Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

A solução de inventário de ativos em Rede KORUJA é lançada no Portal SPB

28 de Janeiro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 4691 vezes

No primeiro dia da Campus Party em São Paulo foi lançado no estande do Banco do Brasil o software Koruja, que realiza o inventário de ativos interligados em uma rede TCP/IP. O Koruja é a 35a solução que ingressa no Portal do Software Público e a terceira disponibilizada pelo Banco do Brasil.

O gerente de TI, Sérgio Henrique Pasqua, disse no lançamento do Koruja "que a intenção do Banco Brasil é criar uma comunidade de desenvolvimento que auxilie na evolução do Koruja e que os técnicos de tecnologia da informção possam utilizar uma solução que melhore a gestão dos ambientes de datacenter".

Na visão do coordenador do Portal, Corinto Meffe, que representou o Secretário Rogério Santanna na solenidade, o Koruja vai reforçar o acervo de soluções voltadas para os técnicos e gestores de tecnologia da informação. "Temos o CACIC, COCAR, Curupira, SAGUI, Kyapanel, SIGATI e a solução do Banco do Brasil se torna mais um opção técnica para melhorar a gestão de TI", reforçou Corinto.

Para Marcos Antônio Carvalho, analista sênior do Banco do Brasil e coordenador técnico da comunidade, "a solução tem o desafio de superar as dificuldades de gerenciar as configurações dos recursos tecnológicos em ambientes dispersos, complexos e heterogêneos?.

Na opinião de Marcos "o Koruja vai se tornar mais uma alternativa para os gestores dos recursos que estão pendurados em uma rede TCP/IP". "Tal alternativa se configura pelo aumento da complexidade e diversidade tecnológica dos parques computacionais", completa o coordenador.

Conhecendo a solução Koruja

O Koruja é um software desenvolvido com tecnologias abertas e livres, na linguagem TCL/Expect, tem baixo consumo de memória, faz o tratamento de strings e funciona em ambiente multiplataforma.

O software em sua versão inicial atende quatro premisssas: (i) não utiliza o modelo de agentes locais para coletar as informações; (ii) coleta as informações a partir de um único ponto; (iii) gera um repositório único para as informações gerenciais e (iv) opera em serviços TCP/IP.

Os ganhos surgem do aproveitamento da cultura wiki, da economia dos recursos tecnológicos para realizar o inventário e do foco nos recursos de acordo com a necessidade específica de cada um, sendo eles: estações de trabalho, switchs e routers.

Se você está cadastrado no Portal SPB basta acessar a solução direto no link abaixo:
http://www.softwarepublico.gov.br/ver-comunidade?community_id=18068594


Outras Notícias:

Portal do Software Público no Fórum Social Mundial
http://www.softwarepublico.gov.br/news-item87

Governo Federal prepara Instrução Normativa para o Software Público
http://www.softwarepublico.gov.br/news-item85


Tags deste artigo: capus party koruja furusho software público

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.