Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

7 de Dezembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Aqui serão replicados todos os artigos publicados originalmente no sítio do grupo Software Livre Educacional.


Quer saber alguma coisa sobre o GCompris? Pergunte ao Bruno!

17 de Outubro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

O GCompris é um software maravilhoso, voltado para crianças entre 2 e 12 anos, mas bastante utilizado na educação e na inclusão digital por pessoas das mais diversas idades. E esse ano, o seu criador e principal desenvolvedor, Bruno Coudoin, estará presente na VII Conferência Latino Americana de Software Livre (Latinoware), que ocorrerá entre os  dias 10 e 12 de novembro, na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. O grupo Software Livre Educacional já participa ativamente do Latinoware desde 2008 e fez a proposta à organização do evento de fazer o convite ao Bruno, o que foi prontamente aceito.

Os detalhes de como será a participação do criador do GCompris ainda estão sendo definidos (e serão divulgados aqui assim que tivermos a confirmação definitiva). Mas já que teremos uma presença tão importante para a comunidade de educadores que trabalham com software livre, e como sabemos que nem todos poderão participar do Latinoware, resolvemos organizar um formulário onde as pessoas podem enviar perguntas que serão encaminhadas ao Bruno durante o evento.

Portanto, utilize o formulário abaixo par enviar sua pergunta (podem, inclusive, ser várias). Publicaremos aqui no sítio, após o evento, as perguntas enviadas e as respostas do Bruno.



Hackeando a Educação

4 de Outubro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Segundo a Wikipédia, originalmente e para certos programadores, o termo hacker é usado para os indivíduos que elaboram e modificam software e hardware de computadores, seja desenvolvendo funcionalidades novas, seja adaptando as antigas.  Há uma certa controvérsia em relação ao termo, mas acho que a definição correta é a descrita anteriormente.

Pensando nisso acho que o termo pode ser aplicado não só ao mundo da informática, mas a qualquer área em que existam indivíduos dispostos a modificar algo, seja desenvolvendo novas funcionalidades, seja adaptando as antigas, ou seja, procurando sempre melhorar o “sistema” vigente.

A chamada "cultura hacker" possui um código de ética que define as ações, em termos gerais um hacker acredita que ao compartilhar suas experiências e seu conhecimento estão de alguma forma colaborando para o bem da humanidade. "A informação deve ser livre"

Neste contexto, o professor pode e deve se tornar um "hacker", no sentido de pesquisar e estudar novas possibilidades para a educação, modificar sua forma de lecionar e aperfeiçoar os projetos pedagógicos para que estes possam utilizar as novas tecnologias. Depois ele deve compartilhar suas experiências com outros professores e juntos encontrar o melhor caminho para utilizá-las em sala de aula.

E é aí que o professor "hacker" ganha um grande aliado, o "Software Livre" principalmente aquele utilizado na educação, pode ser uma grande ferramenta pedagógica nas mãos deste professor.

E o que nós podemos fazer? Acredito que quanto mais a comunidade SL brasileira se aproximar dos professores e educadores, melhor será a compreensão deles sobre os beneficios de se utilizar a informática na educação e ainda melhor, sem deixar de ser LIVRE.



Atividade Diversificada – Árvore

21 de Setembro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Ativdade elaborada no Tuxpaint, para ser resolvida no próprio software, que tem como objetivos a identificação das letras do nome, a definição de conceitos sobre plantas e a percepção de quantidades.

árvore, ciências, matemática, português, tuxpaint


Atividade Diversificada – Árvore

21 de Setembro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

árvore, ciências, matemática, português, tuxpaint



Atividades no TuxPaint

20 de Setembro de 2010, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

O TuxPaint é um excelente programa para se trabalhar produção gráfica com as crianças. Mas ele também pode ser utilizado de outras formas. Uma delas, talvez bem inusitada, é a criação de atividades que serão resolvidas dentro do próprio TuxPaint. Aqui serão disponibilizadas algumas dessas atividades.

Para trabalhar com elas, basta baixar as imagens e salvá-las na pasta de imagens do TuxPaint. No GNU/Linux, a localização é

.tuxpaint/saved

dentro da sua pasta de usuário. Como .tuxpaint é uma pasta oculta, para visualizá-la você terá que habilitar a visualização de arquivos ocultos para encontrá-la.

No Windows Vista, a localização é, normalmente,

C:\Users\usuário\AppData\Roaming\TuxPaint\saved

onde usuário é o nome do usuário que você usou para entrar no sistema.

Nas versões anteriores do Windows, a localização é, normalmente,

C:\Documents and Settings\Username\Application Data\TuxPaint\saved

Novamente, usuário é o nome do usuário que você usou para entrar no sistema.

A partir daí, ao abrir o TuxPaint, as atividades salvas estarão disponíveis quando se clicar no botão Abrir.