Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

404 Not Found

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
Tela cheia
 Feed RSS

Paulo Marcos no Rádio, TV e Internet

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Paulo Marcos, radiojornalista formado em Rádio e TV pela UNEB. Especialista em rádio, TV e comunicação digital junto a jovens e lideranças do movimento social. Coordenador da Rádio Barreiros/ADASB. É empreendedor individual e através da produtora NaCangaia presta serviços nas áreas de vídeo, fotografias e radiojornalismo.

ACM Neto teme pela vida de Wagner

15 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Ouça o discurso em que ACM Neto (DEM) diz no plenário da Câmara que teme pela vida do governador Jaques Wagner.

Neto diz que violência na Bahia agora se escreve com "W", e defende a intervenção da Força Nacional de Segurança no estado.

Acesse aqui o arquivo que o próprio ACM disponibilizou no Radiotube



Exótico: agente de saúde de Santa Luz possui 24 dedos

15 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 1Um comentário

Homem natural de Santaluz possui 28 dedos, um a mais em cada mão e pé. Seu lado exótico tem lhe rendido dinheiro.

O agende de endemias, Antonio Victor, 28 anos, residente a Rua 31 de março, em Santa Luz (BA), tem despertado a atenção das pessoas pelo número excedente de dedos nas mãos e nos pés. O rapaz possui 24 dedos perfeitamente formados. Essa condição, conhecida como polidactilia, não é incomum, mas é raro uma pessoa nascer com seis em cada mão e em cada pé, como aconteceu com "o cheio de dedos", apelido colocado pelos amigos a Antonio Victor. "Se for preciso usar luvas coloco dois em um mesmo espaço".

Segundo a família, os médicos não observaram a anomalia da criança durante a ultra-sonografia e o primeiro a perceber o caso foi o pai quando ainda garoto.

Victor disse ao CN que nada atrapalha no trabalho do dia a dia. Desenvolve bem sua função de agente "só chamo atenção quando as crianças percebem e chamam os colegas para mostrar", brinca.

"Dizem que eu sou o cara", falou o "cheio de dedo". Domina bem o computador e diariamente se relaciona com amigos através do Orkut, onde tem fotos mostrando está marca.

Ele contou que no último carnaval foi a Salvador e fez farra durante os cincos dias sem gastar um centavo. "Pelo contrário, voltei com dinheiro", afirmou. Ele explicou a façanha dizendo que estava acompanhado de um amigo e este, nas rodas de cerveja, dizia que conhecia um rapaz de 24 dedos. "Todos duvidavam e o amigo chamava para apostar cerveja e quando eles topavam, eu garantia a rodada de cerveja na base do 0800", contou Victor dando profundas gargalhadas.

Muito extrovertido, Antonio Victor tem outro apelido por causa desta felicidade e alegria espontânea. Ele é chamado também de Thubas Show, pois vive eternamente feliz.

A bíblia cita em várias parte a existências de homens com vinte dedos, a exemplo do texto em II Samuel 21, 20, onde conta sobre uma batalha em Gat, na qual participava um homem de enorme estatura. Ele tinha seis dedos nas mãos e nos pés, ou seja, vinte e quatro dedos, e era descendente de Rafa.

12/05/2009 -Coité: homem chama atenção por possuir um dedo a mais em cada mão

Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas



Sport Publicidade Infantil da 1ª Conferência Nacional de Comunicação

14 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Midia
Spot da Confecom publicado no Radiotube

Unknown2060.mp3

Publicada a resolução que define os eixos temáticos e metodologia da I Confecom

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (14/09) a resolução que define os eixos temáticos e a metodologia da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, aprovados na última reunião da Comissão Organizadora Nacional, do dia 09 de setembro.
A resolução define que os eixos temáricos serão orientadores, e seus respectivos temas indicativos, havendo possibilidade de [...]

Continue lendo no Portal da Comissão Pró-Conferência aqui »

Imagem utilizada do site: http://acertodecontas.blog.br


Café com o Presidente: PIB, desenvolvimento e educação

14 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

A alta de 1,9% do PIB no segundo trimestre deste ano, divulgada pelo IBGE na última sexta-feira, confirmou o que o governo já vinha dizendo há tempos: a crise econômica chegou por último no Brasil e saiu primeiro. O presidente Lula comemorou a boa nova no programa Café com o Presidente desta segunda-feira e disse ainda que o País está preparado para voltar a crescer.

Falou também sobre a importância da educação para o desenvolvimento brasileiro, sendo ela “a condição básica pela qual o Brasil, definitivamente, entrará no rol dos países desenvolvidos”. Confira um trecho, em vídeo:

Ouça aqui o programa na íntegra:

O presidente afirmou ainda que uma das prioridades do seu governo é dar condições para todas as regiões do País de crescer e se desenvolver:

“O que nós precisamos fazer? Nós precisamos elevar aquelas regiões que foram esquecidas, para que elas tenham um padrão de crescimento igual têm as regiões mais ricas do país. É por isso que nós estamos fazendo fortes investimentos na região Norte e Nordeste do País.”

Como exemplo, citou algumas obras que vêm sendo tocadas na região, como o gasoduto Coari-Manaus, refinarias no Maranhão, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte, a Transnordestina, a transposição do rio São Francisco e a ferrovia Leste-Oeste. O importante, disse Lula, “é fazer as coisas importantes no presente, mas preparar o Brasil para que no futuro ele seja muito melhor do que ele é hoje.”

Fonte: Blogue do Planalto



Concurso IBGE: inscrições começam dia 21

14 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Ibge

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o edital do processo seletivo simplificado com 33.012 vagas para Agentes Censitários, divididas em: 400 vagas de Agente Censitário Regional (ACR), 558 de Agente Censitário Administrativo (ACA), 6.722 Agentes Censitários Municipais (ACM), 23.900 Agentes Censitários Supervisores (ACS) e 1.432 de Agentes Censitários de Informática (ACI), distribuídas por todos os 5.565 municípios do Brasil. O quadro de vagas por municípios e áreas de trabalho será disponibilizado no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br). Estão reservados 5% do total de vagas para os portadores de necessidades especiais.

As inscrições estarão abertas de 21 de setembro a 06 de outubro de 2009, e poderão ser feitas pela Internet (www.cesgranrio.org.br) ou em Postos de Inscrição nos Municípios / Área de Trabalho onde o candidato desejar trabalhar. A taxa de inscrição é de R$ 22,00 para as funções de Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Agente Censitário de Informática (ACI); de R$ 18,00 para a função de Agente Censitário Administrativo (ACA) e de R$ 30,00 para a função de Agente Censitário Regional (ACR).

A previsão de execução dos trabalhos é de até: 12 meses para o ACR, 10 meses para o ACM, 10 meses para o ACI, nove meses para o ACS, e 12 meses para o ACA. Para todas as funções a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. As vagas para as funções de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor terão uma única inscrição e uma mesma prova.

Para os candidatos às funções de ACM e ACS, a classificação final será divulgada em uma lista única, relacionando os candidatos não eliminados, por Município / Área de Trabalho, por ordem de colocação. Ao candidato que obtiver melhor classificação será oferecida a vaga de ACM definida para a função em cada Município / Área de Trabalho. Aos demais candidatos classificados serão asseguradas as vagas de ACS.

Nos Municípios / Áreas de Trabalho onde não existirem Agência(s) Credenciada(s) dos Correios designada(s) como Posto(s) de Inscrição, as inscrições serão realizadas nos endereços que serão divulgados, durante o período de inscrições, que funcionarão como Posto(s) de Inscrição nos distritos, povoados, comunidades carentes e outras localidades definidas como Áreas de Trabalho.

O candidato portador de necessidades especiais será inicialmente classificado de acordo com as vagas de ampla concorrência para a função e Município / Área de Trabalho a que concorre. Caso não esteja situado dentro dessas vagas, será classificado em relação à parte, disputando as vagas reservadas a portadores de necessidades especiais na função e Município / Área de Trabalho a que concorre, caso existam. As remunerações de cada função encontram-se no quadro abaixo. Os profissionais ainda terão direito aos auxílios transporte e alimentação, além de férias e décimo-terceiro salário proporcionais.

Para concorrer é necessário ter, pelo menos, 18 anos de idade, ser brasileiro nato ou estrangeiro naturalizado, ter concluído o ensino médio (antigo 2º Grau), estar em pleno gozo dos direitos políticos e, no caso dos candidatos do sexo masculino, estar em dia com o Serviço Militar. É vedada a participação de servidores da Administração direta ou indireta da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, de empregados ou servidores de suas subsidiárias e controladas e, ainda, de contratados temporariamente nos últimos 24 meses.

A prova será aplicada das 13h às 17h de 06 de dezembro de 2009.

Os locais de realização de prova serão informados a partir de 23 de novembro. O gabarito oficial será divulgado no dia seguinte à aplicação das provas. O resultado final para ACR tem divulgação prevista para 23 de dezembro, e para as demais funções a partir de 20 de janeiro de 2010. As contratações dos ACR serão feitas a partir de janeiro e das demais funções a partir de março de 2010.

Fonte: http://concursosnobrasil.com.br



O PIB e um recado de Lula aos leitores do blogue do Planalto

14 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Em mensagem exclusiva ao Blog do Planalto, o presidente Lula comemorou a alta de 1,9% do PIB no segundo trimestre deste ano, em relação ao primeiro trimestre, e agradeceu a participação dos leitores do Blog:

"É importante que vocês dêem sugestões, é importante que vocês critiquem, porque a gente vai aprendendo com as sugestões, a gente vai aprendendo com as críticas.(…) Continuem sendo verdadeiros como vocês são, porque é isso que contribui para o Brasil democrático que nós queremos construir".

Assista abaixo:



Vídeo: Barreiros dos Vaqueiros 3ª edição lançado em julho

13 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

O documentário Barreiros dos Vaqueiros 3 foi lançado dia 25 de julho de 2009, durante a 26ª Festa de Vaqueiros e Fazendeiros de Barreiros, em Riachão do Jacuípe. Rodado em 2006, o filme conta a trajetória das traformações culturais da maior festa de vaqueiros da região. A primeira edição foi lançada, em 2006, para um público de aproximadamente 8 mil pessoas.

Nesta nova edição a narrativa é direta e composta apenas de personagens.

PARTE 1

 

PARTE 2



Shattu's é Bi-Campeão da Copa ADEC de volei

13 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

 

Img4026a

Na decisão da 10ª Copa ADEC de Volleyboll Masculino o time do Shattu's venceu Serrinha por 3 x 0, neste domingo (13), e sagrou-se Bi-Campeão.

O jogo foi disputado até o final. No 1º set: 25 x 21; 2º - 25 x 20 e 3º - 25 x 22.

Os dois times venceram nas semifinais disputadas na tarde de sábado por 3 a 0: Jacobina 0 x 3 Serrinha e CTA 0 x 3 Shattu's.

Árbitros que atuaram nestes jogos: Osvaldo, Alex e Ivan.

 

Img3991a

Os destaques da Copa:

Atacante: Rafael (Shattu's)

Bloqueador: Geri (CTA)

Levantador: Marciel (Shattu's)

Passe e defesa: Tadeu (Serrinha)

Destaque da final: Wagner (serrinha)

Troféu de Campeão em homenagem a Carlos Ivan

Troféu de vice-campeão em homenagem a Vladson

 



Basquete: Liga Bonfinense vence e continua líder do baianão

13 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda

Img4099a

A equipe da Liga Bonfinense venceu a ADEC-Coité de 77 a 49, neste domingo (13), em  jogo válido pelo Campeonato Baiano de Basquete. Com a vitória a Liga lidera o grupo do interior e ainda não perdeu. Em sete jogos foram sete vitórias.

Img4089a

Jogo - A partida disputada no Ginásio de Esportes de Conceição do Coité foi bem motivada com boa presença de público. O primeiro tempo foi o mais corrido e mais disputado e um surpreendente empate em 20 a 20.

Img4087a

Do segundo tempo em diante a Liga dominou o placar, mas suou muito para vencer. O time coiteense mesmo perdendo o tempo todo não deu tréguas. "No time está faltando experiência. Falta alguém para instruir a garotada, mas vamos subir muito ainda", comentou Matheus Cedraz.

Img4105a

Um dos cestinhas do time de Senhor do Bonfim foi Robson com 20 pontos. Ele disse que mesmo com o bom placar o jogo foi difícil porque que Coité marcou bem. "Correram muito hoje e marcaram muito que é o forte", comentou o jogador.

Img4097a

Ficha técnica

ADEC-Coité 49 x 77 Liga Bonfinense

Primeiro período

1º quarto: ADEC-Coité 20 x 20 Liga Bonfinense

2º quarto: ADEC-Coité 7 x 14 Liga Bonfinense

Segundo período

3º quarto: ADEC-Coité 10 x 25 Liga Bonfinense

4º quarto: ADEC-Coité 12 x 18 Liga Bonfinense

Img4042a

Cestinhas

ADEC-Coité

Frank Cedraz - 14; Rian - 10; Bigão - 7.

Liga Bonfinense

Robson - 20; Diego - 20; Acássio - 17

Img4069a

Atletas do jogo

Coité

10 - Frank Cedraz, 9 - Badú, 30 - Bigão, 7 - Josué, 6 - Verner, 21 - Rian, 13 - Eduardo, 11 - Emerson, 15 - Albert, 8 - Matheus Cedraz, 23 - Alex, Tec.: Ilton.

Bonfim

4 - Jorge Muricy, 5 - Luiz Miguel, 6 - Acássio Leão, 7 - Lucas, 8 - Rubenilson, 9 - Robson, 10 - Wagner, 11 - Márcio, 12 - Bigú, 14 - Diego, 15 - Pedro Ícaro, Tec.: Paulo Muricy.

Arbitragem: Apontadora - Uilma Nascimento; Cronometrista: Gércia Silva; Árbitro - Pedro Ribeiro; Fiscal - João Silva Neto.

Img4043a

Fique por dentro do basquete no Brasil, da história, as regras, fundamentos, noções e as notícias do basquete coiteense no blogue do Basquete Coité.

Img4032a



James Naismith: o inventor do basquete

13 de Setembro de 2009, 0:00, por Software Livre Brasil - 1Um comentário

James Naismith

Professor de educação física americano nascido em Almonte, Ontario, Canadá, inventor do basquetebol. Formado no McGill University and Presbyterian College, Montreal, onde também foi professor de educação física (1887-1890), antes de passar para o Young Men's Christian Association Training School (1890-1895), hoje Springfield College, em Springfield, Massachusetts. Neste período foi convidado por Luther Gulick, chefe do departamento de educação física da escola, pediu-lhe para, em 14 dias, criar uma modalidade esportiva para práticas em ambientes fechados durante o inverno.

E assim ele inventou o basketball, um esporte com 13 regras básicas, que rapidamente se espalhou por todo o mundo. Dirigiu o departamento de educação física do YMCA, em Denver (1895-1898) e depois foi professor de educação física na University of Kansas (1898-1937). Morreu três anos depois desse esporte se tornar uma modalidade olímpica (1936). Em Springfield foi fundado o Basketball Hall of Fame (1959), oficialmente chamado de Naismith Memorial Hall of Fame, em sua honra.

Quem foi James Naismith

1861 - Nasceu em Almonte, a 60 quilômetros de Ottawa (Canadá), no dia 06 de novembro.

1875 - Ingressa no Almonte Institute.

1877 - Abandona os estudos por causa de dificuldades financeiras da família.

1881 - Ingressa na Universidade Mc Gill, em Montreal.

1883 - Forma-se em artes pela Universidade Mc Gill.

1884 - Casa-se com Maude Shermann, com quem teria cinco filhos (três meninas e dois meninos).

1887 - Começa a estudar na Escola Presbiteriana de Teologia, onde consegue o título de pastor em 1890. Na mesma época, começa a trabalhar como instrutor de educação física na Universidade McGill. Momentaneamente renuncia a suas funções de pastor e ingressa na Associação Cristã de Moços, trabalhando como professor de educação física na International Coaching School, em Springfield.

1891 - Cria o basquete.

1898 - Naismith é convidado pela Universidade Lawrence, no Kansas, para ser diretor da Faculdade de Educação Física e se muda para lá com a família. Inicia a carreira de técnico de basquete.

1909 - Começa a lecionar medicina na Universidade do Kansas.

1910 - Consegue o diploma de professor de Educação Física.

1911 - Publica "A Escola Moderna", um livro sobre Educação Física.

1912 - Encerra sua carreira de técnico de basquete, com o retrospecto de 53 vitórias e 58 derrotas.

1914 - É designado Capitão do 1º Regimento de Infantaria de Kansas.

1915 - Permanece quatro meses no México em missão militar. É nomeado Ministro da Igreja Presbiteriana.

1917 - É designado Secretário da ACM e se muda para Paris, onde reside por 19 meses. Publica o livro "Les baises de la vie saine".

1919 - É nomeado diretor da Universidade do Kansas, cargo que ocuparia até 1937.

1927 - Obtém a cidadania norte-americana.

1936 - No dia 7 de agosto, inicia o primeiro jogo de basquete em Olimpíadas, nos Jogos Olímpicos de Berlim, entre França e Estônia.

1937 - É nomeado professor emérito da Universidade do Kansas. Morre sua esposa Maude.

1938 - É nomeado Doutor Honoris Causa da Escola de Teologia de Montreal.

1939 - Em 11 de novembro, casa-se com Florence Kincaid.

1940 - Em 28 de novembro, morre de ataque cardíaco, aos 79 anos.

Fonte: paginas.terra.com.br

James Naismith


James Naismith, com o filho Jimmy

James Naismith, com o filho Jimmy

1861 - Nasceu em Almonte, a 60 quilômetros de Ottawa (Canadá), no dia 06 de novembro.

1875 - Ingressa no Almonte Institute.

1877 - Abandona os estudos por causa de dificuldades financeiras da família.

1881 - Ingressa na Universidade Mc Gill, em Montreal.

1883 - Forma-se em artes pela Universidade Mc Gill.

1884 - Casa-se com Maude Shermann, com quem teria cinco filhos (três meninas e dois meninos). James Naismith, com o filho Jimmy.

1887 - Começa a estudar na Escola Presbiteriana de Teologia, onde consegue o título de pastor em 1890. Na mesma época, começa a trabalhar como instrutor de educação física na Universidade McGill. Momentaneamente renuncia a suas funções de pastor e ingressa na Associação Cristã de Moços, trabalhando como professor de educação física na International Coaching School, em Springfield.

1891 - Cria o basquete.

1898 - Naismith é convidado pela Universidade Lawrence, no Kansas, para ser diretor da Faculdade de Educação Física e se muda para lá com a família. Inicia a carreira de técnico de basquete.

1909 - Começa a lecionar medicina na Universidade do Kansas.

1910 - Consegue o diploma de professor de Educação Física.

1911 - Publica "A Escola Moderna", um livro sobre Educação Física.

1912 - Encerra sua carreira de técnico de basquete, com o retrospecto de 53 vitórias e 58 derrotas.

1914 - É designado Capitão do 1º Regimento de Infantaria de Kansas.

1915 - Permanece quatro meses no México em missão militar. É nomeado Ministro da Igreja Presbiteriana.

1917 - É designado Secretário da ACM e se muda para Paris, onde reside por 19 meses. Publica o livro "Les baises de la vie saine".

1919 - É nomeado diretor da Universidade do Kansas, cargo que ocuparia até 1937.

1927 - Obtém a cidadania norte-americana.

1936 - No dia 7 de agosto, inicia o primeiro jogo de basquete em Olimpíadas, nos Jogos Olímpicos de Berlim, entre França e Estônia.

1937 - É nomeado professor emérito da Universidade do Kansas. Morre sua esposa Maude.

1938 - É nomeado Doutor Honoris Causa da Escola de Teologia de Montreal.

1939 - Em 11 de novembro, casa-se com Florence Kincaid.

1940 - Em 28 de novembro, morre de ataque cardíaco, aos 79 anos.

Fonte: www.cbb.com.br

James Naismith

James Naismith

James Naismith foi o grande inventor do basquetebol, sendo o mais novo dos grandes jogos mundiais. Foi inventado por um professor canadiano em 1891, na YMCA Training School, agora Springfield College (no estado norte-americano de Massachussetts). James Naismith procurava algo que «entretivesse» e divertisse os seus alunos durante os meses de Inverno. A ideia era criar um jogo colectivo que pudesse ser praticado num recinto fechado e não fosse violento. É que os tempos mudavam e os alunos começavam a aborrecer-se das tradicionais aulas de ginástica.

«A invenção do basquetebol não foi um acidente. Foi desenvolvido para dar resposta a uma necessidade. Aqueles rapazes jamais jogariam o jogo do lenço», Naismith contou toda a sua história, num livro escrito 43 anos depois.

A primeira ideia foi combinar elementos dos vários jogos já existentes. Começou por modificar o futebol americano, tornando-o menos violento. Habituados a atirarem-se para os seus adversários com toda a sua força, acharam esta versão "soft" uma verdadeira «piada»... Naismith tentou, então, o futebol. Dentro do ginásio, os alunos usavam sapatilhas. Agora, imagine-se como foi o primeiro confronto... passado no posto médico, depois de muitas «biqueiradas» e algumas janelas partidas. Até que, James Naismith concluiu que tinha de inventar algo completamente inovador: «percebi que um indivíduo é fortemente influenciado pela tradição e que qualquer tentativa de modificar jogos já conhecidos seria sempre um fracasso. Tornou-se para mim evidente que era necessário um novo princípio». É nesta fase da história que surgem os cestos de colheita de pêssegos (o que é que um cesto para guardar pêssegos tem de diferente de um para maçãs? Não se sabe, mas a verdade é que é assim que reza a história em todas as versões consultadas). Naismith pensou em introduzir uma bola em buracos suspensos no ar, de modo a dificultar a sua defesa. Pendurou dois dos referidos cestos de fruta em paredes opostas e pôs os seus alunos em confronto, nove de cada lado. O objectivo era encestar a bola no lado contrário e não deixar os adversários marcar no seu cesto. Foi o primeiro jogo de basquetebol e o fim das monótonas aulas de Inverno. Não podiam «biqueirar» a bola ou «agredir» os adversários, mas a verdade é que o novo jogo entusiasmou os estudantes.

Regras bastante diferentes das actuais

Ao mesmo tempo, o professor elaborou as primeiras 13 regras em Dezembro de 1891 em Springfield, Massachussetts. Estas regras originais foram publicadas em Janeiro de 1982 no jornal escolar do Springfield College, "The Triangle". Entretanto, como os cestos tinham fundo, precisavam de ir, com a ajuda de uma escada, buscar a bola. O ritmo do jogo era, por isso, constantemente cortado. Imaginaram então um mecanismo controlado por um longo fio, que, ao ser puxado, vertia o cesto e a bola caía no chão. Só numa fase posterior é que o fundo foi retirado, permitindo uma maior dinâmica da partida.

Naismith pretendia encontrar uma actividade nova que despertasse o interesse dos seus alunos, e as sua reflexões sobre esta matéria levaram à definição de alguns princípios, nos quais ainda hoje cento e tal anos depois se baseia a prática desta modalidade. Eles são:

1º princípio: a bola é grande esférica e jogada com as mãos;

2º princípio: todos os jogadores se podem deslocar livremente no terreno;

3º princípio: não é permitido correr com a bola nas mãos;

4º princípio: as equipas jogam juntas no terreno, mas são proibidos os contactos entres os jogadores;

5º princípio: o cesto é horizontal e elevado, de pequenas dimensões, para que se privilegie as qualidades de lançamento em perjúrio da força e da potência.

Quando o jogo do basquetebol surgiu, os cestos eram nada mais nada menos do que cestas de frutas, nas quais a bola entrava e ficava lá dentro. Mas cedo se percebeu que isto tinha de ser alterado pois o jogo estava muito parado, foi assim que Naismith decidiu retirar o fundo das cestas para tornar o jogo mais rápido e mais atractivo!

Cesto e Bola...Porque não Basquetebol?

Chegaram as férias do Natal e alguns dos alunos foram a casa e ensinaram o novo jogo no local onde moravam. Não existiam ainda regras escritas no papel e, por isso, cada estudante jogava como se lembrava». Só em 1892, foram impressas as suas regras e se deu um nome à modalidade. Um dos alunos de James Naismith sugeriu «porque não basquetebol?». A que o docente respondeu «de facto, temos um cesto e uma bola. Parece-me um excelente nome.

O basquetebol é um jogo desportivo colectivo, praticado por equipas constituídas por 5 a 12 jogadores, podendo apenas haver um máximo de 5 jogadores em campo. O objectivo principal deste jogo é introduzir a bola no cesto da outra equipa e evitar que esta marque pontos, respeitando as regras do jogo. Por cada cesto de campo convertido, a equipe soma 2 pontos, por cada triplo 3 pontos e por cada lançamento livre 1 ponto. O jogo começa com bola ao ar no circulo central. Com o evoluir da modalidade foi necessário alterar algumas coisas, para que cada vez mais o Basquetebol se tornasse num jogo rápido, dinâmico e atractivo de ser praticado e visto. Essas várias alterações levaram ás tabelas que temos hoje em dia nos nossos pavilhões, levaram à criação da área restritiva para evitar que os jogadores mais altos estivessem sempre perto do cesto tirando vantagem da sua altura, e muitas outras coisas que hoje em dia fazem parte do nosso Basquetebol.

No entanto e apesar desta constante adaptação da modalidade à sua envolvente, os 5 princípios atrás apresentados tem-se mantido sempre presentes nas regras do Basquetebol.

Hoje em dia o Basquetebol é um desporto mundialmente conhecido, e que movimente milhares de atletas e milhões de adeptos, estando presente em todos os continentes do Mundo e sendo orientado pela FIBA ( Federação Internacional de Basquetebol) a nível Europeu, e pela NBA(National Basketball Association) no continente norte-americano, sendo esta a mais conhecida mundialmente.

Fonte: alunos.lis.ulusiada.pt

James Naismith

Professor de educação física americano nascido em Almonte, Ontario, Canadá, inventor do basquetebol. Formado no McGill University and Presbyterian College, Montreal, onde também foi professor de educação física (1887-1890), antes de passar para o Young Men's Christian Association Training School (1890-1895), hoje Springfield College, em Springfield, Mass.

Neste período foi convidado por Luther Gulick, chefe do departamento de educação física da escola, pediu-lhe para, em 14 dias, criar uma modalidade esportiva para práticas em ambientes fechados durante o inverno. E assim ele inventou o basketball, um esporte com 13 regras básicas, que rapidamente se espalhou por todo o mundo.

Dirigiu o departamento de educação física do YMCA, em Denver (1895-1898) e depois foi professor de educação física na University of Kansas (1898-1937). Morreu três anos depois desse esporte se tornar uma modalidade olímpica (1936). Em Springfield foi fundado o Basketball Hall of Fame (1959), oficialmente chamado de Naismith Memorial Hall of Fame, em sua honra.

Fonte: www.dec.ufcg.edu.br

James Naismith

James Naismith nasceu em Almonte, Canadá em 6 de novembro de 1861. Em 1891 inventa o basquetebol e em 1910, consegue o diploma de professor de educação física. Em 15 de janeiro de 1892, ele publicou as regras para jogar ao basquetebol. Ele se casou com Maude Sherman em 1894 e teve cinco filhos com ela.

Depois da morte de Maude, ocorrida em 1937, se casou com Florence Kincade em 11 de junho de 1939, menos de seis meses antes de sua própria morte por causa de uma hemorragia cerebral, em Lawrence. Também invbentou o baketboll No ano de 1927 torna-se cidadão estadunidense e em 28 de novembro de 1940, morre de ataque cardiáco, aos 79 anos.


James Naismith

James Naismith

Fonte: pt.wikipedia.org



Tags deste artigo: bahia artes bacia do jacuípe cultura radialista rádio tv esportes