Tags: Apple, GNU

A investigacão de possíveis práticas anti-competitivas na Apple Store, em andamento pelo Departamento de Justiça dos EUA, não foi a única sarna para a Apple se coçar divulgada ontem: eles também precisam lidar com a FSF, em um tema não relacionado ao primeiro.

A Free Software Foundation dedicou um comunicado às suas tratativas em andamento devido à detecção de um port para IPhone do jogo Gnu GO, licenciado sob a GPLv2, na Apple Store – cujos termos e condições são incompatíveis com a parte 6 da licença.

Os autores do port também estão descumprindo a licença, mas já informaram que na semana que vem disponibilizarão o código-fonte e passarão a estar em dia com suas obrigações.

Aparentemente a Apple não respondeu ainda, mas segundo a nota do The H, a expectativa da FSF quanto à Apple é que ela pare de disponibilizar o Gnu Go, e não que ela modifique as políticas e condições da sua loja de aplicativos. (via h-online.com)