Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Encontro de Software Livre reúne participantes de todo mundo em João Pessoa

4 de Maio de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1798 vezes

Estudantes e profissionais de várias partes do mundo vão estar reunidos em João Pessoa entre os dias 06 e 09 de maio para participar do IV Encontro de Software Livre da Paraíba (ENSOL), considerado por especialistas como um dos maiores e mais importantes eventos técnicos do Brasil. Realizado na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, o encontro tem como tema “Liberdade no Extremo”, numa referência do local de sua sede – Ponto Extremo Oriental das Américas – e a filosofia e fundamento do Software Livre. 

A abertura oficial do evento acontecerá no dia 06 de maio (quinta-feira), às 14h no auditório principal com a participação de autoridades e especialista no assunto de várias países. 

O IV ENSOL, que teve sua capacidade total de 800 participantes esgotada, vai ocupar quase todos os espaços da Estação Cabo Branco, pois haverá palestras no auditório principal (Auditório Liberdade) e nas salas de reunião (Auditórios Linux e GNU) apenas para os inscritos, além da ‘Desconferência’ em um dos andares da torre, aberta ao público em geral. 

O encontro é organizado pelo Grupo de Usuários GNU/Linux da Paraíba (G/LUG-PB) e Projeto Software Livre Paraíba (PSL-PB), entidades não governamentais. Os patrocinadores do evento são; Prefeitura de João Pessoa, Serpro, Fábrica Livre, Dataprev, Itaipu Binacional, Gigahost, Associação Nacional para Inclusão Digital (ANID), Linuxfi Treinamento e Consultoria e F 13 Tecnologia.
Informações sobre o evento no site: www.ensol.org.br ou pelos telefones (83) 8823-2279 ou 8780-7227.

O que é Software Livre.

Criado na década de 80 pelo famoso hacker norte americano Richard Matthew Stallman, o Software Livre se caracteriza pelo desenvolvimento colaborativo e pelo livre acesso ao código fonte. 

Utilizado no mundo inteiro por empresas privadas e públicas e por universidades, o Software Livre tem quatro liberdades fundamentais: liberdade para executar o programa, para qualquer propósito; de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para as suas necessidades, e o acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade; de redistribuir, inclusive vender, cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo; de modificar o programa e liberar estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie. 

A constante troca de experiências e informações praticada pelos adeptos do Software Livre, possibilitou o desenvolvimento de aplicativos mais seguros e estáveis, além de muito mais baratos.


Quem são os Palestrantes do IV ENSOL

O evento trará para João Pessoa os maiores experts no assunto de vários países, o que vai possibilitar uma troca de conhecimentos nunca antes vista no Nordeste sobre a evolução do Software Livre. São eles:

Rasmus Lerdorf é conhecido por ter criado o PHP em 1995 e por ter contribuído em diversos outros projetos de Software Livre ao longo desses anos.
Nascido na Groenlândia, mais especificamente em Qeqertarsuaq, Rasmus concluiu em 1993 o curso de Engenharia de Sistemas na universidade de Waterloo, em Ontário, e hoje é cidadão canadense.
Rasmus trabalhava até pouco tempo atrás no setor de Infraestrutura da Yahoo!, mas desde os acordos entre esta e a Microsoft ele está desempregado, concentrando seus esforços em palestras e eventos de Software Livre.

Jon "maddog" Hall
é o Diretor Executivo da Linux International, uma associação de usuários de computadores que desejam suportar e promover o sistema operacional Linux. Esta é a sua segunda aparição no ENSOL.
Durante sua carreira (que começou em 1969) o Sr. Hall tem sido programador, designer de sistemas, administrador de sistemas, gerente de produtos, gerente técnico de marketing e educador.
Ele trabalhou com muitos sistemas, tanto proprietários como livres, tendo se concentrado em sistemas Unix desde 1980 e com sistemas Linux desde 1994, quando se encontrou pela primeira vez com Linus Torvalds e ambos reconheceram a importância comercial do Linux e dos softwares Open Source.
Hall possui mestrado em Ciência da Computação pelo Rensselaer Polytechnic Institute (1977) e um Bacharelado em Comércio e Engenharia pela Drexel University (1973).
Ensinou em algumas universidades e é um orador excepcional, que contagia seus ouvintes através do seu carisma pessoal e de analogias e exemplos que encantam o público.

Ryan Ozimek
é um dos Membros Diretores da Open Source Matters, organização sem fins lucrativos que cuida de toda a parte institucional, legal e financeira do Joomla, software de código-aberto.
Ryan também faz parte do "Time de Eventos do Joomla" e é o responsável oficial por dar suporte e oferecer palestras para conferências realizadas na América do Norte, em nome do Projeto Joomla. Em 1999 fundou a sua própria empresa, PICnet, cuja missão é oferecer assessoria usando softwares e serviços de código aberto à organizações sem fins lucrativos.

Jim McQuillan
é o fundador e líder do LTSP (Linux Terminal Server Project), um projeto de código aberto que hoje é mundialmente conhecido.
O LTSP é uma solução barata e efetiva que está se tornando bastante popular em escolas, negócios e organizações por todo o mundo. Com ele é possível usar "terminais-burros" (thin-clients) para se conectar a um servidor, que fará o processamento e armazenará os dados de todos os clientes.
Desde 1984 desenvolve soluções para clientes utilizando Unix e desde 1995 está envolvido com o Linux. Há mais de 18 anos é responsável pelos sistemas de saúde de diversos estados dos Estados Unidos.

Alexandre Oliva
é Conselheiro da Fundação Software Livre América Latina desde 2005; ativista e evangelizador do Movimento Software Livre. É mantenedor do Linux-libre, uma distribuição Livre do Linux apropriada para distribuições Livres do sistema operacional GNU+Linux.
Desenvolve ferramentas Livres de desenvolvimento na Red Hat desde 2000. Formou-se Engenheiro de Computação em 1995 e Mestre em Ciências da Computação em 1998, na Unicamp, onde tomou contato com Software Livre em 1991.

Douglas Conrad
é empresário do segmento de prestação de serviços, especializado em Telefonia IP (VoIP) desde 2003, com cases de sucesso que somam mais de 10 milhões de ligações completadas, mais de 900 canais digitais e 250 pontos remotos conectados utilizando tecnologia de VoIP. Possui grande conhecimento sobre o assunto.
Mais de 10 anos de experiências como Técnico e Gerente de Projetos de TI. Trabalhou diretamente em projetos de Software Livre em Empresas como: Governo do Estado de Santa Catarina, Prefeituras Municipais do Estado, Secretarias de Saúde do Estado, CVC Agência de Viagens, The Solae Company, Damovo do Brasil, Grupo Makenji entre outros.

João Eriberto Mota Filho
é Oficial de Cavalaria do Exército Brasileiro. Gerente de Rede e de Segurança em Rede do Gabinete do Comandante do Exército. Coordenador e professor da Pós-graduação em Software Livre na Universidade Católica de Brasília (UCB) e professor da Pós-graduação em Perícia Digital (UCB). Professor da Pós-graduação em Gestão de Segurança da Informação na Universidade de Brasília (UnB).
Autor dos livros Linux & Seus Servidores (2000), Pequenas Redes com Microsoft Windows (2001), Descobrindo o Linux (2ª edição em 2007) e Análise e controle de tráfego em redes TCP/IP (em andamento). Líder do Projeto HLBR (hlbr.sf.net) e desenvolvedor em outros projetos. Mantenedor Debian, empacotando diversos programas. Membro do time de Forense do Debian.

Erlon Sousa Pinheiro é especialista em Ambiente Internet, professor da Faculdade Integrada do Ceará (www.fic.br), profissional certificado LPIC-1 e LPIC-2, ITIL V3 Foundation, Novell Data Center Technical Specialist e Novell Certified Linux Administrator. 
Sócio Diretor da F13 Tecnologia, empresa cearense especializada em soluções com software livre, usuário Linux desde 1995, foi instrutor certificado Conectiva Linux, membro dos projetos Debian-CE e PSL-CE, tradutor da documentação oficial do projeto LTSP. 
Contribui com o projeto KyaPanel, apresentou palestras nos eventos: 10o. Fisl, I e II FCSL, I Ensol, II EPSL, Flisol 2005 e 2006, IV Secomp FLF, 11a. Infosol, 1a. Secomp-Uva, etc.

Fabianne Balvedi
é arquiteta e urbanista com especialização em Computação Gráfica Aplicada. Membro fundador do Programa Software Livre Paraná, da Blender Foundation e da rede de Estúdios Livres. Trabalha principalmente com cinema de animação, videodesign e webdesign. 
Pesquisadora e instrutora na área de mídias livres, coordena a Oficina de Animação em Software Livre do Projeto Olho Vivo e é professora do curso de Design da Pontifícia Universidade Católica do Paraná nas disciplinas de Linguagem Audiovisual, Imagem em Movimento e Design de Interfaces.

Felipe Augusto van de Wiel
é formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR, Curitiba). Atua profissionalmente como "sysadmin" para o Complexo Pequeno Príncipe e é Consultor Técnico da 4Linux.
Desenvolvedor Debian, atua principalmente na parte de tradução e internacionalização, sendo voluntário na administração de infraestruturas para diversos projetos nacionais.

Jomar Silva
(a.k.a. Homembit) é Engenheiro Eletrônico, Diretor Geral da ODF Alliance Latin América e membro do OASIS ODF TC, comitê internacional que desenvolve o padrão ODF. Atualmente integra a equipe de Software Livre da Cobra Tecnologia.
Foi coordenador do grupo responsável pela adoção do ODF como norma brasileira na ABNT (NBR ISO/IEC 26.300), representou o Brasil no BRM do OpenXML em Genebra na Suíça e tem trabalhado internacionalmente na defesa e divulgação de padrões abertos.


Julio Cezar Neves
trabalha com Unix desde 1980, quando fez parte da equipe que desenvolveu o SOX, sistema operacional UnixLike, da Cobra Computadores. Atualmente é Analista de Suporte de Sistemas e professor universitário. 
Engenheiro de produção da UFRJ, pós-graduado em informática pelo IBAM, Analista de Suporte de Sistemas desde 1969. Ex-diretor de Informática do IplanRIO, que é o órgão de TI da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. 
Seu trabalho publicado mais importante, é como autor do livro Programação Shell Linux, que está em sua 7ª edição, e também tem uma coluna na revista Linux Magazine. 
Grande apreciador de uma cerveja gelada (recomendações médicas).

Marlon Dutra
trabalha com tecnologia da informação, mais precisamente com Linux, desde 1996, quando surgiram os primeiros provedores comerciais de Internet no Brasil. Desde então, vem trabalhando com servidores Unix e planejamento de redes corporativas, cobrindo segurança e roteamento. 
É diretor da Propus Informática, empresa especializada em servidores corporativos e serviços de voz sobre IP, e ex-presidente do Fórum Internacional Software Livre. Fora da área de tecnologia, Marlon também é piloto privado de avião em formação e fotógrafo por hobby.

Paloma Costa
é cientista do Conhecimento com 9 anos de experiência em Tecnologia da Informação. Possui experiência em Softwares Educacionais e Software Livres no processo de aprendizagem com utilização das Tecnologias Assistivas na Educação Especial.
Possui conhecimentos avançados nas áreas de Engenharia de Software, Desenvolvimento e Testes com foco em Acessibilidade e Usabilidade na Educação a Distância e da Inclusão Digital com Software Livre. Atualmente faz Especialização em Informática na Educação na PUC-RS e é mestranda como aluna especial do curso de Educação na UFRGS.

Paulino Michelazzo
é sócio e CTO da Fábrica Livre, empresa especializada em gestão de conhecimento e desenvolvimento de soluções para web com Software Livre, com os quais trabalha desde 2000. Na Internet, entrou em 1994 depois de 5 anos criando software client-server para pequenas empresas. 
Em 2007 participou da missão da ONU em Timor Leste como System Develop Specialist. É colunista da revista TI-Digital, co-autor dos livros A Revolução do Software Livre, Internet: O Encontro de 2 Mundos e Software LIvre e Inclusão Digital, instrutor de cursos de Drupal, Joomla! e Software Livre e palestra sobre desenvolvimento de software, empreendedorismo e ferramentas de gestão por todo o país.

Rubens Queiroz
é engenheiro eletricista por formação, não sabe trocar nem uma lâmpada, mas é apaixonado por computação. Criou o site Dicas-L em 1997, e se mete em tudo para o que é convidado. Colabora com o portal Codigolivre, com o projeto Broffice.org e já escreveu alguns livros, sendo que o mais famoso ensina nerds a ler em inglês, para que possam passar mais tempo na internet aperfeiçoando a sua nerdice. Dá muitas palestras e fala sobre tudo, até do que não sabe. Mas engana bem. Trabalha na Unicamp desde 1988.

Rodrigo Padula é Bacharel em Sistemas de Informação pela FMG, Mestrando em Engenharia de Sistemas e Computação, Linha de pesquisa de Banco de Dados pela COPPE/UFRJ onde realiza pesquisas nas áreas de Informática na Educação, Negociação, P2P, Navegação Colaborativa e Gestão do Conhecimento.
Gerente de Relacionamento Acadêmico e com a Comunidade pela Red Hat América latina. Membro do Comitê Diretivo de Embaixadores Fedora, Embaixador do Fedora no Brasil sendo fundador do Projeto Fedora Brasil e membro ativo dos projetos de infra, grupos regionais. marketing, mídia gratuita e coordenação do Fedora. Colaborador do Projeto OLPC e Sugar Labs.

Sady Jacques é técnico em Computação há 21 anos na PROCERGS - Companhia de Processamento de Dados do Estado do RS. Diretor de Cultura do Sindppd - Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados do RS (1992-1998).
Membro do Projeto Software Livre Brasil.
Sócio-fundador e embaixador da Associação Software Livre.Org. Membro da Coordenação dos Telecentros do município de Porto Alegre/RS (2001-2004). Sócio-fundador da Associação Cidadania Digital. 
Diretor de Ações Cooperadas da APTIC-RS - Associação dos Profissionais em Tecnologias da Informação e Comunicação do RS.

Sérgio Amadeu da Silveira
é graduado em Ciências Sociais (1989), mestre (2000) e doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2005). Consultor de Comunicação e Tecnologia, atualmente é professor da Universidade Federal do ABC. 
Foi professor titular do Programa de Mestrado da Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero (2006-2009). Presidiu o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (2003-2005) e foi membro do Comitê Gestor da Internet no Brasil (2003-2005).
Pesquisa as relações entre comunicação e tecnologia, práticas colaborativas na Internet e a teoria da propriedade dos bens imateriais. Autor dos livros: "Exclusão Digital: a miséria na era da informação" e "Software Livre: a luta pela Liberdade do conhecimento". 
Desenvolve trabalhos nos seguintes temas: exclusão digital, tecnologia da informação e comunicação, sociedade da informação, economia informacional, cidadania digital e Internet.
Trabalha na Unicamp desde 1988.

Fonte ClickPb


Tags deste artigo: joão pessoa psl-pb ensol paraíba anid gnu/linux inclusão digital software livre

Eventos de Software Livre no Brasil