Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

Tecnologia é transformada em arte no 10º Fisl

29 de Junho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2326 vezes

2009_6_25_stande

 Agendas, bijuterias, enfeites, aquários: tudo feito com peças de computadores descartados. Nada se perde, tudo se transforma. É com esse espírito que um grupo de educandos do Centro Marista de Inclusão Digital (CMID), de Santa Maria, veio ao Fórum Internacional do Software Livre (FISL), que acontece até o próximo sábado, 27/6, no Centro de Eventos da PUCRS e está divulgando o seu trabalho no estande da Rede Marista.

O monitor que não funciona mais deu lugar a um aquário. Já os computadores recondicionados ganharam uma nova cor e muitos outros foram recuperados a partir de máquinas caça-níqueis. Além de objetos, os jovens trouxeram, também, alguns robôs desenvolvidos na Oficina de Robótica Livre. O Robô Tux, por exemplo, foi feito com uma parte de um aspirador de pó e o motor utilizado é o do sistema do limpador de pára-brisas dos carros. Além de andar, ele fala, filma e mexe a cabeça.2009_6_25_cmid

Felipe Yuri dos Santos, 14 anos, nunca havia participado do FISL antes. Educando do CMID há quatro meses, ele participa das Oficinas de Robótica Livre, Meta-arte e metarreciclagem. Durante a manhã do dia 25/6, ele mostrava aos participantes uma empilhadeira criada com a ajuda dos educadores em uma das aulas da oficina de Robótica. "É muito bom estar aqui. Participar do Fórum vai ser um diferencial na hora de buscar um emprego no futuro", ressalta.

Próximo dali, Ueslei Diego da Silva Genro, 19 anos, está animado em ser um dos expositores do evento. Há dois anos no Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC Cesmar), ele teve a oportunidade em participar, neste ano, da oficina de Robótica Livre do Centro. No FISL, o CRC é o responsável por um telecentro de cinco computadores conectados à Internet, uma mostra de quadros de grafite artesanal, um barco e um display eletrônico.

A coordenadora pedagógica do CRC, Alessandra Padilha, acredita que o contato desses jovens - que vivem em situação de vulnerabilidade social - com um evento com o porte do FISL é uma grande oportunidade. "Eles têm outra visão do que é a tecnologia. Aqui eles são iguais a todo mundo, independente da classe social e podem mostrar o que eles aprendem lá no Cesmar", afirma.

Educador do CRC realiza palestra2009_6_26_fisl_crc

 Na tarde de quinta-feira, 25/6, um dos educadores do CRC Cesmar e gerente administrativo do Laboratório Especializado em Eletroeletrônica da PUCRS (LABELO), Carlson J. Aquistapasse realizou uma palestra com o tema Lixo Eletrônico e recondicionamento de computadores. Além de trazer dados sobre quantos computadores são comprados por ano, Carlson alertou sobre a forma incorreta em descartar o computador antigo. Constituído de elementos altamente poluentes, colocar o monitor, impressora e demais equipamentos de informática com o lixo seco e orgânico traz sérios problemas ao meio ambiente.

O coordenador do CRC Cesmar, Luiz Osório Waldow, também participou da palestra e expôs a experiência do CRC no recondicionamento e reciclagem de computadores.


Tags deste artigo: fisl2009

Eventos de Software Livre no Brasil