risco diminuiu, ou seja, apenas aqueles com menor contato com os meios de comunicação reforçaram seu apoio à energia nuclear. Entre os conservadores com atenção a um espectro mais ampliado da mídia o apoio à energia nuclear caiu. “Nesse caso, no lugar da mídia reforçar a ideologia política, os conservadores pareceram experimentar uma conversão na percepção de risco, possivelmente devido ao conteúdo da cobertura que eles optaram por ver”, concluem os pesquisadores.

A ideologia política dos participantes da pesquisa foi avaliada através de questionários socioeconômicos. As respostas obedeceram a uma escala de um a seis, sendo um “muito liberal” e seis “muito conservador”.

Conservadores políticos são mais favoráveis à energia nuclear que liberais. Pesquisas indicam que essa tendência manteve-se pós-Fukushima. Houve inversão de apoio entre os Republicanos (57% para 49%, ou seja, os apoiadores deixaram de ser a maioria). Já entre os independentes o apoio caiu (47% para 41%) e entre os Democratas o suporte à energia nuclear diminuiu ainda mais (36% para 31%).

Os autores da pesquisa (com exceção de Kristen Runge) apresentarão outros trabalhos sobre “temas emergentes em ciência e sociedade” na 13ª edição da Conferência Internacional sobre Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (PCST, sigla em inglês), que será realizada em Salvador, de 5 a 8 de maio de 2014, e terá como tema central a “Divulgação da ciência para a inclusão social e o engajamento político”.



Visite la Ciudad del Saber y aprenda más sobre estrategias de comunicación científica e inclusión social

5 de Maio de 2014, 11:57, por Marcela Salazar Granada - 0sem comentários ainda

Por Carina Garroti e Maísa Oliveira

Los participantes de la 13th PCST tendrán la oportunidad de conocer la Ciudad del Saber, un complejo integrado de educación, cultura, deporte y ocio, administrado por una entidad no gubernamental. Creado en 2007, este espacio ya recibió más de 200 mil niños, jóvenes adultos y adultos mayores. Las actividades son variadas: talleres de arte y cultura, escuelitas deportivas, actividades de promoción y salud, presentaciones de espectáculos de danza, teatro y música, cursos, seminarios, conferencias y workshops. La Ciudad del Saber ofrece, también, espacios científico-culturales, como el Museo Universo del Niño y del Adolescente (UNICA), que presenta experimentos sobre física, para promover el aprendizaje por medio de la interacción. En 2013, el complejo gano el Premio Internacional de Justicia en la Lucha contra la Desigualdad Social.

Ciudad del Saber - Camaçari /Salvador

La Ciudad del Saber está localizada a 60 km de Salvador, en Camaçari, municipio con playas paradisiacas, cercado por bellas dunas que dieron origen al Parque Dunas de Abrantes. Para más informaciones sobre el complejo de educación y cultura, ingrese a la página web oficial: http://www.cidadedosaber.org.br/wp/  

Para los interesados en conocer La Ciudad del Saber, les informamos que la organización de la PCST proporcionará una van con 10 puestos, a un costo de R$ 50 por persona, para desplazamiento hasta Camaçari. En dado caso que la demanda sea grande, hay la posibilidad de disponibilidad de un bus, en vez de la van. El paseo será el día 9 de mayo, a partir de las 8:30 a. saliendo del Hotel Pestana. Para más detalles sobre el paseo, le recomendamos ir hasta el escritorio de Tours Bahia, que estará en el Foyer Fernando Pessoa, del Hotel Pestana.

 



Visit the City of Knowledge and learn more about strategies for science communication and social inclusion

4 de Maio de 2014, 21:35, por Graziele Scalfi

 Por Carina Garrotti e Maísa Oliveira


Participants of the 13th PCST have the opportunity of visiting the City of Knowledge, an integrated complex of education, culture, sport and recreation, run by a non-governmental entity. Created in 2007, the space has already attended more than 200 thousand children, youth, adults and seniors. The activities are varied: art and culture workshops, sports schools, health promotion activities, dance, theatre and music shows, courses, seminars, lectures and workshops. The City of Knowledge also offers scientific and cultural spaces, as the Universe Museum of Children and Adolescents (UNICA), which presents physics experiments, to promote an interactive learning. In 2013, the complex won the International Prize of Justice in the Fight against Social Inequality.

 

 City of Knowledge - Camaçari / Salvador

 

The City of Knowledge is located 60 km from Salvador in Camaçari, a town with amazing beaches, surrounded by beautiful dunes that originated the Abrantes Dunas Park. For more information about the complex of education and culture, visit the official site: http://www.cidadedosaber.org.br/wp/  

 

To those interested in visiting the City of Knowledge, we inform that the organization of PCST will provide a van for 10 people, at a cost of R$ 50 per person, for travelling to Salvador from Camaçari. If the demand is high, there is the possibility of providing a bus instead of the van. The tour will take place on May 9th, from 8:30 am, leaving from Pestana Hotel. For more details about the tour, we recommend that you go to the desk of Bahia Tours, at the Foyer Fernando Pessoa, at Pestana Hotel.



Visite a Cidade do Saber e aprenda mais sobre estratégias de comunicação científica e inclusão social

4 de Maio de 2014, 21:28, por Graziele Scalfi

 

Por Carina Garrotti e Maísa Oliveira 

 

 

Os participantes da 13th PCST terão a oportunidade de conhecer a Cidade do Saber, um complexo integrado de educação, cultura, esporte e lazer, administrado por uma entidade não governamental. Criado em 2007, o espaço já prestou mais de 200 mil atendimentos para crianças, jovens, adultos e idosos. As atividades são variadas: oficinas de arte e cultura, escolinhas esportivas, atividades de promoção à saúde, apresentações de espetáculos de dança, teatro e música, cursos, seminários, palestras e workshops. A Cidade do Saber oferece, também, espaços científico-culturais, como o Museu Universo da Criança e do Adolescente (UNICA), que apresenta experimentos sobre a física, para promover o aprendizado por meio da interação. Em 2013, o complexo ganhou o Prêmio Internacional de Justiça na Luta contra a Desigualdade Social. 

 

 

 

 

 

Cidade do Saber - Camaçari / Salvador

 

A Cidade do Saber localiza-se a 60 km de Salvador, em Camaçari, município com praias paradisíacas, cercado por belas dunas que deram origem ao do Parque Dunas de Abrantes. Para mais informações sobre o complexo de educação e cultura, acesse o site oficial: http://www.cidadedosaber.org.br/wp/

 

Aos interessados em conhecer a Cidade do Saber, informamos que a organização do PCST disponibilizará uma van com 10 lugares, a um custo de R$ 50 por pessoa, para deslocamento até Camaçari. Caso a procura seja grande, há a possibilidade de disponibilização de um ônibus, em vez da van. O passeio acontecerá no dia 09 de maio, a partir das 08:30h, saindo do Hotel Pestana. Para mais detalhes sobre o passeio, recomendamos que vá até o desk da Tours Bahia, que ficará no Foyer Fernando Pessoa, do Hotel Pestana.



Modelos de comunicación pública de la ciencia serán discutidos en plenaria con Alan Irwin

3 de Maio de 2014, 13:26, por Marcela Salazar Granada

Por Maisa Oliveira e Carina Garroti

Alan Irwin ya vino a Brasil cuatro veces y dice que “siempre vuelve para la casa con recuerdos muy felices”. Esta vez, él participara de una plenaria sobre “Comunicación Científica y las audiencias”, durante la 13ª PCST en Salvador, conferencia que él ve como “una gran oportunidad para hacer un balance de lo que está pasando en todo el escenario global de comunicación de la ciencia”.

Pro-rector de investigación de la Escuela de Negocios de Copenhagen, en Dinamarca, miembro del Consejo Asesor Estratégico para el Programa de Seguridad Alimenticia del Reino Unido y profesor visitante del Departamento de Gestión de la Universidad de Glasgow, Alan Irwin ha publicado sobre cuestiones de política científica y tecnológica, gobernanza científica, riesgo y las relaciones ciencia-público. Cuando es cuestionado sobre la realidad dinamarquesa en lo que respecta al compromiso público con la Ciencia, él aclara que existe un fuerte histórico de participación de los ciudadanos, marcado por la actuación del Consejo Dinamarqués de Tecnología, conocido como pionero en las conferencias de consenso y diálogo público. En este sentido, enfatiza que “la idea de diálogo está muy vinculada con el sentimiento dinamarqués de identidad nacional. Para los dinamarqueses, la idea de consenso no es escoger la opción más fácil, y si construir un senso común de dirección por medio de debates y, a veces, desacuerdos directos”. Por otro lado, Irwin resalta que no pretende decir que Dinamarca tiene un histórico perfecto en esta área, argumentando que si el compromiso público fuera visto como correcto por los dinamarqueses, habría el riesgo de volverse tan normal, que nadie pelearía más por esto.

En la plenaria de la 13ª PCST, Irwin pretende poner en debate la relación entre el “modelo de déficit” (el cual sugiere que el público es lego científicamente y que esta brecha de información debe ser proporcionada por medio de la exposición a la comunicación de la ciencia y a la alfabetización científica) y el abordaje democrático (que se caracteriza por una preocupación con la inclusión social y el aprendizaje a partir de lo que las personas comunes tienen que decir).

Irwin llama la atención para el hecho de que, frecuentemente, estos dos abordajes de comunicación pública de C&T son contrastados. Sin embargo, según él, lo más importante es reflexionar si simplemente pasamos del modelo de déficit para el democrático o si ambos modelos pueden coexistir y, principalmente, lo que estas discusiones significan en una sesión que se propone tratar de “comunicación científica y las audiencias”.

Las expectativas de Alan Irwin para la 13ª PCST son las mejores posibles. “Estoy muy animado para saber más sobre el desarrollo de la comunicación de la ciencia en Brasil, qué nuevas ideas y nuevos abordajes tienen ustedes y cómo nosotros, europeos, podemos aprender con ellas. Siempre es interesante comparar experiencias nacionales y ver nuevas iniciativas surgiendo en diferentes lugares”.



PCST invita a los participantes y cibernautas para realizar cobertura colaborativa

3 de Maio de 2014, 10:57, por Marcela Salazar Granada

13th International Public Communication of Science and Technology (13ª Conferencia Internacional de Comunicación Pública de la Ciencia y la Tecnología) invita a participantes y cibernautas para realizar una cobertura colaborativa del evento, que será realizado del 5 al 8 de mayo en Salvador, Bahía (Brasil).

Ya sea por medio de las redes sociales, publicando textos y fotos en la comunidad de blog PCSTBR o utilizando sus blogs personales, la idea es que todos los interesados entren en la conversación y tengan contacto con la experiencia del periodismo científico, ayudando en el proceso de divulgación científica y cultural de los temas, mesas, conferencias y presentaciones de trabajos. Las contribuciones complementaran el contenido producido en tiempo real por el equipo de periodistas que integra la Comisión Organizadora.

Para ello, fue montado un esquema de comunicación digital que incluye transmisión via streaming; conexión wifi en el hotel Pestana para todos los participantes, además del blog interactivo basado en la plataforma de la red social Noosfero, de software libre.

Quienes estén en Salvador podrán tomar fotos, escribir pequeñas notas, comentarios y divulgar en sus perfiles de las redes sociales(Instagram, Facebook, Twitter, Diáspora) utilizando el hashtag #PCST2014, que tendrá todo el contenido sobre el evento. Además, es posible inscribirse en la comunidad de la PCST en la plataforma Software Livre y publicar textos e imágenes. (Compruebe las instrucciones al final de esta publicación).

Quienes estén lejos, podrán acompañar la transmisión en vivo de las principales mesas de la PCST y también participar con comentarios por medio de las redes sociales. Así, el alcance del contenido discutido durante el evento podrá garantizarse más allá de las paredes del hotel. Posteriormente, los videos serán guardados en una cuenta y quedarán disponibles para el público.

Vea abajo las instrucciones para participar:

Directamente en el blog

1)Regístrese en http://softwarelivre.org/account/signup

2)Vuélvase miembro de la comunidad en http://softwarelivre.org/profile/pcstbr

3)Publique su texto en el muro de la comunidad http://softwarelivre.org/profile/pcstbr#profile-wall

En redes sociales

1)Comente sobre la PCST-2014 en su red social preferida (facebook, twitter, google plus, diáspora) usando el hashtag #PCST2014

2)Si quiere presentar su texto para re publicación envíe el enlace para pcstbr@gmail.com

Entre en la conversación desde su página web

1)Publique en su blog sus impresiones, fotos y comentarios sobre la PCST 2014

2)Envíe para nosotros a la dirección pcstbr@gmail.com

Siga la PCST 2014:

Facebook: https://www.facebook.com/PCST2014

Twitter: https://twitter.com/PCST2014

Instagram: http://instagram.com/pcst2014

Por Sarah Costa Schmidt



Modelos de comunicação pública da ciência serão tema de plenária com Alan Irwin

3 de Maio de 2014, 10:21, por Carina Pascotto Garroti

Por Maisa Oliveira e Carina Garroti

Alan Irwin já veio ao Brasil quatro vezes e diz que “sempre volta para casa com lembranças muito felizes”. Desta vez, ele participará de uma plenária sobre “Comunicação Científica e as audiências”, durante a 13th PCST em Salvador, Conferência que ele vê como “uma grande oportunidade para fazer um balanço do que está acontecendo em todo o cenário global de comunicação da ciência”.

Pró-reitor de pesquisa da Escola de Negócios de Copenhagen, na Dinamarca, membro do Conselho Consultivo Estratégico para o Programa de Segurança Alimentar do Reino Unido e professor visitante do Departamento de Gestão da Universidade de Glasgow, Alan Irwin já publicou sobre questões de política científica e tecnológica, governança científica,  risco e as relações ciência-público. Quando questionado sobre a realidade dinamarquesa no que diz respeito ao engajamento público com a Ciência, ele esclarece que existe um forte histórico de envolvimento dos cidadãos, marcado pela atuação do Conselho Dinamarquês de Tecnologia, conhecido como pioneiro nas conferências de consenso e diálogo público. Neste sentido, enfatiza que “a ideia de diálogo está muito atrelada com o sentimento dinamarquês de identidade nacional. Para os dinamarqueses, consenso não é escolher a opção mais fácil, mas construir um senso comum de direção por meio de debates e, às vezes, discordância direta”. Por outro lado, Irwin ressalta que não pretende sugerir que a Dinamarca tem um histórico perfeito nesta área, argumentando que se o engajamento público passasse a ser visto como certo pelos dinamarqueses, haveria o risco de tornar-se tão normal, que ninguém brigaria mais por isto.

Na plenária da 13th PCST, Irwin pretende pôr em debate a relação entre o “modelo do déficit” (o qual sugere que o público é leigo cientificamente e que esta lacuna de informação deve ser suprida por meio da exposição à comunicação da ciência e à alfabetização científica) e a abordagem democrática (a qual se caracteriza por uma preocupação com a inclusão social e com aprendizados a partir do que as pessoas comuns têm a dizer).
 
Irwin chama a atenção para o fato de que, frequentemente, estas duas abordagens de comunicação pública de C&T são contrastadas. Contudo, a seu ver, o mais importante é refletir se simplesmente migramos do modelo do déficit para o democrático ou se ambos os modelos podem coexistir e, principalmente, o que estas discussões significam em uma sessão que se propõe a tratar de “comunicação científica e as audiências”.
 
As expectativas de Alan Irwin para a 13th PCST são as melhores possíveis. “Estou muito animado para saber mais sobre o desenvolvimento da comunicação da ciência no Brasil, quais novas ideias e novas abordagens vocês têm e como nós, europeus, podemos aprender com elas. É sempre interessante comparar experiências nacionais e ver novas iniciativas surgindo em diferentes lugares”.



PCST invites guests and web participants for collaborative coverage

2 de Maio de 2014, 19:03, por Meghie Rodrigues

The 13th International Public Communication of Science and Technology invite guests and web participants for event collaborative coverage on 5-8 May, Salvador, Bahia (Brazil).

 

Through social networks, posting texts and photos on the community blog PCSTBR or even using personal blogs, the idea is that all those interested in the conversation come into contact with the experience of science journalism, assisting in the process of scientific and cultural dissemination of themes, tables, conferences and paper presentations. The contributions will complement the content produced in real time by the team of journalists that integrates the Organizing Committee.

 

In order to do that, a digital communication scheme was assembled which includes transmission via streaming; wi-fi at Pestana Bahia Hotel for all guests, besides an interactive blog based on the social network platform Noosfero, a free software.

 

Participants in Salvador can take photos, write little notes, comments and spread them via social networks (Instagram, Facebook, Twitter, Diaspora) using the hashtag #PCST2014, that will add all the content about the event. Additionally, you can subscribe to the Free Software community in PCST platform and post texts and pictures (check instructions at the end of the post).

 

People outside the Conference will be able to follow the live transmission of the main tables of PCST and participate with comments through social networks – so the content discussed during the event will reach beyond the walls of the hotel. Afterwards, the videos will be saved to a Youtube account and will be made available to the public.

 

Check out the instructions on to participate:

 

Directly through the blog

1)      register in http://softwarelivre.org/account/signup

2)      become a member of the community in http://softwarelivre.org/profile/pcstbr

3)      publish your text in the wall of the community http://softwarelivre.org/profile/pcstbr#profile-wall

 

In social networks

1)      Comment about PCST-2014 in your favorite social network

2)      If you want to submit your text for republication send the link to pcstbr@gmail.com

 

Join the conversation from your site

1)      Publish in your blog their impressions, photos and reviews about PCST 2014

2)      Send to us at pcstbr@gmail.com

 

Follow the PCST 2014:

Facebook: https://www.facebook.com/PCST2014

Twitter: https://twitter.com/PCST2014

Instagram: http://instagram.com/pcst2014

 

Author: Sarah Costa Schmidt




Science Gallery Museum unites art and science to promote public debate on topics such as failure

2 de Maio de 2014, 17:32, por Marcela Salazar Granada

Gallery’s CEO will attend the 2014 Conference PSCT, discussing the relationship between art and science and public engagement with issues of S&T

By Maísa Oliveira and Graziele Scalfi

Imagine how many failed attempts the brazilian Santos Dumont made until the plane 14-bis lifted flight for the first time in 1906. Imagine the resistance and criticism with which the bacteriologist Oswaldo Cruz had to deal as a major responsible for the health reform tha controlled the bubonic plague and the yellow fever in the city of Rio de Janeiro in the early twentieth century. Imagine the mistakes made by Pelé to shine on the lawns and achieve worldwide recognition as king of football. In engineering, as well as in the health sciences, sports and many other areas of human activity, failures and criticisms are part of the learning process and this is the kind of reflection that the exposure Fail Better (https://dublin.sciencegallery .com / failbetter), opened in Dublin (Ireland), since February of this year, invites the public to do.

Besides inventions, personal objects and texts about engineers, athletes, writers, teachers who made history from their “beautiful, heroic and instructive” failures, are scattered by the sentences in the Gallery, such as “When was the last time you failed?” and “Doesn’t matter. Try again. Fail again. Fail better”. The idea is to encourage visitors to share their own failures and, at the same time, to invite them to think of the failure from a new perspective, not as the opposite of success, but as a natural part of the creative process. (https://www.youtube.com/watch?v=ahlwxgGSKug).

The exhibition takes place in Science Gallery (https://dublin.sciencegallery.com/), of Trinity College Dublin. Founded by a group of researchers in February 2008, the Gallery is characterized by being an emerging kind of cultural space, where science dialogues with art in an environment of interaction. Like the Fail Better view that addresses the flaws, the Science Gallery comes to broad themes, such as “light” and “fear”. With this purpose, it counts with the collaboration of scientists, designers and artists in interdisciplinary planning of exhibitions that seek to provoke public debate on these issues.

During the 13th PCST Conference, participants will have the opportunity to hear Michael Gorman, CEO of Science Gallery International and Associate Professor of Creative Technologies at Trinity College Dublin, on May 8, at 16:15 in the plenary “Science in Culture”. Gorman has international experience in public engagement in science and technology. He created and developed exhibitions and events in the United States, Europe and Ireland. He is the author of several books, including Buckminster Fuller: Designing for mobility (Skira, 2005).



PCST convida participantes e internautas para cobertura colaborativa

1 de Maio de 2014, 14:25, por Sarah C. Schmidt

A 13th International Public Communication of Science and Technology (13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia) convida participantes e internautas para uma cobertura colaborativa do evento, que ocorre de 5 e 8 de maio em Salvador.

Seja por meio das redes sociais, postando textos e fotos na comunidade do blog PCSTBR ou mesmo utilizando blogs pessoais, a ideia é que todos os interessados entrem na conversa e tenham contato com a experiência do jornalismo científico, auxiliando no processo de divulgação científica e cultural dos temas, mesas, conferências e apresentações de trabalho. As contribuições complementarão o conteúdo produzido em tempo real pela equipe de jornalistas que integra a Comissão Organizadora.

Para tanto, foi montado um esquema de comunicação digital que inclui transmissão via streaming; conexão wifi no Hotel Pestana para todos os participantes, além do sistema de blog interativo baseado na plataforma de rede social Noosfero, de software livre.

Quem estiver em Salvador poderá tirar fotos, escrever pequenas notas, comentários e divulgar em seus perfis nas redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter, Diáspora) utilizando a hashtag #PCST2014, que irá agregar todo o conteúdo sobre o evento. Além disso, é possível se inscrever na comunidade do PCST na plataforma Software Livre e postar textos e imagens (confira instruções ao final do post).

Quem estiver de longe poderá acompanhar a transmissão ao vivo das principais mesas do PCST e participar com comentários também por meio de redes sociais. Assim, o alcance do conteúdo discutido durante o evento será garantido para além das paredes do hotel. Posteriormente, os vídeos serão salvos em uma conta do youtube e ficarão disponíveis ao público.

 

Confira abaixo as instruções para participar:

_Diretamente no blog

1-) cadastre-se em http://softwarelivre.org/account/signup

2-) torne-se membro da comunidade em http://softwarelivre.org/profile/pcstbr

3-) publique seu texto no mural da comunidade http://softwarelivre.org/profile/pcstbr#profile-wall

 

_Nas redes sociais

1-) Comente o PCST-2014 na sua rede social preferida (facebook, twitter, google plus, diaspora) usando a hashtag #PCST2014

2-) Se quiser submeter seu texto para republicação envie o link para pcstbr@gmail.com

 

_Entre na conversa a partir de seu site

1-) Publique em seu blog suas impressões, fotos comentários sobre o PCST 2014

2-) Envie para nós no endereço pcstbr@gmail.com

 

Siga o PCST2014:

Facebook: https://www.facebook.com/PCST2014

Twitter: https://twitter.com/PCST2014

Instagram: http://instagram.com/pcst2014 

por Sarah Costa Schmidt


Tags deste artigo: divulgação científica comunicação pública da ciência