Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Posts do blog

Imagens, dia 3

Imagens, dia 2

Imagens, dia 1

By participants

PCST2014 no Twitter

Participe!

A 13th International Public Communication of Science and Technology (13ª Conferência Internacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia) convida participantes e internautas para uma cobertura colaborativa do evento, que ocorre de 5 e 8 de maio em Salvador.

Streaming PCST2014

Dia 3

 Voltar a Blog do PCST...
Tela cheia Sugerir um artigo

A divulgação científica em prol da inclusão social

6 de Maio de 2014, 17:29 , por Carina Pascotto Garroti - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Por Carina Garroti

O painel "Atividades de Comunicação da ciência para a inclusão social na América Latina" tratou das dificuldades e iniciativas da divulgação científica para a inclusão social. Um dos principais objetivos do painel foi a troca de experiências entre palestrantes e público, analisando dificuldades, sucessos e fracassos.

Primeiramente, Noboru Takeuchi, do Centro de Nanociências e Nanotecnologia da Universidade Nacional Autônoma do México, descreveu seu trabalho como autor de livros infantis e relatou a experiência de publicar obras que divulgassem a nanotecnologia para comunidades indígenas no México. Já Maria Helena Steffani, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, relatou as atividades de divulgação científica que o Planetário da universidade, em Porto Alegre, realiza para dar acesso às informações científicas para moradores de rua. Por último, Douglas Falcão Silva, atual coordenador da Semana Nacional de C&T brasileira comentou a experiência que possuiu no Museu de Astronomia e Ciências Afins no Rio de Janeiro, RJ e a diferença entre divulgar ciência para classe média e para pessoas que são marginalizadas pela sociedade. O pesquisador Germano Bruno Afonso do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia não pode comparecer. A mesa foi mediada pelo professor e físico Ildeu de Castro Moreira, que possui vasta experiência na área. 

Pesquisadores (da esquerda para direira, Maria Helena, Ildeu, Noboru e Douglas)  respondem perguntas do público quanto às iniciativas de divulgação científica 

Os pesquisadores concordam que a falta de uma boa educação científica nas escolas primárias e secundárias e a fraqueza geral das atividades de comunicação na ciência estão dentre as principais razões para os altos índices de incompreensão da ciência pelo público leigo. Acreditam que as políticas públicas na área "têm levado a uma redução das desigualdades sociais e econômicas, ainda que em uma escala reduzida, e isso permitiu a ascensão social das partes significativas de suas populações."


Tags deste artigo: português; divulgação científica; inclusão social; brasil; méxico