Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

Invalid feed format.

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a Paulo Marcos...
Tela cheia

Documentos históricos do Fórum de Coité serão transferidos para a UNEB

19 de Agosto de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 6401 vezes

A presidente Sílvia Zarif e o reitor Lourisvaldo Valentin da Silva assinaram na tarde desta terça-feira (18), um convênio entre o Tribunal de Justiça e a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) para a transferência da guarda dos documentos históricos do fórum de Conceição do Coité-Ba à universidade.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os documentos passarão a ficar no campus XIV da Uneb, onde está sendo realizado o projeto “Memória Documental do Município de Conceição do Coité”, que consiste na identificação, organização e restauração dos documentos históricos da região.

A desembargadora declarou-se satisfeita por entender que o acervo será bem cuidado e disse confiar no projeto e na competência dos dirigentes e técnicos da universidade. Ao agradecer, o reitor afirmou que o Tribunal pode ficar tranquilo porque a Uneb cumprirá o seu papel e cuidará adequadamente do material recebido.

O professor Aldo José Morais Silva, coordenador do curso de História e também do projeto, disse, na cerimônia, que o trabalho se inspira em parceria semelhante feita em 2004 entre a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e o TJ para a transferência dos documentos do fórum de Feira ao Centro de Documentação e Pesquisa (Cedoc) da universidade. Ele acredita que, no caso da Uneb, que é uma universidade multicampi, a parceria pode se estender para cobrir diversas regiões do Estado.

Uma equipe já trabalha na identificação do acervo do fórum de Conceição do Coité, de cerca de 130 livros e 500 caixas de processos cíveis e criminais e documentos extrajudiciais que datam de 1870.

Também serão organizados os documentos do arquivo municipal, em trabalho conjunto entre a universidade, a prefeitura e a Fundação Pedro Calmon. E está em curso uma campanha para que a documentação ainda dispersa seja reunida e passe a integrar um centro de pesquisa a ser criado na Uneb.

Durante a solenidade de ontem, o TJ doou à Uneb de Valença 650 livros.

Da redação com informações do TJBa.


Tags deste artigo: bahia coité justiça fórum uneb universidade documentos

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.