Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

A solução do Anahuac para haver “#maisGNU” é os outros aparecerem menos, e não envolve o GNU aparecer mais

28 de Dezembro de 2015, 11:30 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 650 vezes

Incoerente, limitada e estreita: é assim que o Anahuac descreve a lamentável ação "#semUbuntu" provocada por ele (e que ele qualifica como coletiva) no seu mais recente texto, intitulado #maisGNU e no qual faz um chamado similar ao que já empregou contra o Ubuntu (e que ele busca justificar dizendo que a Microsoft faz parecido): buscar restringir a notoriedade do que ele chama de "a ideologia do Open".

Como de costume, o contexto é revelador: como no texto anterior, em que expôs sua crença de que o GNU está prestes a morrer, desta vez ele deixa claro acreditar que "a comunidade Software Livre perdeu completamente seu foco". Discordo de ambas as afirmações, exceto, é claro, se entendermos que comunidade Software Livre significa um conjunto restrito de indivíduos que vê como meio de crescimento as campanhas de recalque contra iniciativas alheias, e não a promoção de iniciativas próprias que evidenciem as qualidades da visão que essa comunidade defende.

Aliás, sobre o texto anterior (que vimos recentemente em “Para o Anahuac, a "Linux Foundation mata o GNU"”, no qual ele conclui que o GNU está morrendo e que quem mata é a Linux Foundation, que divulga seus próprios projetos e não o GNU, o Helio Loureiro escreveu uma paráfrase interessante, demonstrando limites do argumento baseado em imputar a um terceiro a responsabilidade por não fazer algo que não lhe cabia – confira em “Jedi mata o GNU

O artigo "A solução do Anahuac para haver “#maisGNU” é os outros aparecerem menos, e não envolve o GNU aparecer mais" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2015/01/a-solucao-do-anahuac-para-haver-maisgnu-e-os-outros-aparecerem-menos-e-nao-envolve-o-gnu-aparecer-mais.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.