Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

FISL debate política pública de Software Livre

7 de Julho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1680 vezes

CisldfA parte da manhã foi marcada pela abertura do evento, palestra do GT Migração sobre a IN 04, análise do discurso do presidente Lula no FISL, ações prioritárias e apresentação da programação do Consegi 2009.

A reunião continua no período da tarde, a partir das 14h, no auditório do Ministério da Fazenda, com a seguinte pauta: apresentação do Framework Demoiselle e debates sobre a política pública de Software Livre.

<more>


Abertura

Participaram da abertura o diretor-superintendente do Serpro, Gilberto Paganotto, o qual destacou a importância das ações de capacitação do Comitê e provocou os presentes a abraçarem o projeto de construção da política de software livre. Renato Martini, presidente do ITI, analisou o atual momento do software livre dentro do governo federal. "Hoje, temos harmonia e sintonia, no que tange ao software livre temos mais energia sinética e menos atrito", ressaltou Martini.

O secretario da SLTI/MP, Rogério Santanna, indicou a importância das parcerias estratégicas do governo, que são viabilizadas pelas plataformas abertas. O secretário discorreu sobre cooperação e velocidade de inovação no campo das tecnologias livres, ressaltando a importância dos técnicos nesse processo, "não existe software livre sem equipes de atualização", disse.

As autoridades foram unânimes em analisar o discurso do presidente Lula, no Fórum Internacional de Softwarte Livre - FISL, como um importante marco para o movimento de software livre no Brasil. Confira discurso do presidente Lula no FISL 10.


Tags deste artigo: fisl2009

Eventos de Software Livre no Brasil