Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Nesta semana: Município de Munique vai votar sobre reverter a adoção de Linux em seus 15.000 PCs

13 de Fevereiro de 2017, 11:30 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 126 vezes

A migração do município alemão é um dos grandes exemplos de adoção do Linux em desktops na área pública, e teve início pouco mais de 10 anos atrás.

Nesta semana esse exemplo pode ter fim, caso seja aprovada a proposta do comitê de administração da cidade, no sentido de reverter a migração e adotar o Windows 10 como base de uma estratégia que, ao final, pretende se basear em aplicativos que dependam menos da plataforma, como os que rodam diretamente no navegador.

O modelo atual, baseado em versões desatualizadas de OpenOffice e Thunderbird rodando sobre o LiMux, uma adaptação local do Ubuntu, seria descontinuado em até 5 anos, mas até lá os usuários teriam oportunidade de escolher entre os 2 ambientes (LiMux e Windows 10).

O relatório no qual a proposta do comitê se baseou, produzido por uma empresa parceira da Microsoft, não aponta os softwares livres como únicas razões para a sua conclusão: processos internos de trabalho que fizeram com que versões atualizadas dos sistemas e aplicativos não chegassem às mãos dos usuários finais também foram evidenciados.

Em um padrão que já se repetiu nas administrações públicas de vários países, não é surpresa que essa empresa tenha concluído que o melhor para Munique seja adotar soluções "padrão do mercado" que ofereçam a "maior compatibilidade possível" com soluções internas e externas, e que essas soluções sejam as da Microsoft: na chegada do atual prefeito, eleito em 2014, ele já havia declarado interesse em desfazer a migração e, mesmo antes de colocar o estudo técnico nas mãos de uma empresa parceira da MS, teve participação direta no processo que fez a Microsoft transferir para Munique a sua sede de operações na Alemanha.

(via www.zdnet.com - “Linux flagship Munich's U-turn: Install Windows 10 everywhere by end of 2020 | ZDNet”)

O artigo "Nesta semana: Município de Munique vai votar sobre reverter a adoção de Linux em seus 15.000 PCs" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2017/01/nesta-semana-municipio-de-munique-vai-votar-sobre-reverter-a-adocao-de-linux-em-seus-15000-pcs.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.