Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

Localizado torturador da Casa da Morte

12 de Novembro de 2014, 18:46 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado uma vez

Inês Etienne Romeu, hoje com 72 anos, é a única presa política sobrevivente da Casa da Morte, instalação militar em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tida como um dos mais violentos centros de tortura da Ditadura Militar. Escapou de lá após 96 dias no inferno ao prometer que contribuiria para a força de repressão, como informante infiltrada em organizações de esquerda, o que nunca fez. Em 1979, com a lei da Anistia, Inês veio a público relatar detalhes sobre sua temporada na Casa da Morte. Entre outras torturas, contou ter sido estuprada duas vezes por “Camarão”.

Segundo Inês, esse era o apelido do vigia da casa, um soldado do Exército que cumpria ali a função de carcereiro, cujo nome verdadeiro deveria ser Wantuir ou Wantuil. Apenas agora, 35 anos depois, a identidade de seu algoz foi finalmente revelada. Localizado no Ceará, Antônio Waneir Pinheiro Lima, de 71 anos, prestou depoimento ao Ministério Público Federal no último fim de semana. Agora a Comissão Estadual da Verdade do Rio de Janeiro também tentará ouvi-lo.

Camarão era homem de confiança do tenente-coronel Paulo Malhães, responsável pela instalação e pela administração do centro de tortura em Petrópolis. Malhães foi morto em abril deste ano, por asfixia, durante um assalto a sua residência, apenas um mês depois de admitir, em depoimento à Comissão Nacional da Verdade, a prática de tortura e outras violações aos Direitos Humanos na região serrana do Rio. Sobre Antônio Waneir, apelidado de Camarão em razão da cor da pele, Malhães dissera na ocasião que se tratava de um soldado paraquedista, transferido em 1969 ao Centro de Informações do Exército (CIE), após se envolver com álcool e ser impedido de pular. Em 1971, ano da inauguração do centro de tortura em Petrópolis, foi deslocado para trabalhar ali como vigia. Desde o iníco de 2014, o Ministério Público Federal e a Comissão Estadual da Verdade do Rio de Janeiro tentam localizá-lo para ouvi-lo.

As informações e a montagem com as fotos são do jornal O Dia.


Fonte: http://www.pauloteixeira13.com.br/site/noticias/localizado-torturador-da-casa-da-morte/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.