Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

Invalid feed format.

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a Paulo Marcos...
Tela cheia

Boletim Caros Ouvintes

6 de Outubro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 841 vezes

GPR pesquisa o rádio na internet

6/10/09

Cerca de 170 pessoas participaram do seminário do Grupo de Profissionais do Rádio (GPR) realizado na plenária da Fecomércio em São Paulo. Foram sete horas de palestras, painéis e apresentação do resultado da enquete sobre hábitos da audiência do rádio na internet. Clique aqui para baixar o relatório (pdf).

Prioridade aos pequenos

5/10/09

Depois de aumentar de 499 para 5.297 o número de veículos de comunicação que recebem verbas de publicidade estatal federal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva resolveu conceder uma redução de imposto para cerca de 4.000 emissoras de rádio do interior. A decisão faz parte da lei eleitoral sancionada na última terça-feira. O benefício fiscal será dado na forma de ressarcimento a essas pequenas rádios como compensação pelo tempo que cada uma cede para propagandas partidárias e eleitorais. Hoje, esse tipo de dispositivo só é facultado a empresas de radiodifusão de grande porte. A nova regra está em linha com uma prioridade antiga do governo: aumentar a viabilidade econômica da mídia regional. Desde o início do seu primeiro mandato, Lula tem sistematicamente procurado dar mais oxigênio para pequenos jornais, rádios e revistas. (Publicado originalmente por Marcos Heise no blog ComGurus)

Uma tecnologia nacional para o rádio digital

5/10/09

Hilton Alexandre (TeleSíntese)

Após seis anos de testes e debates sobre o rádio digital, apenas um consenso sobrevive: O rádio tem que se digitalizar para sobreviver à convergência das mídias que se aproxima. As vantagens para o Rádio são mais visíveis nas emissoras AM, pois a qualidade de áudio tem uma melhora bem perceptível, mais do que nas FM. Para ambas o ingresso na tecnologia digital poderá trazer mais serviços agregados.

Como radiodifusor de AM e apaixonado pelo serviço que ela presta à comunidade, cultivo uma preocupação quanto ao seu futuro. Primeiro pelas crescentes perturbações e ruídos que se alastram nos grandes centros, tornando em algumas áreas o AM inaudível; segundo, pelas mudanças na geografia das cidades e nas características do solo em volta dos parques transmissores que prejudicam a propagação das ondas médias. Por fim, a péssima qualidade dos receptores colocados à disposição dos consumidores, na maioria chineses, via Paraguai, não conseguem sintonizar todas as emissoras AMs. Leia mais…


Tags deste artigo: bahia paulo rádio internet

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.