Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

404 Not Found

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a Paulo Marcos...
Tela cheia

Ilhéus: Conferência Estadual de Cultura reúne quase 2 mil pessoas

27 de Novembro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 3962 vezes

3ª_conferência_estadual_de_cultura_da_bahia__7_
Apresentação artística na abertura da Conferência. Foto: Manu Dias/Agecom

Paulo Marcos direto de Ilhéus - A 3ª Conferência Estadual de Cultura da Bahia conta com representantes de 368 municípios do Estado. Aproximadamente 2 mil baianos dos 26 Territórios de Identidade debatem até domingo (29), a relação entre cultura, diversidade, cidadania e desenvolvimento, apontarão diretrizes para a elaboração da Lei Orgânica de Cultura do Estado da Bahia e reunirão sugestões para a Conferência Nacional de Cultura, que acontece em março do ano que vem, em Brasília.3ª_conferência_estadual_de_cultura_da_bahia

Na cerimônia de abertura realizada na noite desta quinta-feira (26),  no Centro de Convênções de Ilhéus, o governador Jaques Wagner ressaltou a importância de abrir o diálogo no momento de elaborar políticas públicas.

Ouça aqui a entrevista


Baixe em MP3

Legislação

Para o ministro da Cultura, Juca Ferreira, que também esteve em Ilhéus para a abertura da conferência, "o Brasil está substituindo o autoritarismo e a decisão unilateral, pelo diálogo. A cultura na Bahia sempre privilegiou os prósperos e excluiu os demais. Agora, todos são representados na hora de decidir", afirmou.

O secretário estadual de Cultura, Márcio Meirelles, lembrou que a conferência vai ajudar a elaborar a legislação específica para a área, que ainda não existe. Segundo ele, esse é um dos principais entraves para a democratização da cultura. 

Ele falou ainda que a participação nesta conferência será mais qualificada do que a anterior. Ao longo desses dois anos o governo ofereceu diversas capacitações para os gestores culturais e a sociedade civil do Estado.

Ouça aqui


Baixe em MP3

Resultado

Durante a Conferência Estadual de Cultura o Ministério da Cultura (Minc) anunciará os projetos selecionados no edital de microprojetos do programa Mais Cultura.

Segundo a secretária de Articulação Institucional do Minc, Silvana Lumachi Meireles, em todo o Brasil foram três mil inscritos, dentre os quais mil saíram da Bahia.

Para Silvana o resultado da boa participação tem ligação direta com as capacitações e incentivos à produção cultural realizado pelo governo baiano.

Ouça aqui


Baixe em MP3

Header

O Território do Sisal
foi destaque como o que mais mobilizou participantes para a etapa territórial com 408 pessoas, segundo divulgou a Secult.

Confira as fotos aqui.


Tags deste artigo: conferência cultura bahia wagner minc

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.