Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Cisco abre código do codec H.264 e se propõe a pagar os royalties para nosso uso dele na web

31 de Outubro de 2013, 9:12 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 703 vezes

A Guerra dos Codecs na Web está em andamento já há alguns anos, com participação de quase todas as entidades com interesses na área: FSF, Mozilla, Google, MPEG LA e mais.

A Mozilla, que no passado já rejeitou enfaticamente o padrão proprietário H.264 mas em agosto do ano passado concretizou sua meia-volta e aceitou inclui-lo em seus produtos em nome da competitividade no mundo mobile, agora tem uma razão mais palatável para aceitá-lo: A Cisco vai lançar uma versão open source do H.264.

Não apenas open source: a Cisco vai se encarregar de pagar os royalties junto à MPEG LA, vai disponibilizar o código-fonte sob uma licença verdadeiramente livre, e vai oferecer gratuitamente binários compilados a partir desses fontes, para que o Firefox possa instalar automaticamente no momento em que seus usuários necessitarem do codec, conforme a Mozilla já confirmou.

A Cisco não está fazendo isso por ser boazinha: os negócios dela vão se beneficiar bastante de ter todo mundo usando um mesmo Codec para transmitir vídeos na web, evitando assim a custosa tarefa de transcodificação.

Mas o sucesso dela nisso depende ainda de no começo de novembro os representantes da indústria concluírem, na reunião marcada para essa escolha, que o H.264 será o padrão de codec a ser usado no WebRTC.

A conferir, porque há interesses gigantescos envolvidos que podem fazer com que a escolha seja bem menos do que óbvia. (via ostatic.com - “Cisco Unlocks H.264 Codec, Opens Doors for Mozilla and Others”)

O artigo "Cisco abre código do codec H.264 e se propõe a pagar os royalties para nosso uso dele na web" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2013/01/cisco-abre-codigo-do-codec-h264-e-se-propoe-a-pagar-os-royalties-para-nosso-uso-dele-na-web.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.