Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

Invalid feed format.

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
 Voltar a Paulo Marcos...
Tela cheia

((( Agência Informativa Pulsar Brasil ))) - Panorama do dia 26 de outubro de 2009

26 de Outubro de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 869 vezes

((( Agência Informativa Pulsar Brasil )))

Panorama do dia 26 de outubro de 2009

SÃO PAULO -  REFORMA AGRÁRIA
Dilma: Brasil está "na vanguarda" da democratização da terra no campo
Depois de participar de um encontro do PT com líderes de movimentos populares a ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff afirmou que a reforma agrária brasileira põe o país "na vanguarda" da democratização da terra.
Segundo a Agência Brasil a ministra discordou nesse domingo (25/10) da posição manifestada por um dos coordenadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Paulo Rodrigues. Para ele, o processo de distribuição de terra no Brasil estaria lento.

Diante disso a ministra apresentou balanço de que entre 2003 a 2008 foram feitos assentamentos em 43 milhões de hectares. Dilma fez comparações com países como a Bolívia desde 2006 que assentou famílias em 18 milhões de hectares.

Contudo, Dilma não mencionou que o tamanho do território é muito diferente. A Bolívia tem território quase oito vezes menor que o Brasil. E assentou estas famílias na metade do tempo. (pulsar)

 

ALIMENTOS - ALTA
Nos países pobres preço de alimentos está 80% maior
A informação da Organização das Nações Unidas (ONU) mostra que os países mais pobres, chamados de países em desenvolvimento, são os mais afetados em tempo de crise.
Esse foi, justamente, o tema do dia Mundial da Alimentação deste ano, comemorado em 16 de outubro. Segundo o Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU no mundo a crise econômica baixou presos, mas nas nações mais pobres aconteceu o inverso.

E é outra crise, a climática, que agrava a questão dos presos dos alimentos. Secas e enchentes podem diminuir a produção agrícola em 30% na África e 21% na Ásia, diz a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).

Há também o problema dos biocombustíveis apontados como saída para o aquecimento global. Acontece que a produção de alimentos concorre com esses combustíveis em espaço para plantio.

Na América Latina, a FAO afirmou que, em decorrência da fome, os níveis de desnutrição crônica infantil atingem altos níveis, principalmente em países como Guatemala, Bolívia, Peru, Honduras, Haiti e Equador. Nestes países, cerca de 30% ou mais das crianças são desnutridas. (pulsar/anp)

 

PARÁ - SIDERURGIA
Projeto da Vale é questionado pela Procuradoria da República
A Procuradoria da República questiona o valor recebido por dois dos 26 fazendeiros que terão terras desapropriados pelo estado para instalação de siderúrgica. Além disso, ao revender as terras à Vale, o governo teria prejuízo maior que R$ 46 milhões.
Existe dificuldade em investigar o caso, pois a Procuradoria Geral do Pará negou ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público Estadual o acesso aos documentos. Para o procurador da República, Tiago Rabelo, não há motivos legais que justifiquem o veto.

Os problemas aumentam quando se constata que a área possui fontes de água mineral. A siderúrgica também poderia interferir no Rio Tocantins e a concessão da lavra teria de ser revista, na opinião dos ministérios públicos.

A Procuradoria da República ainda questiona o licenciamento e exige estudos do impacto ambiental da obra. (pulsar/anp)

 

URUGUAI-ELEIÇÕES
Frente Ampla ganha, mas presidente será decidido no segundo turno
No Uruguai o candidato do governo atual pela aliança de esquesda Frente Ampla, José "pepe" Mujica, teve 47,5 % dos votos. Com o resultado a presidência será definida no segundo turno.
A próxima etapa da eleição será em 29 de novembro. Contra a frente Ampla com Mujica-Astori concorrerão os candidatos do Partido Nacionalista, Luis Alberto Lacalle y Jorge Larrañaga. Eles obtiveram 28,5% do total de votos.

A Frente Ampla se manteve com a maioria das cadeiras no parlamento. Contudo, nenhuma das duas consultas populares realizadas junto das eleições teve resultado favorável para o poder em exercício.

A Lei de Caducidade, que impede o julgamento de militares da última ditadura foi confirmada pelo eleitorado. E a proposta que garantiria aos uruguaios que moram no exterior votar por meio de cartas também foi vetada. (pulsar)

 

HONDURAS-GOLPE
Resistência hondurenha continua as movimentações contra o Golpe
A Frente Nacional de Resistência Popular de Honduras ratificou a continuidade das movimentações públicas para exigir a restituição do presidente eleito, Manuel Zelaya.
Continuam hoje (26/10) as mobilizações contra o Golpe em Honduras que já somam 121 dias. A decisão foi tomada em assembléia realizada ontem em Tegucigalpa, capital do país.

Além da recomposição da ordem constitucional com o retorno de Zelaya a presidência a resistência repudia a realização de eleições previstas para 29 de novembro. Para os cidadãos hondurenhos não é possível realizar um ato democrático sob regime ditatorial.

Por outro lado, a coordenação nacional da Frente tornou público sua crítica a ordem do governo de fato pela qual é necessário pedir permissão para realizar atividades públicas. (pulsar)

 

Agência Informativa Pulsar Brasil - fim do envio


www.brasil.agenciapulsar.org
brasil@agenciapulsar.org


Tags deste artigo: áudio brasil pulsar boletim

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.