Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Chromium ganha aceleração de GPU

31 de Agosto de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1484 vezes

Enviado por Redação iMasters (redacaoΘimasters·com·br):

“Desenvolvedores do Google anunciaram que o Chromium, o projeto open source através do qual o navegador Chrome é construído, vai ganhar uma melhoria em seus gráficos utilizando aceleração gráfica.

A novidade tem sido guiada pelo trabalho de desenvolvimento do WebGL e do suporte de transformação em 3D CSS. Isso envolve a incorporação de um novo processo de GPU no modelo de processos do navegador, que realiza requisições de renderização a partir de outros processos do Chromoum através do OpenGL ou do Direct3D, usando ANGLE (Almost Native Graphics Layer Engine)$.

Com o processo do GPU pronto para uso, os desenvolvedores podem começar a acelerar parte do conteúdo do navegador. Páginas são divididas em múltiplas camadas, com algumas sendo renderizadas no processador, como aquelas que contêm textos e imagens simples, e algumas sendo renderizadas na placa de vídeo, como as que possuem textos estilizados com CSS, imagens, vídeos WebGL ou Canvas 2D.

As camadas são posicionadas em uma única página para exibição. Atualmente, o navegador faz essa composição no CPU, eliminado a maior parte da performance obtida com o uso prévio do GPU. Mas se a opção de composição acelerada estiver ativada ao iniciar o Chromium, a composição acontecerá junto à placa de vídeo, permitindo o ganho de performance.

Este documento explica, com mais detalhes, a nova arquitetura de renderização acelerada. (Com informações de H-Online)” [referência: imasters.uol.com.br]


Fonte: http://br-linux.org/2010/chromium-ganha-aceleracao-de-gpu/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.