Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

América Latina terá portal para divulgar software livre

28 de Julho de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1836 vezes

RclsaDeve ser lançado até setembro de 2010 um site para divulgar, debater e aperfeiçoar softwares livres desenvolvidos por instituições da América Latina e do Caribe. Entre os países que participarão do portal Software Público Internacional estão, além do Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, Equador, Paraguai, Peru e Venezuela.

O projeto tem como objetivo reunir o conhecimento produzido em vários países sobre tecnologia da informação e comunicação para resolver problemas locais, principalmente no setor público. A iniciativa é do Ministério do Planejamento brasileiro, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud Brasil).

O serviço, inspirado no Portal do Software Público Brasileiro, pretende ser mais do que um simples catálogo de softwares livres. A proposta é que os colaboradores discutam a qualidade dos programas, sua utilização na prática e os aspectos legais em torno do desenvolvimento e compartilhamento de soluções baseadas em código livre e aberto, segundo o consultor do PNUD Fausto Alvim. Um dos principais desafios, destaca, será lidar com as diferenças entre as estruturas administrativas, políticas e legais dos países parceiros.

Para isso, a intenção é reunir não apenas programadores, mas também usuários e pessoas interessadas na aplicação dos softwares, como administradores e gestores públicos. "O portal é uma tentativa de melhoria da experiência brasileira, em que você compartilha conhecimento, não só programas de computador. A ideia geral é compartilhar experiência e melhores práticas", afirma Alvim. "O desenvolvimento do software é importante, mas o portal também junta as pessoas."

A rede vai trabalhar inicialmente com a licença GPL II (Gnu General Public License), que impõe a disponibilização do código fonte das soluções gratuitamente, assim como de qualquer produto derivado delas. Outras licenças, como a BSD (Berkeley Software Distribution), estão em estudo.

PRINCIPAIS DEMANDAS

Para descobrir as principais demandas da comunidade latino-americana, o projeto Rede Colaborativa de Software Livre e Aberto (RCSLA) realizou, em 2007, uma enquete entre instituições governamentais de países da América Latina e Caribe, perguntando quais dos 22 softwares disponibilizados à época no Portal do Software Público Brasileiro

Com base nos resultados da pesquisa, as soluções Cacic e I-Educar

O Cacic, um dos softwares preferidos dos desenvolvedores do Portal do Software Público Brasileiro, com 22 mil membros em sua comunidade, foi inicialmente desenvolvido pela Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social) e tem como função produzir um diagnóstico de redes de computadores.

Já o I-Educar é um software de gestão escolar. Centraliza as informações de um sistema educacional municipal, como cadastro de alunos, matrículas, transferências, emissão de documentos etc.

O ministério pretende apresentar maiores detalhes sobre a rede durante o 3º Congresso Internacional de Software Livre e Governo Eletrônico - 3º Consegi, que ocorre entre 18 e 20 de agosto de 2010 na Escola de Administração Fazendária, em Brasília (DF). No entanto, o portal já está funcionando internamente em fase de testes.

Por enquanto, ele serve como ferramenta para a articulação entre o Centro Latinoamericano de Administración para el Desarollo (Clad), organismo formado por 21 países latinos, e o Pnud para a organização do projeto.

Fonte Agrosoft



Tags deste artigo: software livre pnud público portal

Eventos de Software Livre no Brasil