Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a FISL
Tela cheia Sugerir um artigo

Comissão Européia multa Microsoft em US$1,35 bilhão

3 de Junho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 677 vezes

Empresa ignorou sanções determinadas para corrigir violações às regras de concorrência. Em 2004, empresa foi considerada culpada de abuso de posição dominante no mercado.

A Comissão Européia impôs uma multa recorde contra a Microsoft no valor de 899 milhões de euros (US$ 1,35 bilhão) nesta quarta-feira (27) por desafiar sanções determinadas em 2004 para corrigir violações às regras de concorrência do bloco de países. A multa supera em muito o valor da penalidade original.

Este valor, que corresponde a multas diárias pelo período de 21 de junho de 2006 a 21 de outubro de 2007, é o mais elevado da história a apenas uma empresa pelos serviços europeus de concorrência. O órgão informou que nenhuma outra empresa havia ignorado sanções antes.

A multa se acrescenta à condenação inicial de 497 milhões de euros infligida por Bruxelas à Microsoft em março de 2004, quando a empresa americana foi considerada culpada de abuso de posição dominante no mercado dos programas de informática.

"A Microsoft foi a primeira empresa em 50 anos de políticas de defesa da concorrência da UE que foi multada pela Comissão por não atender a uma decisão antitruste", afirmou a comissária de proteção da competição do bloco de países, Neelie Kroes, em comunicado.

'Questões do passado'

A Comissão decidiu em 2004 que a Microsoft não forneceu as necessárias informações de interoperabilidade para empresas rivais que produzem softwares servidores. Esse tipo de programa opera impressoras e outros equipamentos e sistemas em pequenos grupos de escritório, mas precisa se conectar a computadores com Windows.

Em resposta à multa da Comissão Européia, a Microsoft afirmou que a penalidade refere-se a "questões passadas" e que agora a empresa está olhando para o futuro.

"Estamos analisando a ação da Comissão. A Comissão anunciou em outubro de 2007 que a Microsoft atendeu totalmente a decisão de 2004, então essas multas são sobre questões que foram resolvidas", informou a companhia em comunicado.

"Como demonstramos na semana passada com nossos princípios de interoperabilidade e ações específicas para aumentar a abertura de nossos produtos, estamos nos concentrando em medidas que melhorarão as coisas no futuro", acrescentou a empresa.

Na foto a comissária para concorrência da EU, Neelie Kroes, dá entrevista sobre a multa aplicada à Microsoft (Foto: AFP) Com informações da Reuters e da France Presse


Tags deste artigo: fisl2004
Fonte: http://www.softwarelivre.org/news/10880

Eventos de Software Livre no Brasil