Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

A luta pela maconha medicinal

12 de Novembro de 2014, 18:06 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 3 vezes

O Fantástico, da TV Globo, exibiu no dia 9 de novembro uma reportagem comovente, que retoma a aflição das famílias brasileiras em busca de autorização para importar medicamentos à base de canabidiol (CBD), princípio ativo presente na planta da maconha. O produto tem se mostrado bem sucedido no controle de sintomas como convulsões e crises epiléticas recorrentes em pacientes, principalmente crianças, com síndrome de Dravet ou outras doenças.
Com produção proibida no Brasil, uma vez que a legislação brasileira ainda veta o cultivo de maconha inclusive para uso medicinal, o óleo de canabidiol precisa ser importado de países como Estados Unidos, Israel, Inglaterra e, mais recentemente, Uruguai, o que só pode ser feito com uma autorização especial da Anvisa. Para consegui-la, é preciso vencer a burocracia, comprovar o risco de morte e a absoluta necessidade da medicação, bem como arcar com os gastos referentes a despachante, importador e outros encargos.
Em razão das dificuldades impostas, alguns casais têm recorrido a similares produzidos aqui mesmo no Brasil, de forma artesanal e clandestina. A decisão, compreensível por quem percebe o sofrimento e o desespero de quem vê os filhos em apuros, vítimas de até 30 convulsões por dia, aumenta o risco de efeitos colaterais. A escolha da planta, o modo de preparo, a dose exata (que muda conforme a pessoa), tudo isso exige cautela permanente, o que torna temerário o uso de qualquer medicação elaborada sem registro nem supervisão das autoridades competentes.
Ainda nesta semana, Paulo Teixeira pedirá à Comissão de Seguridade Social a realização de uma audiência pública com os familiares de pacientes que precisam do medicamento e com representantes da Anvisa para solicitar a aprovação da autorização para sua importação. É fundamental que a disputa em torno desse tema encontre uma conclusão rápida e favorável à liberação. Enquanto isso não acontecer, seguiremos tratando as vítimas como criminosos. E penalizando quem deveríamos proteger.

Link: http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/11/grupo-desafia-lei-para-produzir-remedio-extraido-da-maconha.html


Fonte: http://www.pauloteixeira13.com.br/site/polsociais-not/a-luta-pela-maconha-medicinal/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.