Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Comunidade do Viva o Linux!

18 de Julho de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Viva o Linux - Porque nós amamos a liberdade! A melhor comunidade para se aprender Linux do Brasil.


Shell Script: Comparando arquivos por data

31 de Maio de 2013, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Depois de muito procurar, e não encontrar, resolvi desenvolver um script que recebe dois arquivos e retorna qual é o mais recente.

Espero que seja útil.
Abraços.



Nagios 3 + NagiosQL no Ubuntu Server 12.04

31 de Maio de 2013, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nagios é um serviço de monitoração de ativos de rede, ele verifica a saúde dos componentes de rede através do protocolo SNMP, com polling e trap. Irei descrever como fazer a instalação do servidor de monitoração Nagios 3 e NagiosQL em um sistema GNU/Linux, com Ubuntu Server 12.04.



Ubuntu 13.04 com GNOME Shell 3.6.2 - Guia pós-instalação

31 de Maio de 2013, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Neste artigo, vou mostrar como procedi na pós-instalação do Ubuntu 13.04 com GNOME Shell 3.6.2, numa linguagem bastante simples, deixando ele pronto para fazer as tarefas do dia a dia, com tranquilidade.



Alterando runlevel no Ubuntu 12.04

31 de Maio de 2013, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Esta dica pode ser de grande valia, se um dia você venha a precisar alterar o runlevel de uma máquina com Ubuntu.

Para alterar, siga os passos abaixo:

Edite o arquivo: "/etc/init/rc-sysinit.conf"

Altere a variável onde tem:

env DEFAULT_RUNLEVEL=2

Para:

env DEFAULT_RUNLEVEL=3
...



Alterando recursivamente permissão de arquivos e pastas

31 de Maio de 2013, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Para tal, você precisará ter em mente a localização de seu "alvo".

Exemplo: em "/media", seria usado o comando:

$ chown -hR usuario /media

Apenas troque "usuário" pelo novo dono dos arquivos/pastas.



Tags deste artigo: viva o linux