Ir para o conteúdo
ou

Logo-noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

404 Not Found

Tecno Libres - Cubas

No route to host - connect(2)

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Be-a-bá do SSH, parte 1

28 de Julho de 2010 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda
Visualizado 550 vezes

Enviado por Pablo Hess (pabloΘhess·net·br):

“Postei no blog no IBM developerWorks o primeiro artigo de uma série que acabo de iniciar: a série Be-a-bá, que tem como objetivo “apresentar tecnologias disponíveis em qualquer sistema GNU/Linux (e frequentemente também em sistemas Unix e assemelhados) a partir do zero, de forma que até os usuários sem qualquer experiência as compreendam e consigam usá-las com facilidade”.

Este primeiro artigo aborda o básico do SSH, essa ferramenta tão útil para todo administrador de sistema e que também poderia e deveria ser mais usada por usuários.

Segue um trecho do artigo:

O SSH é muito versátil, muito flexível. Seu propósito básico é permitir que você, de posse de uma conta de shell numa máquina, consiga “entrar” (isto é, fazer login) nela.

Por exemplo, se você usa um computador no trabalho e outro em casa, basta ter o SSH instalado em ambos para, a partir de casa, conseguir entrar no computador do trabalho (e vice-versa!). Eu uso o SSH todos os dias para, a partir do trabalho, atualizar o sistema do meu computador doméstico (não uso atualizações automáticas).

Até arquivos

Outro uso do SSH é a transferência de arquivos. Sim, com o SSH é muito fácil copiar um arquivo de uma máquina para a outra, sem necessidade de qualquer outro programa instalado. Na linha de comando, existem dois comandos para usar isso: scp e sftp (este funciona como o venerável comando ftp, mas sobre o seguríssimo SSH). Muito melhor do que ficar mandando e-mail pra você mesmo pra depois abrir em casa, certo?” [referência: ]


Fonte: http://br-linux.org/2010/be-a-ba-do-ssh-parte-1/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.