Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

No blog da Vanessa Nunes:As novidades boas e ruins sobre o Fisl

4 de Junho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 848 vezes

Teve hoje uma apresentação do Fórum Internacional Software Livre (Fisl) à imprensa. Começo pelas notícias ruins: Lembram que os organizadores do evento tinham prometido um link ao vivo com astrounautas da Nasa no espaço? Não vai rolar, porque o Brasil não é signatário da Estação Espacial.

* Sascha Meinrath, um dos caras que ajudaram a fazer o plano de governo de Obama para área de TI, tinha confirmado presença, mas não virá mais. Diz que é um momento complicado pra sair de Washington.

* A falta de apoio dos governos municipal e estadual poderá fazer com que o Fisl deixe de ser realizado em Porto Alegre. Bem, não é de hoje que há propostas de outras cidades pra levar o evento daqui da província. Todo ano é mesma coisa.

- O governador Requião disse que vem para Porto Alegre para levar o Fisl para o Paraná - comentou Marcelo Branco, coordenador geral do evento, durante a coletiva de imprensa.

Nesta semana, o pessoal da Associação Software Livre (ASL), que organiza o evento, foi pedir socorro ao prefeito Fogaça. Ele ''garantiu" que a cidade não abre mão do Fisl. Agora, dizer é uma coisa, prefeito. Precisa oferecer melhores condições.

- Realizamos o maior evento de tecnologia aqui, mas é difícil continuar em Porto Alegre. Precisamos melhores condições - desabafou Marcelo.

É claro que os caras da ASL - que nasceu aqui - não querem que o evento saia do Estado. E pra Porto Alegre é importante. O Fisl custa R$ 1,4 milhão. Mas ainda movimenta hotéis, restaurantes. A expectativa é de que injete na economia gaúcha cerca de R$ 5 milhões. Isso sem falar nos negócios que são fechados durante o evento.

Durante a coletiva de imprensa, fiquei tuitando. Então aproveito para responder perguntas que me enviaram o @flatlining e a @dmartinss: estão confirmados os eventos noturnos descentralizados, já que a PUCRS impôs que não poderão ser realizadas palestras noturnas lá.

A programação:

_ No dia 24 (quarta), às 20h, no Ponto de Cultura Odomodê (Av. Ipiranga, 3850), ocorrerá a Festa Nerd de São João. Evento gratuito.

_ No dia 25, no Ocidente (Rua Osvaldo Aranha, 960), haverá debate sobre novas formas de distribuição do conhecimento, conteúdo, músicas na rede. Com presença de Peter Sunde, cofundador do Pirate Bay. De novo, evento gratuito. E imperdível.

_ Também no dia 25, no Opinião (Rua José Patrocínio, 843), às 22h, show do Teatro Mágico. Haverá desconto no ingresso para participantes do Fisl.

_ No dia 26, às 20h, no Ponto de Cultura Odomodê. Evento gratuito. Apresentações dos grupos Central do Samba e Maracatu Truvão. Jon Maddog Hall pretende cair no samba. YouTube certo depois!

_ No dia 27 (sábado), no Ocidente, 23h. Festa Livre de Encerramento do fisl10.

Também via Twitter, o @guaraldo perguntou sobre a Arena de Programação. O desafio deste ano está relacionado a problemas de falha no DNS (que relaciona nomes de domínio a IPs). As inscrições estão abertas até dia 21 no site do fórum. Os 21 que se saírem melhor vão para a final em um aquário montado dentro do evento. Os três vencedores levam celulares G1, com Android, sistema livre do Google.

* A grade de programação preliminar sai na semana que vem. Até agora, há 55 palestrantes nacionais e internacionais de destaque. Espia a lista aqui.

* Há mais de 50 empresas na Mostra de Soluções. É onde ocorrem os negócios no Fisl.

* Pela primeira vez no evento, haverá um Festival Internacional de Robótica Livre.

Chega no site do Fisl para mais detalhes. As inscrições também podem ser feitas lá. Cerca de 5 mil já garantiram vaga.


Tags deste artigo: fisl2009
Fonte: http://www.softwarelivre.org/news/13703

Eventos de Software Livre no Brasil